Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4206
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2006
Authors: HERCOS, Alexandre Pucci
First Advisor: ISAAC, Victoria Judith
Title: Diversidade e variabilidade espaço-temporal da ictiofauna da região estuarina do rio Curuçá município de Curuçá, Pará Brasil
Citation: HERCOS, Alexandre Pucci. Diversidade e variabilidade espaço-temporal da ictiofauna da região estuarina do rio Curuçá município de Curuçá, Pará Brasil. 2006. 110 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2006. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: O estudo de comunidades de peixes estuarinos tem recebido a atenção de pesquisadores, pelo fato destes ecossistemas apresentarem uma grande variedade e abundância de peixes. Muitas destas espécies possuem interesse comercial, constituido-se numa ferramenta fundamental para a avaliação dos estoques pesqueiros, contribuindo também para a conservação dos ambientes estuarinos e costeiros. O estuário do rio Curuçá localiza-se na costa norte, região do salgado paraense, apesar da pesca ser a principal atividade econômica das cidades da região, existem poucos estudos a respeito da ictiofauna local. O objetivo principal deste trabalho foi de caracterizar a ictiofauna demersal dos canais principais do estuário do rio Curuçá, identificando as variações anuais e espaciais na composição, densidade e biomassa, bem como os fatores abióticos que influenciam nestas variações. Para isto, foram realizadas coletas bimestrais, utilizando uma rede de arrasto de fundo, nos dois canais principais do estuário. Ao final do estudo foram capturados 18.989 indivíduos, pertecentes a 73 espécies, destas Ophichthus cylindroideus, Hippocampus reidi, Sygnathus pelagicus e Butis koilomatodon ainda não haviam sido registradas para a costa norte. As famílias Sciaenidae, Engraulidae e Ariidae, foram as mais representativas em número de espécies, densidade e biomassa, dominando as capturas. As 20 espécies classificadas como estuarinas foram a maioria, e apresentaram as maiores densidades e biomassa em todos os meses e estações de coleta. A densidade média (0,12 ind/m²) foi significativamente maior na estação chuvosa, já para a biomassa (1,11 g/m²) não houve diferenças significativas entre os meses de coleta. Entre os perfis, Curuçá apresentou uma maior riqueza de espécies, densidade e biomassa. Esta diferença está relacionada principalmente a uma maior heterogenidade de substratos deste perfil, fazendo com que este possua uma maior disponibilidade de microhabitat. Os parâmetros físicos-químicos da água se apresentaram homogêneos ao longo dos pontos de coletas tendo pouca influência sobre a distribuição espacial da ictiofauna. O fato de encontrarmos novos registros de espécies para a região, reforça a importância de novos estudos para uma maior compreensão da ictiofauna local, que é um importante recurso econômico para as populações locais.
Abstract: The study of estuarine fish communities has called researchers’ attention due to the fact that these ecosystems present a great variety and abundance of fish, many of which have commercial importance. Such studies have become fundamental in the evaluation of fish stocks, and also contributed to the conservation of coastal and estuarine environments. Rio Curuçá’s estuary is located at the coastline in the northern part of the state of Para, although fishing is the main economic activity in towns of the region, there are a few studies on local ictiofauna. The main objective of this study was to characterize the demersal ictiofauna of the main channels in the Curuçá River estuary, identifying annual and spatial variations in the composition, density and biomass of ictiofauna, as well as non-biotic factors that influence these variations. In order to this, data collection trips were carried out once every two months, using trawl net, in two of the main estuary channels. At the end of the study, 18.989 individuals of 73 species were captured. Ophichthus cylindroideus, Hippocampus reidi, Sygnathus pelagicus and Butis koilomatodon had not yet been registered in the state’s north coastline. Sciaenidae, Engraulidae and Ariidae families were the most representative in number of species, density and biomass. 20 species, classified as estuarine, were majority, and presented leading densities and biomass in all months and capture stations. Average density (0,12 ind/m²) was significantly greater during the rainy season, but biomass (1,11 g/m²) did not present significant changes during the months of capture. The Curuçá area has presented greater richness of species, density and biomass. This difference is related mainly to a greater heterogeneity of substrat in the area, and thus a greater availability of microhabitats. Physical and chemical composition of water was homogeneous in capture stations, and had little influence on the spatial distribution of ictiofauna. The registration of new species for the region enforces the importance of other studies for a greater comprehension of local ictiofauna, which is an important economic resource to the local human population.
Keywords: Ictiofauna
Peixe
Estuários
Rio Curuçá - PA
Curuçá - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_DiversidadeVariabilidadeEspaco.pdf1,83 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons