Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4461
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 2008
metadata.dc.creator: MASCHIO, Gleomar Fabiano
metadata.dc.contributor.advisor1: PRUDENTE, Ana Lúcia da Costa
metadata.dc.contributor.advisor-co1: MARTINS, Marlúcia Bonifácio
Title: História natural e ecologia das serpentes da Floresta Nacional de Caxiuanã e áreas adjacentes, Pará, Brasil
Citation: MASCHIO, Gleomar Fabiano. História natural e ecologia das serpentes da Floresta Nacional de Caxiuanã e áreas adjacentes, Pará, Brasil. 2008. 213 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Museu Paraense Emílio Goeldi, Belém, 2008. Programa de Pós-Graduação em Zoologia.
metadata.dc.description.resumo: A busca por padrões de estrutura e composição das comunidades é essencial para prover informações que permitam o manejo sustentado de populações e monitoramento de atividades antrópicas. Na região neotropical, onde ocorre grande riqueza de espécies e complexas relações ecológicas entre elas, estudos envolvendo ofidiofauna ainda são escassos, o que faz com que o entendimento dos processos responsáveis pela estruturação de suas comunidades ainda seja incipiente. No Brasil, vários trabalhos foram desenvolvidos na tentativa de explicitar os fenômenos responsáveis pelos padrões de ocorrência e interações das espécies de serpentes. Objetivando esclarecer quais os fatores que determinam os padrões observados e que afinidades (ecológicas e/ou históricas) as espécies compartilham, foi realizado estudo da taxocenose de serpentes da FLONA de Caxiuanã e áreas adjacentes, durante os anos de 2005 e 2006. Utilizou-se conjuntamente quatro métodos de amostragem (Procura Limitada por Tempo-PLT, Encontros Ocasionais-EO, Armadilhas de Interceptação e Queda-AIQ e Coletas por Terceiros-CT), em cinco áreas (IBAMA e Caquajó, no interior da FLONA de Caxiuanã; Enseada e dois pontos com influência antrópica: Marinaú e Mojuá, estando esses três últimos localizados em áreas adjacentes à FLONA. Foram registrados 378 espécimes distribuídos em cinco famílias, 35 gêneros e 50 espécies. Com os novos registros obtidos nesse estudo, o número de espécies de serpentes para a FLONA de Caxiuanã e áreas adjacentes passa de 63 para 69. Os métodos que apresentaram melhor desempenho em número de indivíduos foram PLT (199/378) e CT (159/378). EO (11/378) e AIQ (9/378) foram os métodos menos eficazes. A riqueza estimada (Jackknife 1), a partir de dados obtidos através de PLT, foi de 56 (+ ou – 4) espécies. O número de espécies estimado para as áreas preservadas foi maior que para áreas antropizadas. A composição das espécies de serpentes da área estudada apresentou maior similaridade com outras taxocenoses de áreas amazônicas. As espécies mais abundantes, acessadas através de PLT, foram Imantodes cenchoa, Corallus hortulanus e Leptodeira annulata. Quando todos os métodos foram considerados, Bothrops atrox, Imantodes cenchoa e Corallus hortulanus foram as espécies mais representadas. As áreas mais antropizadas, localizadas fora da FLONA (Marinaú e Mojuá), apresentaram menores abundância e riqueza de espécies em comparação com áreas protegidas, localizadas no interior da FLONA. Nove espécies foram consideradas potencialmente especialistas: Lachesis muta (pequenos mamíferos), Atractus schach (minhocas), Dipsas catesbyi (moluscos - lesmas), Helicops trivitatus e Hydrops triangularis (peixes), Siphlophis compressus (lagartos), Xenopholis scalaris, Taeniophallus brevirostris (anfíbios anuros) e Tantilla melanocephala (centopéias). Os itens mais acessados foram “lagartos”, “anfíbios anuros” e “pequenos mamíferos”. Serpentes com hábitos primária ou exclusivamente diurnas prevaleceram na comunidade analisada. A ausência de sazonalidade reprodutiva foi característica da maioria das espécies e isso se deve, muito provavelmente, à pouca diferença na temperatura ao longo do ano. A taxocenose de serpentes da FLONA de Caxiuanã e áreas adjacentes está, basicamente, formada por grupos contendo espécies onde, em geral, hábitos diários e de dieta estão sobrepostos. Além dos diversos fatores ecológicos, também fatores históricos, como adaptações morfológicas das espécies, têm grande influência na composição da taxocenose analisada. A grande dificuldade na realização de estudos de comunidades de serpentes está na escassez de dados das espécies, portanto torna-se imperioso que estudos de Ecologia e História Natural continuem sendo exaustivamente conduzidos em uma mesma localidade, objetivando a elucidação dos padrões de respostas aos diversos fatores relacionados à existência das espécies nos diferentes biomas.
Abstract: The search for patterns of community structure and composition is essential to provide information which allows the sustained management of species populations and monitoring of antropic activities. Despite the fact that Neotropical region harbors an enormous diversity of species and complex ecological interactions, very little information is available on snake assemblages. Therefore, the processes responsible for community organization are not well understood. In Brazil, several studies were conducted to analyze the factors responsible for the patterns of distribution and interactions among snake species. In order to identify the factors that determine those patterns and which affinities (ecological and or historical) those species share, a study of the local taxocenose of snakes was performed in the Floresta Nacional de Caxiuanã and adjacent areas, from 2005 to 2006. Four sampling methods were used employed: time constrained search, local collectors, incidental encounters, and pitfall traps with drift fences, in five areas (IBAMA and Caquajó in the Floresta Nacional de Caxiuanã; Marinaú, Enseada and Mojuá located in adjacent areas to the Floresta Nacional de Caxiuanã). A total of 378 specimens of snakes within five families, 35 genera and 50 species were registered. Considering the records of species obtained in this study and those from previous studies, the local number of snake species increases from 63 to 69 species. The methods that best revealed the number of individuals were time constrained search (199/378) and local collectors (159/378). Incidental encounters (11/378) and pitfall traps with drift fences (9/378) were less representative. The estimated richness (Jackknife 1) from PLT data was 56 (+or– 4) species. The composition of snake species in the studied area shows higher similarity with taxocenoses of other Amazon areas. Most abundant species, as revealed by time constrained searches, were Imantodes cenchoa, Corallus hortulanus and Leptodeira annulata. All methods showed Bothrops atrox, Imantodes cenchoa and Corallus hortulanus as most representative. The areas under high antropic pressures located out of the National Forest showed lower abundance and richness when compared to protected areas in there. Nine potentially specialist species were recorded: Lachesis muta (small mammals), Atractus schach (earthworms), Dipsas catesbyi (mollusks), Helicops trivitatus and Hydrops triangularis (fish), Siphlophis compressus (lizards), Xenopholis scalaris, Taeniophallus brevirostris (anuran) and Tantilla melanocephala (centipedes). The items most frequently consumed were lizards, anurans and small mammals. The snake species primary or exclusively diurnal represent the larger percentage. Most species analyzed present non seasonal reproductive period, possibly as a result of no significant differences in the mean temperature throughout the year. The taxocenose of snake species in the Floresta Nacional de Caxiuanã and neighboring areas is formed by groups of species that share similar patterns of feeding and daily activities. Besides several ecological factors such as temperature and pluviometric averages and biome structure, historical factors (such as morphological adaptations of snake species) influence on sbake taxocenose composition in the Floresta Nacional de Caxiuanã and adjacent areas. Thus, more studies on the ecology and natural history of snakes must be continuously conducted in order to characterize novel patterns of distribution of snake species in different biomes.
Keywords: Ofídios
Ecologia
Cobra
História natural
Floresta Nacional de Caxiuanã - PA
Portel - PA
Melgaço - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA::TAXONOMIA DOS GRUPOS RECENTES
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Museu Paraense Emílio Goeldi
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
MPEG
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Zoologia (Doutorado) - PPGZOOL/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_HistoriaNaturalEcologia.pdf5,72 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons