Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4556
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2011
Authors: PALHA, Bárbara da Fonseca
First Advisor: BEZERRA NETO, José Maia
Title: Escravidão negra em Belém: mercado, trabalho e liberdade (1810-1850)
Citation: PALHA, Bárbara da Fonseca. Escravidão negra em Belém: mercado, trabalho e liberdade (1810-1850). 2011. 162 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia.
Resumo: Entre os anos de 1810 e 1850, a presença de trabalhadores escravos em Belém era significativa. Em termos demográficos, essa população representava quase metade da população da cidade, formada pelas freguesias urbanas da Sé e Campina. A presente dissertação analisa a escravidão em Belém, a partir de diversos aspectos como o tráfico, a procedência e/ou origem geográfica e étnica dos cativos, a demografia e as cores, mercado e a mobilidade cativa, o controle social e a liberdade escrava, permeados por acontecimentos sociais, políticos e econômicos ocorridos no Brasil e no Grão-Pará, no período em questão, tais como a chegada da família real e a abertura dos portos, a independência, a Cabanagem e a promulgação das leis anti-tráfico de 1815, 1831 e 1850. Narrativas de viajantes estrangeiros, jornais, inventários post-mortem, relatórios de governo, códigos de posturas e ações de liberdade são algumas das fontes utilizadas para construção do cenário: a Belém da primeira metade do século XIX, e para conhecimento da atuação de nossos atores: os trabalhadores escravos.
Abstract: Between the years 1810 and 1850, the presence of slave workers in Belém was significant. Demographically, this population accounted for almost half the population of the city, formed by the urban parishes of the Sé and Campina. This essay examine slavery in Belém, from the different aspects such as the salve trade, the geographic and ethnic origin of the slaves, the demographics and the colors of slave population, the slave market, mobility, freedom and social control, permeated by social, political and economic events in Brazil and the province of Grão-Pará during the fist-half of the nineteenth century, such as the arrival of the royal family and the opening of ports, independence, Cabanagem and promulgation of laws against trade slave in 1815, 1831 and 1850. Narratives of foreign travelers, the press, postmortem inventories, public records, legislation and liberty action are some of the sources used to build the scenery: the Belém of the first-half of the nineteenth century, and our actors: the slave workers.
Keywords: Amazônia brasileira
História - Séc. XIX
Escravidão
História social
História política
Trabalho escravo
Cabanagem, 1835 -1840
Belém - PA
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA DO BRASIL IMPERIO
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA REGIONAL DO BRASIL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em História (Mestrado) - PPHIST/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EscravidaoNegraBelem.pdf3,49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons