Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4245
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2006
Authors: LIMA, Ana Caroline de
First Advisor: PRUDENTE, Ana Lúcia da Costa
Title: Análise da variação morfológica de Dipsas catesbyi (Sentzen, 1796) e Dipsas pavonina Schlegel, 1837 (Serpentes: Colubridae: Dipsadinae)
Citation: LIMA, Ana Caroline de. Análise da variação morfológica de Dipsas catesbyi (Sentzen, 1796) e Dipsas pavonina Schlegel, 1837 (Serpentes: Colubridae: Dipsadinae). 2006. 117 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2006. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Resumo: A subfamília Dipsadinae engloba 22 gêneros da fauna de colubrídeos neotropicais e 24 outros considerados incertae sedis, mas com caracteres comuns aos dipsadíneos. Os gêneros Dipsas, Sibon, Sibynomorphus e Tropidodipsas formalmente compõem a tribo Dipsadini a qual é considerado um grupo monofilético bem fundamentado. A tribo é caracterizada por serpentes que apresentam um alto grau de especialização morfológica, relacionado ao modo de alimentação e adaptações ao hábitat em que vivem. O gênero Dipsas inclui aproximadamente 32 espécies, distribuídas do México até a América do Sul, é constituído por serpentes de corpo delgado e alongado, com cabeça curta e proeminente, olhos grandes, pupilas verticais e ausência de sulco mentoniano. As espécies são notavelmente variáveis na coloração, número de escamas e outros caracteres morfológicos. Essa extrema variação tem dificultado a definição dos limites entre as espécies e a interpretação de padrões de variação geográfica. A grande variação morfológica dos caracteres presentes nas espécies D. catesbyi e D. pavonina, associada à dificuldade de identificação dos táxons e à escassez de informações sobre as suas distribuições geográficas, justificam a necessidade de uma análise mais detalhada destas espécies. Para tal, o presente estudo foi dividido em dois capítulos. O primeiro capítulo corresponde à análise da variação individual, sexual e geográfica de D. catesbyi e D. pavonina, e a comparação dos caracteres morfológicos entre as duas espécies. O segundo corresponde à análise da macroestrutura das glândulas cefálicas nestas duas espécies, relacionando-as com outros táxons de Dipsadinae.
Abstract: The subfamily Dipsadinae contains about 22 genus of Neotropical fauna and 24 others considered incertae sedis, but with common characters to the Dipsadinae subfamily. The genus Dipsas, Sibon, Sibynomorphus and Tropidodipsas compose the Dipsadini tribe, which is considered a well-based monofiletic group. The tribe is characterized by snakes with a high degree of morphologic specialization, related to the way of feeding and to adaptations to the habitat. The Dipsas genus includes approximately 32 species, distributed from Mexico to South America, it is constituted by thin and elongated snakes, with short and prominent head, great eyes, vertical pupils and absence of mental groove. The species are visible variable in coloration, number of scales and others morphologic characters. This extreme variation has made it difficult to define the limits between the species and to interpret patterns of geographic variation. The great morphologic variation of characters in D. catesbyi and D. pavonina, associate to the difficulty to identify taxons and the lack of information on geographic distributions, justify the necessity of a detailed analysis of these species. For that, the present study was divided in two chapters. The first one corresponds to the analysis of the individual, sexual and geographic variation of D. catesbyi and D. pavonina and a comparison of characters between the two species. The second one corresponds to the analysis of the macrostructure of the cephalic glands in these two species, relating them with others taxons of Dipsadinae.
Keywords: Réptil
Cobra
Dipsadinae
Dipsas catesbyi
Dipsas pavonina
Morfologia
Características sexuais
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::MORFOLOGIA DOS GRUPOS RECENTES
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Institution Acronym: UFPA
MPEG
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AnaliseVariacaoMorfologica.pdf2,89 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons