Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4285
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2009
Authors: MOURA, Danielle Figuerêdo
First Advisor: RICCI, Magda Maria de Oliveira
Title: “Malfadada província”: lembranças de anarquia e anseios de civilização (1836-1839)
Citation: MOURA, Danielle Figuerêdo. “Malfadada província”: lembranças de anarquia e anseios de civilização (1836-1839). 2009. 128 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia.
Resumo: Focalizando o período de 1836 a 1839, essa dissertação aborda as ações de tentativa de reorganização da Província do Pará, nos conturbados anos da Cabanagem, sob o comando do governo do português Francisco José de Sousa Soares d‟Andréa. Enviado pela Regência, Soares d’Andréa usou de medidas firmes para retomar o controle da Província das mãos dos cabanos, que para ele eram homens malvados que espalhavam o terror no Pará. Para ele, e outras lideranças anticabanas, havia uma importante relação entre a natureza, a índole da população e os cabanos, assim como a ausência de civilização estava relacionada com as carências da Província; elementos esses facilmente percebidos nos seus discursos, nas suas correspondências trocadas com seus superiores e outras autoridades. A documentação pesquisada também aponta para discursos destoantes do pensamento de Soares d’Andréa, permitindo, portanto, uma nova visão da imagem construída sobre o Presidente da Província. Portanto analisa-se a construção de uma imagem sobre os cabanos e as forças contrárias ao discurso de Soares d’Andréa. Também discute-se as ideias do Presidente e de lideranças anticabanas relativas a um antagonismo entre a humanidade e a natureza da Província e o entendimento que faziam sobre as necessidades do Pará no seu processo de reconstrução e civilização.
Abstract: The aim of this dissertation is to analyse the reorganisation of the province of Pará in Cabanagem troublesome years under the auspices of the Government of Francisco José de Sousa Soares d‟Andréa. Sent by the Regency, Soares d Andréa used the violence and also the construction of an imaginary to conquest the control of the province of the hands of cabanos, who were bad men to him that spread the terror in Pará. To him, and other leaders of anticabanas leadership, there was an important relationship between nature, caractheristics of the population and cabanos, as well as the absence of civilisation was related to the deprivation of the province; these elements easily realized in their speeches, in its correspondence exchanged with his superiors and other authorities. The documentation searched also points to different views of Soares d' Andréa‟s thought, allowing a new vision of image built by the President of the province and, therefore the construction of an image of the cabanos and forces contrary to speech Soares d' Andréa. Also discusses the ideas of President and leadership anticabanas concerning an antagonism between humanity and the nature of the province and understanding which were the needs of Pará in its process of reconstruction and civilisation.
Keywords: História - Cabanagem, 1835-1840
História - Império, 1822-1889
Pará - Estado
Amazônia brasileira
História social
História - Séc. XIX
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA DO BRASIL IMPERIO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA REGIONAL DO BRASIL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em História (Mestrado) - PPHIST/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_MalfadaProvinciaLembracas.pdf875,12 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons