Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4396
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Sep-2005
Authors: PEIXOTO, Paulo Fernando de Vargas
MALAFAIA, Pedro Antônio Muniz
BARBOSA NETO, José Diomedes
TOKARNIA, Carlos Maria Antônio Hubinger
Title: Princípios de suplementação mineral em ruminantes
Other Titles: Principles of mineral supplementation in ruminants
Citation: PEIXOTO, Paulo Vargas, et al. Princípios de suplementação mineral em ruminantes. Pesquisa Veterinária Brasileira, Rio de Janeiro, v. 25, n. 3, p. 195-200, jul./set. 2005. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/pvb/v25n3/a11v25n3.pdf>. Acesso em: 21 out. 2013. <http://dx.doi.org/10.1590/S0100-736X2005000300011>.
Resumo: Muito embora já haja um sólido conhecimento sobre as deficiências minerais e suas conseqüências para a saúde e a produtividade dos bovinos no Brasil, paradoxalmente, essas informações, na maioria das vezes, não vêm sendo empregadas pelos profissionais das ciências agrárias, que persistem em estimular o uso generalizado das misturas minerais ditas completas. A deficiência de diversos minerais incluídos nestes suplementos, como ferro, cromo, enxofre, entre outros, não ocorre sob condições naturais ou só existe em raras situações muito particulares. O presente tópico aborda os equívocos e problemas relacionados com a suplementação mineral tradicionalmente feita e discute os principais aspectos da denominada suplementação mineral seletiva, que é fundamentada no fornecimento exclusivo do(s) mineral(is) deficiente(s) e na(s) quantidade(s) necessária(s). Essa alternativa pode permitir uma economia expressiva (por vezes, de até 700%) em relação à suplementação mineral comercial normalmente utilizada. De acordo com diversas estimativas, a suplementação mineral pode constituir de 20 a 30 % dos custos totais de produção de gado de corte criados em pastagens, daí a importância de diminuir esses gastos. Um ensaio de reversão, no qual um grupo de animais recebe a mistura mineral comercial rotineiramente utilizada na propriedade e outro grupo, o suplemento seletivo, é a melhor opção para discriminar os efeitos (positivos ou negativos) entre dois esquemas de suplementação mineral para uma específica fazenda. Por esse ensaio, investigam-se, racionalmente e por um longo período, os efeitos das duas opções de suplementação mineral em teste, com mínimo risco de perdas econômicas.
Abstract: Although there is solid knowledge on mineral deficiencies and their consequences on health and productivity of cattle in Brazil, paradoxically, those informations, most of the time, are not used by professionals of the agricultural sciences, who persist in stimulating the widespread use of the so-called complete mineral mixtures. The deficiency of many minerals included in these supplements, as iron, chrome, sulfur, and others, do not occur under natural conditions or only in rare and very particular situations. The present paper deals with the misunderstandings and problems related to traditional mineral supplementation and discusses the main aspects of the so-called selective mineral supplementation that is based in supplying exclusively the deficient mineral(s) and these only in necessary amounts. This procedure can result in expressive economy (sometimes up to 700%) when compared with the commercial mineral supplementation usually employed. According to several estimates, mineral supplementation can account for 20 to 30% of the total cost of beef cattle production on tropical pastures. A reversion assay, in which a group of cattle receives the commercial mineral mixture routinely used on the farm, and another group which receives the selective supplement, is the best option for the elucidation of positive or negative effects between the two possibilities of mineral supplementation on a specific farm. Trough this assay, the effects of the two compositions of mineral supplements can be investigated rationally over a sufficient period of time, with no risks and minimal possibilities of economic losses.
Keywords: Bovino
Ruminantes
Deficiência de minerais
Suplementação de minerais
Brasil - País
ISSN: 1678-5150
0100-736X
Appears in Collections:Artigos Científicos - FAMEVE/CCAST

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_PrincipiosSuplementacaoMineral.pdf434,28 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons