Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4355
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 31-Aug-2010
metadata.dc.creator: SOUZA, Doracy Moraes de
Title: O trabalho dos artesãos ceramistas em Icoaraci, Belém/PA: contribuições aos estudos sobre a dinâmica da Amazônia brasileira
Citation: SOUZA, Doracy Moraes de. O trabalho dos artesãos ceramistas em Icoaraci, Belém/PA: contribuições aos estudos sobre a dinâmica da Amazônia brasileira. 2010. 121 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Sociais Aplicadas, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Serviço Social.
metadata.dc.description.resumo: Este estudo analisa o trabalho dos artesãos ceramistas num dos principais pólos produtores de artesanato paraense no bairro do Paracuri, em Icoaraci, Belém/PA, o qual se constituiu o campo da pesquisa. Este bairro concentra cerca de 80 (oitenta) olarias e envolve diretamente cerca de 220 (duzentos e vinte) ceramistas na produção de artesanato em cerâmica, predominantemente, de grafismo Marajoara. Metodologicamente, o estudo é referenciado pela abordagem crítico-dialética. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados: a) documentos; b) observação da dinâmica de trabalho nas olarias e entrevista semiestruturada. Teve 24 (vinte e quatro) sujeitos da pesquisa, assim estratificados: 15 (quinze) artesãos ceramistas, 08 (oito) vendedores de peças artesanais confeccionadas em Icoaraci e 01 (um) gestor de órgão público responsável pela execução de política pública em nível estadual destinada ao artesanato. O trabalho encontra-se estruturado em: introdução, em que se apresentam as reflexões iniciais sobre o objeto de estudo, a segunda parte que se refere ao trabalho artesanal na dinâmica econômica da Amazônia brasileira, a terceira que trata das particularidades do trabalho dos artesãos ceramistas em Icoaraci com base extrativista, destacando que essa forma de trabalho no Estado do Pará remonta ao período colonial. A quarta parte analisa o trabalho dos artesãos ceramistas. Ao final, foram efetuadas as considerações sobre os principais resultados destacando que, por meio desta forma de trabalho os artesãos ocupam um lugar no mercado de trabalho, visto que o processo de trabalho é atrativo para visitantes e turistas que procuram o bairro pela produção de peças com grafismo marajoara, dentre outros. Esta forma de trabalho é a principal fonte de renda desses trabalhadores. Em que pese a importância desta forma de trabalho para a reprodução social dos artesãos pesquisados e para a constituição desse bairro como polo produtor de artesanato, a base deste trabalho é extrativista, o que remonta ao período colonial no Estado do Pará. Assim, essa forma de trabalho dos artesãos ceramistas em Icoaraci-Belém/PA é determinada pela dinâmica econômica, social, política e cultural da Amazônia brasileira. Sendo assim, a continuação desse trabalho no Estado do Pará está relacionada, diretamente, aos seguintes aspectos: savoir-faire, organização social dos mesmos em associações e cooperativas e ações pautadas na agenda das várias políticas públicas (Turismo, Meio Ambiente, Indústria e Comércio etc). As particularidades do trabalho artesanal em Icoaraci expressam que as condições precárias de trabalho e de vida dos ceramistas estão relacionadas ao lugar que a Amazônia brasileira vem ocupando na divisão internacional do trabalho. Assim, a trajetória histórica de exportadora de produtos primários traduz-se como limite à melhoria das condições de vida e de trabalho desses artesãos, os quais trabalham em condições precárias e, nessa condição, contribuem para a acumulação do capital. Neste sentido, demandam uma análise das múltiplas determinações deste trabalho na perspectiva da melhoria das condições de vida e de trabalho dos referidos artesãos ceramistas.
Abstract: This paper analyses the working conditions of pottery craftspeople in one of the most important production centers in Pará State, the neighborhood of Paracuri, located in the District of Icoaraci, Belém. This neighborhood has approximately 80 (eighty) potteries, with around 220 (two hundred and twenty) craftspeople who work mainly on the production of pottery with Marajoara graphics. This study has a critical dialectical approach. The data collection tools were: documents, observation of the working dynamics in the potteries, and a semi-structured interview. A total of 24 (twenty-four) individuals were investigated: 15 (fifteen) were pottery craftspeople; (08) eight were dealers of handicrafts made in Icoaraci; and (01) one was the director of a public body responsible for the implementation of public policies on traditional handicraft in Pará State. This paper is divided into five sections: the introduction presents a theoretical analysis of the object under study; the second section analyzes the role of handicraft in the economy of the Brazilian Amazon; the third section studies the particularities of the extraction-based work of pottery craftspeople in Icoaraci, which is performed similarly to the working conditions of the colonial period in Pará State; the fourth section analyzes the work of pottery craftspeople. Finally, there are considerations on the main results, with emphasis on the fact that through this professional activity pottery craftspeople play their role in the job market because the manufacturing process attracts the attention of visitors and tourists, who are drawn to Paracuri in search of handicrafts with Marajoara graphics, among others. This work form is those workers’ main source of income. This work form is very important for the social reproduction of the craftspeople surveyed and for the characterization of this community as a production center of handicraft, and it is based on the extraction of natural resources, similarly to the colonial period in the state. This work form is determined by the economic, social, political, and cultural dynamics of Pará State; therefore its maintenance is directly related to the following aspects: savoir faire, social organization of the craftspeople in associations and cooperatives, and actions based on several public policies (in the areas of tourism, environment, industry and trade etc.). The peculiarities of the handicraft production in Icoaraci demonstrate that the precarious working and living conditions of the craftspeople are related to the role the Brazilian Amazon has played in the international division of labor. Thus this past as exporter of primary products is a limit to the improvement of the poor working and living conditions of these workers, who contribute to the accumulation of capital. Therefore the multiple determinations of this work form must be object of further analysis in order to improve the working and living conditions of these craftspeople.
Keywords: Trabalho artesanal
Artesão
Condições de trabalho
Olaria
Icoaraci - PA
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL::SERVICO SOCIAL APLICADO::SERVICO SOCIAL DO TRABALHO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Serviço Social (Mestrado) - PPGSS/ICSA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_TrabalhoArtesaosCeramistas.pdf6,44 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons