Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4545
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 28-Jun-2012
metadata.dc.creator: PINTO, Ketellyn Suellen Teixeira
metadata.dc.contributor.advisor1: PEREIRA, Luci Cajueiro Carneiro
metadata.dc.contributor.advisor-co1: COSTA, Rauquírio André Albuquerque Marinho da
Title: Condições oceanográficas, ocupação territorial e problemas ambientais na praia do Atalaia (nordeste do Pará, Brasil)
metadata.dc.description.sponsorship: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: PINTO, Ketellyn Suellen Teixeira. Condições oceanográficas, ocupação territorial e problemas ambientais na praia do Atalaia (nordeste do Pará, Brasil). 2012. 97 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Estudos Costeiros, Bragança, 2012. Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental.
metadata.dc.description.resumo: A conservação e gestão da zona costeira da região amazônica merecem atenção especial, devido à riqueza de seus recursos naturais. O presente estudo visa avaliar os impactos dos eventos naturais e atividades humanas na praia de Atalaia, situada no estado do Pará (Brasil), e o desenvolvimento de diretrizes para a implementação de programas de gestão costeira. Os dados foram coletados entre novembro/2008 e novembro/2010. Quatro conjuntos de variáveis foram avaliados: (i) variáveis físicas (climatologia, hidrodinâmica e morfodinâmica), (ii) variáveis hidrológicas (temperatura da água, salinidade, pH, turbidez, oxigênio dissolvido e nutrientes inorgânicos dissolvidos, clorofila a e níveis de coliformes termotolerantes), (iii) desenvolvimento urbano e (iv) distribuição espacial de serviços e infraestrutura. Os resultados indicam que o clima e as condições hidrodinâmicas foram os principais fatores responsáveis pelas flutuações na qualidade de água, turbidez, oxigênio dissolvido, nutrientes inorgânicos dissolvidos e concentrações de clorofila a. A descarga de esgoto doméstico não tratado foi responsável pela contaminação bacteriológica, embora a rápida turbulência decorrente da alta energia hidrodinâmica do ambiente tenha limitado a contaminação por coliformes termotolerantes. Esta alta energia hidrodinâmica, principalmente durante as marés equinociais de sizígia e a falta de planejamento urbano gera outros problemas, tais como a erosão costeira. A área de estudo é caracterizada por altas taxas pluviométricas (> 1900 mm durante a estação chuvosa), ventos de NE com velocidades médias mensais superiores a 4,36 m/s na estação seca e 3,06 m/s na estação chuvosa, condições de macromaré (alcance da maré > 4,0 m), velocidades moderadas de correntes de maré (superior a 0,5 m/s) e alturas de ondas significantes superior a 1,5 m. Em março e junho (meses chuvosos), a corrente de maré vazante alcançou um máximo de 0,4 m/s. O ciclo de maré foi fracamente assimétrico com a maré vazante durando mais de 6 horas e 40 minutos. A energia das ondas foram fracamente moduladas pela maré baixa devido à atenuação das ondas em bancos de areia. A temperatura da água foi relativamente homogênea (27,4°C a 29,3°C). A salinidade variou de 5,7 (junho) a 37,4 (novembro). A água foi bem oxigenada (superior a 9,17 mg/L), turva (superior a 118 NTU), alcalina (acima de 8,68) e eutrófica (máximo de 2,36 μmol/L para nitrito, 24,34 μmol/L para nitrato, 0,6 μmol/L para fosfato e 329,7 μmol/L para silicato), além de apresentar altas concentrações de clorofila a (acima de 82 mg/m³). As condições naturais observadas no presente estudo indicam a necessidade de uma revisão dos critérios hidrológicos usados para avaliação de praias por agências nacionais e internacionais e sua adaptação para a realidade da costa amazônica. A falta de sistema de saneamento público levou a contaminação bacteriológica e a perda da qualidade da água. Com relação ao estado morfodinâmico, as condições dissipativas foram encontradas durante alta a moderada energia hidrodinâmica (condições equinociais e não-equinociais), porém em novembro as maiores alturas de ondas geraram características de barred dissipative, enquanto nos outros meses características nonbarred foram dominantes. Desta forma, o modelo proposto por Masselink & Short (1993) parece não ser ideal para ser aplicado em praias com características similares a praia de Atalaia, na qual a energia das ondas é modulada pela presença de bancos de areia durante algumas fases da maré.
Abstract: The conservation and management of the coastal zone of the Amazon region demands special attention, given the richness of its natural resources. The aim of the present study was to evaluate the impact of natural events and human activities on Atalaia beach, situated in the NE of the Brazilian state of Pará and to develop guidelines for the implementation of coastal management programs. Data were collected between November, 2008, and November, 2010. Four sets of variables were assessed: (i) physical variables (climatology, hydrodynamics and morfodinâmica), (ii) hydrological variables (water temperature, salinity, pH, turbidity, dissolved oxygen and inorganics nutrients, chlorophyll a and thermotolerant coliform levels), (iii) urban development and (iv) spatial distribution of services and infrastructure. The results indicate that climate and hydrodynamical conditions were the main factors responsible for fluctuations in water salinity, turbidity, dissolved oxygen, inorganic dissolved nutrients, and chlorophyll a concentrations. The discharge of untreated domestic sewage was responsible for bacteriological contamination, although the rapid turnover of the high-energy hydrodynamic environment limited contamination by thermotolerant coliforms. This high hydrodynamic energy, primarily during the equinoctial spring tides, and the lack of urban planning, nevertheless generates other problems, such as coastal erosion. The study area is characterized by high rainfall rates (> 1900 mm during the rainy season), NE winds with mean speeds of up to 4.36 m/s in the dry season and 3.06 m/s in rainy season, macrotidal conditions (tidal range > 4.0 m), moderate tidal current speeds (up to 0.5 m/s), and significant wave heights up to 1.5 m. In March and June (rainiest months), ebb tide currents reached a maximal of 0.4 m/s. Tidal cycle was weakly asymmetric with the ebb tide lasting up to 6 hours 40 minutes. Wave energy was slightly modulated by the low tide due to wave attenuation on sand banks. Water temperature was relatively homogeneous (27.4ºC to 29.3ºC). Salinity varied from 5.7 (June) to 37.4 (November). The water was well oxygenated (up to 9.17 mg/L), turbid (up to 118 nephelometric turbidity units), alkaline (up to 8.68), and eutrophic (maximum of 2.36 μmol/L for nitrite, 24.34 μmol/L for nitrate, 0.6 μmol/L for phosphate, and 329.7 μmol/L for silicate), and it presented high concentrations of chlorophyll a (up to 82 mg/m³). The natural conditions observed in the present study indicate the need for a review of the hydrologic criteria used for the evaluation of beaches by national and international agencies and their adaptation to the reality of the Amazon Coast. The lack of a public sanitation system has led to bacteriologic contamination and the loss of water quality. With respect to morphodynamic state, dissipative conditions were found during high and moderate hydrodynamic energy (equinoctial and nonequinoctial condition), but in November the highest wave heights generated barred dissipative characteristic, whereas during the other months non-barred characteristics dominated. Thus, this study shows that the model proposed by Masselink & Short (1993) seems to be ideal to be applied to beaches with similar characteristics to the studied beach, where wave energy is modulated by the presence of sand banks in some stages of the tide.
Keywords: Climatologia
Hidrologia
Hidrodinâmica
Morfodinâmica
Poluição ambiental
Praia do Atalaia - PA
Salinópolis - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICA::POLITICA E PLANEJAMENTO GOVERNAMENTAIS
CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA SANITARIA::SANEAMENTO AMBIENTAL
CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::OCEANOGRAFIA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Estudos Costeiros
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biologia Ambiental
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Biologia Ambiental (Mestrado) - PPBA/IECOS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_CondicoesOceanograficasOcupacao.pdf8,23 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons