Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4149
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 1-Dec-2000
Authors: SALDANHA, Nélio
First Advisor: MARQUES-AGUIAR, Suely Aparecida
Title: Caracterização da comunidade de quirópteros (Mammalia) em áreas naturais e manejadas da Floresta Nacional do Tapajós, PA - Brasil
Sponsor: Fundação "O Boticário de Proteção à Natureza"
Citation: SALDANHA, Nélio. Caracterização da comunidade de quirópteros (Mammalia) em áreas naturais e manejadas da Floresta Nacional do Tapajós, PA - Brasil. 2000. 100 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2000. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: Os quirópteros representam 25 % da mastofauna mundial. São os mamíferos neotropicais mais diversificados e abundantes. A Amazônia brasileira apresenta cerca de 128 espécies de morcegos registradas. Eles possuem uma grande variabilidade morfológica, a qual os permite ocupar diferentes nichos tráficos no ecossistema. São muito importantes para a manutenção e regeneração dos ecossistemas em que vivem. São eficientes na dispersão de sementes, polinização e no controle biológico de insetos e constituem ótimos bioindicadores do estado e das dinâmicas sofridas por esses ecossistemas. O presente estudo objetivou caracterizar a quiropterofauna de uma região da Floresta Nacional do Tapajós, Pará, Brasil, em áreas de floresta primária, capoeira e de um experimento de corte seletivo de madeira. O nível de impacto sobre a comunidade de morcegos desse manejo e da área de capoeira foi comparado aos testemunhos de mata primária em cada habitat e em seus micro-habitats, ou fisionomias: matrizes de sub-bosques, clareiras e pátios de armazenamento de madeira. A comparação se deu através de análises de distribuição, diversidade, abundância, número de espécies e densidade das guildas. Foram amostradas 55 espécies, a maioria frugívoras, representantes de seis famílias. Ao comparar o número de espécies e a diversidade, as áreas de exploração exibem algum impacto, mas não tão acentuado como as áreas de capoeira. As amostras sugerem que a vegetação secundária proporciona uma maior densidade de quirópteros na comparação entre habitats. Mas poucas espécies são favorecidas por esta estrutura de vegetação. As guildas mais favorecidas nesta vegetação são de morcegos frugívoros/onívoros e insetívoros aéreos. A comparação entre fisionomias sugere que os quirópteros de sub-bosque evitam espaços abertos na vegetação. Os processos de sucessão aqui observados apresentam dinâmicas que necessitam de acompanhamento periódico, para a formulação de um modelo mais próximo da realidade.
Abstract: Bats represent 25% of the mammal World fauna, being the most diversified and abundant mammals in the Neotropical region. About 128 species of bats have been recorded only in the Brazilian Amazonia. They possess a great morphological variability that allows them to occupy different trophic niches in an ecosystem. Bats play an important role on the maintenance and regeneration of the ecosystems they live, being efficient in seed dispersal, pollination, and biological contral of insects. They also constitute good bioindicators for the status and dynamics suffered by those ecosystems. The present study aims to characterize the batfauna of primary forest, secondary forest, and a selective logging experiment areas at the Tapajós National Forest - PA, Brazil. The levels of impact by the logging and by the secondary forest areas on the bat community were then compared to the primary forest controls in each habitat and in its microhabitats; or physiognomies: understory matrix, natural gaps, logging gaps, and wood storage decks. Comparisions were conducted trough analysis of distribution, diversity, relative abundance, number of species, and guild densities. The samples constitute 55 species, most of them frugivorous, and pertaining to six families. Concerning to the number of bat species and their diversity, the logging area exhibits some impact, but not so accentuated as the secondary forest area. Comparison among habitats suggests that the secondary vegetation provides a higher bat density. However, this vegetation structure benefits only a few species. Frugivores/omnivores and aerial insectivores bats are the most succeed guilds in secondary vegetation. Comparison among physiognomies have suggested that the understory bats avoid opened spaces in the vegetation. Succession stages observed hem show dynamics that need a periodic monitoring, so that a more realistic model could be designed.
Keywords: Mamíferos
Chiroptera
Morcego
Quiropterofauna
Floresta Nacional do Tapajós - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaracterizacaoComunidadeQuiropteros.pdf34,46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons