Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4578
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 31-Aug-2012
metadata.dc.creator: SOUZA, Sueny Diana Oliveira de
metadata.dc.contributor.advisor1: RICCI, Magda Maria de Oliveira
Title: Um rio e suas gentes: ocupação e conflitos nas margens do rio Turiaçu na fronteira entre Pará e Maranhão (1790-1824)
metadata.dc.description.sponsorship: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: SOUZA, Sueny Diana Oliveira de. Um rio e suas gentes: ocupação e conflitos nas margens do rio Turiaçu na fronteira entre Pará e Maranhão (1790-1824). 2012. 124 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia.
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação objetiva discutir o processo de ocupação na região do Turiaçu na fronteira entre Pará e Maranhão entre 1790 e 1824. Inicialmente este estudo recupera os esforços colonizadores da administração portuguesa de D. Francisco de Souza Coutinho, o ilustrado governador da Capitania do Pará. Com ele foram intensificadas a cessão de terras e suas formas de controle. Estradas foram abertas, localidades mudaram de lugar ou função e povos indígenas reordenados e deslocados. Legalmente, a região do Turiaçu foi ocupada por meio de doação de terras via concessão e confirmação de cartas de sesmarias ainda em meados do século XVIII. Contudo também existiram outras formas de ocupação e organizações desenvolvidas por índios, negros e homens brancos pobres. Este estudo analisa os múltiplos embates sociais, territoriais e identitários ocorridos entre as diversas populações que se concentraram na região, sobretudo nos anos finais do período colonial até a independência e adesão do Grão-Pará a ela.
Abstract: The objective that dissertation is discusses the process of occupation in the region of Turiaçu on the frontier between Pará and Maranhão, in the period 1790 to 1824. Initially this study recovers the efforts colonizers of the Portuguese administration of D. Francisco de Souza Coutinho, illustrated Governor of the Province of Pará. With him were intensified the cession of land and forms of control. Roads were opened, changed locations of place or function and indigenous peoples displaced and rearranged. Legally, the Turiaçu region was occupied through donation of land from the concession and confirmation of letters of allotments still in middle of century XVIII. Ho we ver there were alsoo ther forms of occupation and organizations developed by in dians, blacks and poor white men. This study analyzes the multiple conflicts: social, territorial and identity occurred between the various populations that are concentrated in the region, especially in the final year sof the colonial period to independence and adherence of the Grand Para her.
Keywords: História social
História, 1790-1824
Fronteiras
Colonização
Rio Turiaçu (Bacia do Atlântico Norte Nordeste)
Pará - Estado
Maranhão - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA DO BRASIL COLONIA
CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::HISTORIA::HISTORIA DO BRASIL::HISTORIA REGIONAL DO BRASIL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em História Social da Amazônia
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em História (Mestrado) - PPHIST/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RioGentesOcupacao.pdf986,98 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons