Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4220
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: Mar-2005
Authors: BRAGANÇA, Alexandre José Machado
First Advisor: BARTHEM, Ronaldo Borges
Title: Pesca, alimentação, reprodução e crescimento do Amuré, Gobioides broussonnetii Lacepède, 1800 (Pisces : Gobiidae) no Estuário Amazônico, município de Vigia - Pará
Citation: BRAGANÇA, Alexandre José Machado. Pesca, alimentação, reprodução e crescimento do Amuré, Gobioides broussonnetii Lacepède, 1800 (Pisces : Gobiidae) no Estuário Amazônico, município de Vigia - Pará. 2005. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2005. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: Gobioides broussonnetii é o maior membro da família Gobiidae, e está distribuído no Atlântico Ocidental dos Estados Unidos até o Rio Grande do Sul. É abundante na foz do Rio Amazonas onde habita as águas salobras dos manguezais. Além de ser um importante elo na cadeia trófica do estuário amazônico, é um recurso pesqueiro explorado por pescadores artesanais. Estudaram-se aspectos da pesca, alimentação, reprodução e crescimento de Gobioides broussonnetii na baía de Marajó, município de Vigia, Pará, Brasil, entre setembro de 2003 e agosto de 2004. Exemplares para estudo foram adquiridos de pescadores locais e informações sobre a pesca foram obtidas através da observação de campo e entrevistas com os pescadores. No estudo da alimentação foi analisada a composição dos itens alimentares encontrados nos estômagos. A análise reprodutiva abordou aspectos do período reprodutivo e tamanho da 1a maturação gonadal. Foram estimados os parâmetros de crescimento utilizando o método indireto baseados nas análises das medidas de comprimento total de 1155 exemplares. G. broussonnetii é conhecida como amurés no estuário amazônico e é capturada no fundo lodoso em águas rasas sendo utilizada como isca na pesca comercial. De maneira geral é uma espécie fitófaga. Análises de conteúdo estomacal revelaram que algas da espécie Coscinodiscus concinus são alimentos mais consumidos. Há maior conteúdo estomacal durante a estação seca (julho a dezembro). O período entre janeiro e junho corresponde a época de atividade reprodutiva para essa espécie na área de estudo. O comprimento médio da primeira maturação gonadal foi de 23,9 cm. A razão sexual observada foi de 1:1. Os resultados obtidos neste estudo indicam que G. Broussonnetii usa o estuário amazônico como local de alimentação e reprodução. A análise macroscópica das gônadas indicou uma época de reprodução durante o inverno (janeiro a junho), com apenas um período de desova por ano entre fevereiro e abril. Foram encontrados nove grupos etários de G. btoussonnetii no estuário amazônico. Estimaram-se os valores de L∞ = 67,36 ( K=0,205 ano-1, Ø = 3,014). A relação peso-comprimento apresentou diferenças significativas entre machos e fêmeas, com as fêmeas que pesam mais que os machos.
Abstract: Gobioides broussonnetii, the largest species of the family Gobiidae, is found in the western Atlantic Ocean, from the United States to Rio Grande do Sul, Brazil. It is abundant in the Amazon River estuary where it is typically found in the brackish waters of mangroves. Besides being an important link in the Amazon estuary food web, this species is a resource exploited by local fishermen. Fishing practices, diet, reproduction, and growth of Gobioídes broussonnetii were studied in Marajó Bay, municipality of Vigia, Pará state, Brasil, between September of 2003 and August of 2004. Specimens were obtained from local fishermen and information about fishing practices for this species were obtained through field-observation and from interviews with fishermen. The diet was studies by means of based on 314 specimens. Reproductive aspects included the period of reproduction and the size at first maturation of 749 specimens. Growth parameters were estimated using the indirect method based on the total lengths of 1155 specimens. Gobioides broussonnetii, known locally as "amure" in the Amazon River estuary, is captured on the muddy bottom in shallow water and is used as bait in commercial fishing. In general, the species is phytophagous, and stomach contents analyses showed the algae Coscinodiscus concinus to be most abundant food item Larger amount of food in the stomachs were recorded during the dry season (July to December). The reproductive period for G. broussonnetii in the study area ranged from January to June_ The mean length of the first gonadal maturation was 23,9 cm. The observed sex ratio was 1:1 (X²= 0,834, P<0,001). Results obtained in this study indicate that G. broussonnetii uses the Amazon estuary as an spawning, nursery, and feeding area. Macroscopic examination of the gonads indicated that the reproductive season tanges from January to June, although there is a single spawning per year, from February to April. Nine age groups of G. broussonnetll were found in the Amazon estuary. Estimates for growth parameters were obtained as follows: L∞ = 67,36 ( K=0,205 ano-1, Ø = 3,014). The length-weight relation was significantly different between males and females, with females heavier than males.
Keywords: Peixe
Gobiidae broussonnetii
Pesca
Biogeografia
Ecologia animal
Estuários
Baía de Marajó - PA
Vigia de Nazaré - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::ZOOLOGIA APLICADA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PescaAlimentacaoReproducao.pdf22,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons