Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4265
Tipo: masterThesis
Título: Revisão dos lagarto Cercosaura do grupo Argulus (Reptilia : Squamata: Gymnophthalmidae)
Autor(es): ABRANTES, Stephenson Hallison Formiga
Abstract: A taxonomia dos lagartos Gymnophthalmidae do gênero Cercosaura Wagler, 1830 foi recentemente modificada com a inclusão dos gêneros Pantodactylus e Prionodactylus. Como reconhecido atualmente, o gênero Cercosaura contêm 11 espécies. Entretanto, divergências na literatura recente indicam que o nome Cercosaura argulus pode abranger um grupo de espécies. O presente estudo examinou os Cercosaura com frontonasal dividida, aqui chamado grupo argulus, que inclui as espécies nominais: Cercosaura argulus Peters, 1863 e Prionodactylus oshaughnessyi Boulenger, 1885. Um total de 151 espécimes de 41 localidades foram estudados com base em cinco caracteres morfométricos e 22 caracteres merísticos. Os espécimes foram divididos em três grupos, de acordo com os caracteres previamente considerados como diagnósticos das duas espécies nominais, em seguida Cercosaura oshaughnessyi foi dividido em dois grupos: um grupo do oeste e um grupo da Guiana. Uma Análise de Função Discriminante (AFD) foi utilizada para comparar estes três grupos. Inicialmente, uma Análise de Componentes Principais (PCA) foi utilizada para: (1) eliminar a influência do tamanho nas comparações (resíduos dos dados morfométricos com o primeiro fator de uma PCA foram calculados e utilizados em todas as análises estatísticas subseqüentes), e (2) para selecionar um menor número de variáveis merísticas para serem utilizadas na AFD. Os resultados indicam que C. argulus e C. oshaughnessyi diferem principalmente pela presença de poros pré-anais e número de escamas ao redor do meio do corpo. Cercosaura oshaughnessyi é considerada uma espécie válida, restrita ao oeste da Amazônia, enquanto uma terceira espécie não descrita de Cercosaura com frontonasal dividida ocorre na Guiana Francesa e Amapá (Brasil).
ABSTRACT: Taxonomy of the lizard genus Cercosaura Wagler, 1830, Gymnophthalmidae, has recently changed to incorporate the former genera Pantodactylus and Prionodactylus. As currently recognized the genus contains 11 species. However, divergences in the literature indicate that the name Cercosaura argulus may encompass a group of species. The present study investigates the Cercosaura with divided frontonasal, here called “argulus group”, that includes the nominal species Cercosaura argulus Peters, 1863 and Prionodactylus oshaughnessyi Boulenger, 1885. A total of 151 specimens of 41 localities were studied on basis of five morphometric and 22 meristic characters. Specimens were divided into three groups, according to characters previously considered diagnostic of the two nominal species, further dividing ‘C. oshaughnessyi’ into a western and a Guianan group. A Discriminant Function Analysis (DFA) was used to compare these three groups. Previously, Principal Component Analyses (PCA) were performed to (1) eliminate the influence of size in the comparisons (residuals of morphometric data with the first axis of a PCA were calculated and used in all subsequent statistical analyses); and (2) to select a smaller number of meristic variables to be used in the DFA. Results indicate that C. argulus and C. oshaughnessyi differ mainly by the presence of preanal pores, body length, and number of scales around midbody. Cercosaura oshaughnessyi is considered a valid species, restricted to western Amazonia, while a third, undescribed species of Cercosaura with divided frontonasal occurs in French Guiana and Amapá (Brazil).
Palavras-chave: Réptil
Lagarto (Animal)
Gymnophthalmidae
Cercosaura
Taxonomia
Biogeografia
América do Sul
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
Sigla da Instituição: UFPA
MPEG
Instituto: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Citação: ABRANTES, Stephenson Hallison F. Revisão dos lagarto Cercosaura do grupo Argulus (Reptilia : Squamata: Gymnophthalmidae). 2008. 72 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2008. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
Tipo de Acesso: Open Access
URI: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4265
Data do documento: 2008
Aparece nas coleções:Dissertações em Zoologia (Mestrado) - PPGZOOL/ICB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_RevisaoLagartosCercosaura.pdf1,43 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons