Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4145
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: Mar-1999
Authors: CAMARGO-ZORRO, Mauricio
First Advisor: ISAAC, Victoria Judith
Title: Biologia e estrutura populacional das espécies da família sciaenidae (Pisces : Perciformes), no estuário do rio Caetê município de Bragança, Pará-Brasil
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: CAMARGO-ZORRO, Mauricio. Biologia e estrutura populacional das espécies da família sciaenidae (Pisces : Perciformes), no estuário do rio Caetê município de Bragança, Pará-Brasil. 1999. 87 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 1999. Curso de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: O presente estudo estima a biomassa média e caracteriza a distribuição espaço-temporal dos peixes da familia Sciaenidae no estuário do rio Caeté, no litoral norte do Brasil com ênfase nas espécies Stellifer rastrifer, Stellifer naso, Macrodon ancytodon e Cynoscion rnicrolepidotus. Estimam-se parâmetros biológicos como a idade da primeira maturação sexual (L50), os períodos de desova, a relação peso-comprimento, hábitos alimentares, a sobreposição das dietas, o consumo médio de alimento por unidade de peso (Q/B), bem como a estrutura e dinâmica populacional. Para tal durante o período outubro de 1996 a agosto de 1997, foram feitas 6 coletas bimensais, no estuário do rio Caeté. Onze espécies de peixes da família Sciaenidae foram coletadas. A biomassa média da família Sciaenidae foi de 0,840g/m². A distribuição espacial da biomassa no sistema foi relacionada com a dinâmica de recrutamento e reprodução das espécies. Assim, os juvenis das espécies S. rastrifer, S. naso e M. ancylodon distribuíram-se nas áreas mais internas do estuário e os adultos nas áreas externas, com maiores teores de salinidade. Os valores de L50 foram estimados em 10cm, 10,7cm e 21,5cm, respectivamente. Foram determinados para essas três espécies dois períodos anuais de reprodução, que definiram dois períodos de recrutamento, cada coorte apresentando diferentes parâmetros de crescimento. As relações peso-comprimento foram do tipo alométrico positivas, sem mostrar diferenças significativas entre sexos. Foi achada uma mudança na composição da dieta relacionada com o tamanho da espécie. Assim o zooplâncton foi comum nos indivíduos jovens, para ser substituído por juvenis de crustáceos decápodos, poliquetas e juvenis de peixes nos indivíduos maiores. O grau de sobreposição das dietas variou durante o desenvolvimento ontogénico das espécies. A relação Q/B mostrou que as espécies menores como S. rastrifer e S. naso consumem anualmente maior proporção de alimento em relação ao seu peso corporal, ao ser comparado com as espécies maiores M. ancylodon e C. rnicrolepidotus. Os resultados demostraram maiores taxas de crescimento, menores comprimentos para cada idade e menor longevidade para os peixes do estuário do Caeté, quando comparados com as mesmas espécies em latitudes maiores.
Abstract: This study aimed to assess the average biomass and spatial and temporal distribution of the family Sciaenidae fishes in the estuary of the Caeté River, northern of Brazil, with special reference to the species Stellifer rastrifer, Stellifer naso, Macrodon ancylodon and Cynoscion microlepidotus. Age at first sexual maturity (L50), spawning season, the length-weight relationships, food diet, population consumption by biomass (Q/B), population structure and dynamics were estimated. 6 Bimonthly samples were taken in the estuarine area of the Caeté River, from October 1996 to August 1997. The average biomass of the family Sciaenidae was 0,840g/m². The spatial distribution in the system was related to spawning and recruitment. Juveniles of S. rastrifer, S. naso e M. ancylodon occurred inside some areas in the estuary, although larger individuals were abundant outside where salinity is higher. The L50 values were 10cm, 10,7cm e 21,5cm respectively. Two spawning periods in a year were found, which determine the recruitment of two cohorts, with different growth parameters. The length-weight relations were allometric and no differences were found by sex. An ontogenetic change was found in the diet composition of these species; young prey zooplancton and adults feed predominantly on larval stages of decapodes and poliquetes, and juveniles of fishes. Diet overlaps changed during the ontogenic development of each species. The relation Q/B indicated that S. rastrifer and S. naso consume more food in relation to the body size, in opposite to the larger species like M. ancylodon and C. microlepidotus. The fishes of the Caeté River presented higher growth and low longevity when compared to the same species inhabit the higher latitudes.
Keywords: Peixe
Sciaenidae
Biologia marinha
Sazonalidade
Estuários
Rio Caeté - PA
Bragança - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_BiologiaEstruturaPopulacional.pdf17.09 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons