Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4307
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2006
Authors: COSTA, Magda Nazaré Pereira da
First Advisor: FIGUEIREDO, Aldrin Moura de
Title: Caridade e saúde pública em tempo de epidemias. Belém 1850-1890
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: COSTA, Magda Nazaré Pereira da. Caridade e saúde pública em tempo de epidemias. Belém 1850-1890. 2006. 108 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2006. Programa de Pós-Graduação em História.
Resumo: Obrigados a enfrentar uma grave crise epidêmica desencadeada ao longo de quase toda a segunda metade do século XIX, os habitantes de Belém assistem, a partir daquele momento, a uma intensa mobilização social em prol da preservação da saúde pública, que há muito deixara de ser objeto de interesse do Governo Provincial e que agora se via ameaçada pela fúria da febre amarela, da cólera e da varíola, que vinham desordenadamente fazendo suas vítimas pela cidade. Diante disso, esta dissertação procura analisar alguns mecanismos empregados para conter o aumento dos casos das doenças na Capital da Província do Pará, destacando as estratégias sanitárias propostas pelos facultativos ligados à ciência médica, levadas a cabo, muitas vezes sem resultado, pelo poder público, mas que interferiram e modificaram significativamente as práticas de assistência aos enfermos mais necessitados, que geralmente eram socorridos em nome da caridade no Hospital da Santa Casa de Misericórdia. A falta de conhecimento sobre a etiologia das moléstias trouxe à tona ainda um acirrado conflito ideológico entre os médicos, que divergiam quanto aos possíveis fatores que motivaram as epidemias e o tipo de terapêutica a ser aplicada aos doentes, ao mesmo tempo em que o perigo da contaminação aguçou também a “compaixão” e a “caridade” de todos que se viram direta ou indiretamente ameaçados por aqueles males.
Abstract: Forced to face a serious epidemic crisis that started nearly throughout the second half of the XIX century, the inhabitants of Belém witness, from that moment on, an intense social mobilization that sought to preserve public health in the city. Public health had long ceased being object of interest to the “governo provincial” and now felt the rage of yellow fever, cholera and chickenpox which were erratically making victims around town. Based on these factos this paper seeks to analize some ways used to contain the spread of cases of these cliseases in the capital of the “Província do Pará”, by stressing the sanitary strategies put fort by the people connected to medical science. Such strategies, in most cases carried out by public administration, did not yield worthwhile results; but they interfered with and significatly modified the ways of providing assistance to the most needy patients who were in general helped in the name of charity at the “Santa Casa de Misericórdia” Hospital. The lack of knowledge concerning the etiology of those diseases brought up an even bitterer ideology conflict among medical doctors who disagreed about the possible sources of the epidemic and about the kind of therapeutic methods to be provided to patients at the same time that the risk of contamination also increased “compassion” and “charity” of al who had been direct or indirectly threatened by those diseases.
Keywords: História social
História - Séc. XIX
Epidemia
Saúde pública
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA REGIONAL DO BRASIL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em História
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em História (Mestrado) - PPHIST/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CaridadeSaudePublica.pdf721,7 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons