Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4334
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 19-Aug-2011
metadata.dc.creator: GONÇALVES, Lissany Braga
metadata.dc.contributor.advisor1: BARBOSA, Maria José de Souza
Title: Trabalhadoras e economia solidária na associação de mulheres do município de Igarapé-Miri/Asmim-Pará: da resistência à estratégia de desenvolvimento local
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: GONÇALVES, Lissany Braga. Trabalhadoras e economia solidária na associação de mulheres do município de Igarapé-Miri/Asmim-Pará: da resistência à estratégia de desenvolvimento local. 2011. 137 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social.
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo retrata a constituição da Associação de Mulheres do Município de Igarapé-Miri –ASMIM/Pará, como um espaço de lutas, resistências e associativismo de mulheres trabalhadoras. Visa contribuir com o debate acerca das conquistas de uma experiência prática coletiva, na construção do desenvolvimento local, em Igarapé-Miri. Para isso, procurou-se nesta pesquisa entender o cenário da economia solidária, bem como, as diferentes concepções que giram em torno dessa temática em interface com o desenvolvimento local, à medida que, se entende ambas, como estratégias importantes para a constituição da mulher enquanto um sujeito coletivo capaz de romper com a invisibilidade e empoderar-se, no sentido de se tornar protagonista de sua própria história. Ressaltou-se importantes momentos de lutas e resistências femininas em torno de igualdade de direitos, geração de renda e participação na vida pública. Nesse sentido, a ênfase das organizações e movimentos sociais aos quais essas mulheres estiveram/estão articuladas foi importante para compreender de que forma elas foram galgando seu espaço de representação política em nível local, regional e nacional, ou seja, demonstrando novas práticas sócio-econômicas e político-culturais em que se tornaram referências e alteram a realidade do seu papel na sociedade contemporânea. Por fim, realçou-se que essa construção em Igarapé-Miri foi/é de muitas lutas, e, por conseguinte, conflitos que se expressam em âmbito familiar e de trabalho evidenciando desigualdades existentes e, muitas vezes, escamoteadas. Esta pesquisa traz para o debate os princípios de economia solidária, enquanto ambiente propício ao empoderamento das mulheres, de estratégia para um desenvolvimento local e de visibilidade pública para essas mulheres.
Abstract: The present work portrays the constitution of the Women Association of the City of Igarapé Miri–ASMIM/,Pará, as a fight space, resistance and association of working women. It aims to contribute with the debate around the conquests from the collective practice experience on the local development construction at Igarapé- Miri. Then, the target of this research is to understand the solidarity economy scenario, as well as the different conceptions around this prominent theme with the local development when both are understood as important strategies to the women contribution as a collective subject capable of break up with the invisibility, empowering themselves and become the protagonist of their own history. Important moments of fight and female resistance are emphasized around the equality of rights, income generations and participation at the public life. In this way, the emphasis of social movements and the organizations wich those women were/are articulated, was important to the comprehension of how they achieved their space and a local, regional and nacional politics representation, showing that the new political-cultural and socio-economic practices become references and changes the role of those women at the contemporary society. Finally, it was emphasized that the Igarapé-Miri construction was/is from a lot of fights and consequently, by conflicts that express themselves at familiar and work ambit, clearly showing inequalities that are hidden most times. This research brings to the debate the solidarity economy principles, as a propitious environment to the women‟s empowerment, and the strategies for a local development and public visibility to those women.
Keywords: Pará - Estado
Amazônia brasileira
Economia social
Movimentos sociais
Desenvolvimento local
Mulheres
Igarapé-Miri - PA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO::SERVICO SOCIAL DO TRABALHO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Serviço Social (Mestrado) - PPGSS/ICSA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_TrabalhadorasEconomiaSolidaria.pdf3,89 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons