Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4566
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSANTOS, José Nazareno Araújo dos-
dc.date.accessioned2014-01-08T12:35:34Z-
dc.date.available2014-01-08T12:35:34Z-
dc.date.issued2013-06-28-
dc.identifier.citationSANTOS, José Nazareno Araújo dos. A importância da inovação e seus desdobramentos sobre a pesca industrial dos estados do Pará e Santa Catarina (Brasil). 2013. 134 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém. 2013. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Tropico Úmido.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4566-
dc.description.abstractInnovation is crucial to reach the socioeconomic development pursue by each country. Those that do not innovate or link innovation to their development agenda are left behind to the “centre”. This is so true, that developed countries are all more industrialized and innovative than those not developed. In Brazil this is also the case, despite being the sixth largest economy in the World, she is not a developed country, mainly because it occupies an intermediate position regarding manufacturing and innovation. This reflects throughout all activities including fisheries. Despite having a high productive potential extractive fishing when compared to other countries presents low production capacity, mainly due to the (un)willingness to adopt/develop innovative techniques that may enable a better performance. Another aspect that should be highlighted is its weak institutional capacity to promote sectorial development. In order to find alternatives to the current institutional structure of fisheries, Brazilian government, following institutional structures adopted by major fishing production countries, in 2003, adopted a new governance pattern for the sector. However, it did not change former structures. Therefore, remains relevant to identify those factors that make this important socioeconomic activity, hostage of market nuances and local circumstances that lead to inequality of the production assets of agents. In order to deeply understand it, this research in Brazilian states of Para (in the North/Amazon region) and Santa Catarina (in the South). Besides being the largest fishing producing states, are largely vulnerable to market behaviour and, at the same time present very unequal institutional frameworks and positions towards innovation. In order to compare the two states having in mind the role of innovation in the production process, an Innovative Performance Index was created based on multivariate analysis. Thus, primary data collected in the two states was submitted to a factor analysis. Results show that Santa Catarina's companies showed better results confirming the guiding hypothesis that innovation is the key to good performance at least in the fishing activity. Not forgetting that other context factors matter, including those institutional agents that closely follow domestic and international market dynamics. Another result that need to be highlighted refers to strategic skills of the entrepreneurs, that may perform better because can better cope with market complexity. Santa Catarina's entrepreneurs showed greater commitment to innovation reflected in the behaviour of their companies. These empirical results allow saying that a better integration of the institutions that coordinate agents involved in the fishing activity can create an environment that may promote a sound development of the activity and that this may apply to other sectors. This research deepened the discussion of the intricacies of innovation and its implications on development policy, allowing for strategic hints for those involved in regional and sectorial policy making.pt_BR
dc.description.sponsorshipCNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico-
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectPescapt_BR
dc.subjectPesca industrialpt_BR
dc.subjectInovaçãopt_BR
dc.subjectDesenvolvimento tecnológicopt_BR
dc.subjectDesenvolvimento industrialpt_BR
dc.subjectDesempenho econômicopt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.subjectSanta Catarina - Estadopt_BR
dc.subjectRegião Sul - Brasilpt_BR
dc.titleA importância da inovação e seus desdobramentos sobre a pesca industrial dos estados do Pará e Santa Catarina (Brasil)pt_BR
dc.typeTesept_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentNúcleo de Altos Estudos Amazônicos-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIA::ECONOMIA INDUSTRIAL::MUDANCA TECNOLOGICA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA-
dc.contributor.advisor1BASTOS, Ana Paula Vidal-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1992388595130579-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4579175489889132-
dc.description.resumoA inovação é um importante instrumento para se atingir o estágio do desenvolvimento socioeconômico tão perseguido pelos países. Quem não inova ou não tem uma agenda atrelada à inovação fica à margem do “grande centro”. Isto é tão verídico que os países desenvolvidos são em totalidade industrializados e inovadores. Não diferente é o Brasil, que apesar de ser a sexta maior economia do planeta continua sendo considerado um país não desenvolvido. Isso se reflete internamente, como no caso da pesca. Apesar de ter um elevado potencial produtivo de pesca extrativa, comparativamente a outros países produtores apresenta baixa capacidade de produção, principalmente em razão da (in)disposição em adotar/desenvolver técnicas (inovações) que possibilitem um melhor desempenho da atividade. Outro aspecto que deve ser destacado é a frágil capacidade institucional de promover o desenvolvimento do segmento. No sentido de buscar alternativas para tornar a estrutura institucional pesqueira do Brasil mais eficaz em relação às suas ações, o governo brasileiro, orientando-se nas diversas estruturas institucionais adotadas pelos principais países produtores de pescado, em 2003 adotou nova forma de governança do setor, porém não alterando a dinâmica existente até então. Nesse sentido, é importante identificar os fatores que tornam esta relevante atividade socioeconômica refém de circunstancias de mercado e de estratégias localizadas, estabelecendo um cenário de desigualdade e de elevada dificuldade por parte de alguns agentes e Estados produtores. A fim de se procurar entender essa realidade, nesta pesquisa se tomou como amostra os estados do Pará e Santa Catarina, os quais são os maiores produtores de peixe do Brasil, ao mesmo tempo são os que mais sofrem os efeitos da instabilidade do mercado e das instituições que os auxiliam, com o objetivo de identificar o papel das inovações no processo de produção. Desse modo, utilizou-se a técnica estatística multivariada de analise fatorial e, a partir de dados coletados junto as principais empresas produtoras dos dois Estados, se elaborou o Índice de Desempenho Inovador (IDI), o qual hierarquiza as firmas em função das suas práticas inovadoras. Neste estudo, as empresas catarinenses apresentaram melhores resultados concretizando a hipótese norteadora da pesquisa de que a inovação é fundamental para um bom desempenho da atividade pesqueira, ao mesmo tempo em que deve ser acompanhada de inúmeros outros elementos, entre os quais, instituições que acompanhem o processo evolutivo das demandas tanto dos agentes internos as empresas quanto os externos (mercados). Outros resultados que devem ser destacados referem-se à capacidade empresarial, medida em termos de habilidades estratégicas, as quais permitem um melhor desempenho em relação ao enfrentamento com o mercado. Os empresários catarinenses apresentaram maior compromisso com a inovação refletido no comportamento de suas empresas. A pesquisa empírica realizada permite asseverar que uma melhor integração das instituições que coordenam a pesca com os agentes que nela tomam decisões pode criar um ambiente mais propicio para um desenvolvimento sólido desta atividade e acredita-se que esta assertiva se aplica a outras atividades. Esta pesquisa aprofundou a discussão dos meandros da inovação, seus desdobramentos e contribuições para o desenvolvimento, permitindo subsidiar políticas públicas setoriais e regionais.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido-
Appears in Collections:Teses em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Doutorado) - PPGDSTU/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_ImportanciaInovacaoDesdobramentos.pdf1,39 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons