Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4096
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Apr-2013
metadata.dc.creator: SILVA, Sandro Patroca da
MOTA, Rinaldo Aparecido
FARIA, Eduardo Bento de
CASSEB, Alexandre do Rosário
CASSEB, Livia Medeiros Neves
DIAS, Hilma Lúcia Tavares
Title: Comparação das técnicas de ELISA indireto e Imunofluorescência indireta na detecção de anticorpos anti-Neospora caninum em búfalas (Bubalus bubalis)
Other Titles: Comparison of indirect ELISA and indirect immunofluorescence in detection of antibodies to Neospora caninum in buffaloes (Bubalus bubalis)
Citation: SILVA, Sandro P., et al. Comparação das técnicas de ELISA indireto e Imunofluorescência indireta na detecção de anticorpos anti-Neospora caninum em búfalas (Bubalus bubalis). Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 33, n. 4, p. 431-434, abr. 2013. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pvb/v33n4/v33n4a03.pdf>. Acesso em: 30 jul. 2013. <http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2013000400003>.
metadata.dc.description.resumo: Para comparar dois testes sorológicos na detecção de anticorpos anti-Neospora caninum em soros sanguíneos de búfalas, foram coletados amostras de 288 búfalas entre dois a dez anos de idade. Para identificar a presença de imunoglobulina G anti-N. caninum utilizou-se à reação de imunofluorescência indireta (RIFI), tendo o título 200 como ponto de corte, e o Ensaio Imunoenzimático indireto (ELISA-indireto), considerando-se positiva as amostras que obtiveram razão S/P>0,5. Observaram-se 153 (53,12%) animais soropositivos para N. caninum, através da RIFI, enquanto que 50 (17,36%) animais foram reagentes no ELISA. A ocorrência de anticorpos anti-N. caninum demonstram que o parasito esta circulando entre búfalas criadas no estado do Pará, sendo que ambos os teste de RIFI e ELISA podem ser utilizados para diagnosticar imunoglobulinas contra este agente. No entanto observou-se uma fraca correlação (Kappa=0,36) entre ambos os testes, considerando a RIFI como padrão ouro.
Abstract: To compare two serologic tests for detection of antibodies against Neospora caninum in sera from buffaloes, samples were collected from 288 buffaloes of 2 to 10 years of age. To identify the presence of IgG, anti-N. caninum was used for the indirect immunofluorescence assay (IFAT), with title 200 as the cutoff, and for the immunoenzymatic test (indirect ELISA), considering as positive samples with ratio S/P >0.5. There were 153 (53.12%) animals positive for N. caninum by IFAT, whilst 50 (17.36%) animals were reactive in ELISA. The presence of antibodies anti-N. caninum demonstrates that the parasite is circulating among buffaloes raised in Pará State, Brazil. ELISA and IFAT tests could be used to diagnose immunoglobulins against this agent. However there was a weak correlation (Kappa = 0.36) between both tests, considering the IFAT as the gold standard.
Keywords: Sorologia
Reação de Imunofluorescência Indireta (RIFI)
Ensaio de imunoadsorção enzimática
Neospora
Búfalo
Bubalinos
Pará - Estado
Amazônia brasileira
ISSN: 0100-736X
1678-5150
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_ComparacaoTecnicasElisa.pdf260,05 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons