Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4138
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 30-Apr-1999
Authors: PERES, Ariadne da Costa
First Advisor: ISAAC, Victoria Judith
Title: A comunidade zooplanctônica em um canal de maré no estuário do rio Caeté, Bragança (Pará, Brasil)
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: PERES, Ariadne da Costa. A comunidade zooplanctônica em um canal de maré no estuário do rio Caeté, Bragança (Pará, Brasil). 1999. 91 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 1999. Curso de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: Poucos são os estudos realizados sobre zooplâncton em estuários na região Bragantina do Estado do Pará. Este trabalho foi realizado em um canal de maré, denominado de Furo do Chato, próximo a localidade de Ajuruteua. Município de Bragança, no litoral do Estado do Pará, e teve por objetivo estudar a composição qualitativa e quantitativa do zooplâncton, bem como as variações sazonais em função das variáveis ambientais, Durante o período de agosto/96 a janeiro/97 foram feitas oito campanhas a cada três semanas, com obtenção de amostras a cada duas horas, durante 24 horas. O Furo do Chato é um canal de maré com forte influência costeira. Assim, a maior parte dos representantes do zooplâncton encontrados são de origem costeira. Além de componentes holoplanctônicos e meroplanctônicos, as amostras de zooplâncton no Furo do Chato apresentaram representantes da fauna bentônica. Dez filos foram identificados: Protozoa, Mollusca, Chordata, Annelida, Cnidaria, Arthropoda, Urochordata, Chaetognatha, Nematoda e Bryozoa. A classe Copepoda teve maior representatividade, tanto pela densidade, pela biomassa como pela freqüência de ocorrência nas amostras. As categorias mais abundantes e frequentes (>40%) foram Pseudodiaptomus marshi, Acartia iilljeborgi, A. tonsa, Harpacticoida, Sagitta sp., Oiko pleura dioica, Cnidaria, lsopoda, zoeas de caranguejo, pós-larvas de camarão e alevinos de peixes. A abundâncias médias foram baixas (1,07 indiv./m³e 16,43 mg/m³). A comunidade do zooplâncton é mais abundante nos meses de transição do que no período seco A maiores abundâncias ocorreram em geral à noite e durante as marés de sizígia. Contudo, o ciclo diário de marés, a salinidade e as fases lunares não influenciaram a variabilidade do zooplâncton como um todo, mas apenas em algumas categorias isoladamente.
Abstract: There are few studies mede about zooplankton in estuaries of Bragança region, Pará State. This work was done in a tidal creek, named Furo do Chato, next to Ajuruteua, Bragança's district which is part of Pará State seashore and aimed to study lhe zooplankton qualitative and quantitative composition, as well as lhe sazonal variations and the environmental effect variables of the zooplankton composition. From August/96 to January/97 every three weeks for a period of 24 hours, zooplankton samples were taken every two hours. Furo do Chato is a tida l creek with strong coaste! influence. Hence the great majority of lhe zooplankton categories found are from coaste! water. Besides holoplankton and meroplankton components, lhe zooplankton samples from Furo do Chato has a strong bentonic component. Ten phyla were identified: Protozoa, Mollusca, Chordata, Annelida, Cnidaria, Arthropoda, Urochodata, Chaetognatha, Nematoda e Bryozoa. The Copepoda class had higher representative, even for density, biomass as well as occurrence frequency in the community. The most abundant and frequent Categories (>40%) were Pseudodiaptomus marshi, Acartia lilljeborgi, Acartia tansa, Harpacticoida, Sagitta sp., Oikopleura dioica, Cnidaria, Isopoda, crabs zoeas, shrimps post-larvae and fish larvae. The average densities and biomass were low (1,07 indiv./m³ e 16,43 mg/m³). The zooplankton community is more abundant in the transition months than in the dry period. The highest abundances took place at night and during the spring lides. Tide, salinity and different moon phases did not infiuence in the zooplankton as a whole, but only in some categories isolated.
Keywords: Zooplâncton
Sazonalidade
Litoral
Estuários
Rio Caeté - PA
Bragança - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ComunidadeZooplanctonicaCanal.pdf4.48 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons