Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4651
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 9-Dec-2013
metadata.dc.creator: RIBEIRO, Layza Costa
metadata.dc.contributor.advisor1: ROCHA, Fernando Allan de Farias
Title: Investigação do efeito ictiotóxico do extrato etanólico da raíz de Spilanthes acmella (jambú) em zebrafish através da análise eletrofisiológica e comportamental
Citation: RIBEIRO, Layza Costa. Investigação do efeito ictiotóxico do extrato etanólico da raíz de Spilanthes acmella (jambú) em zebrafish através da análise eletrofisiológica e comportamental. 2013. 61 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular.
metadata.dc.description.resumo: Dentre as várias espécies de plantas medicinais, encontra-se a espécie Spilanthes acmella, conhecida popularmente como jambú que se destaca por apresentar inúmeras aplicações na área da medicina popular. A medicina tradicional recomenda suas folhas e flores na elaboração de infusões no tratamento de anemia, dispepsia, malária, afecções da boca (dor de dente) e da garganta, contra escorbuto e também como antibiótico e anestésico. Sendo seus principais efeitos atribuídos ao espilantol, que é um representante importante das substâncias presentes nessas plantas. Alguns estudos já foram realizados utilizando o espilantol, possibilitando algumas informações da ação dessa substância, como seu efeito e imunomodulador devido sua interação funcional com monócitos, granulócitos e células killers. Porém, ainda não existem estudos eletrofisiológicos acerca de sua ação ictiotóxica, utilizando, por exemplo, o eletroencefalograma para demonstrar sua ação ao nível de Sistema Nervoso Central ou eletromiograma para verificar a ocorrência de sua ação a nível muscular no Zebrafish, evocando a necessidade dessa pesquisa a respeito do assunto. Com base nisso, o presente trabalho objetivou investigar a ação ictiotóxica do extrato etanólico da raiz de Spilanthes acmella em Zebrafish através da análise eletrofisiológica e comportamental. Os resultados mostraram que o extrato etanólico de Spilanthes acmella é um potente indutor de excitabilidade central no zebrafish, sendo isso constatado a partir das mudanças de padrões de atividade elétrica vistas no eletroencefalograma do animal submetido à droga e através do aumento da atividade encefálica visto no espectograma. O extrato também causou alterações, em menor escala, nos traçados eletromiográficos do zebrafish submetido à mesma concentração da droga, com aparecimento de contrações musculares esparsas e de mioclonias breves. Eos achados comportamentais, a partir da delimitação de três estágios de comportamentos, os quais se iniciaram com o aumento da excitabilidade do animal e culminam com a convulsão e morte do peixe, serviram para corroborar com os achados eletrofisiológicos de que o extrato etanólico de Spilanthes acmellaatua como potente droga com ação no sistema nervoso do zebrafish, com atividade convulsivante.
Abstract: Among the various species of medicinal plants, we can find the Spilanthes acmella species, popularly known as Jambu that stands out due to its numerous applications in the folk medicine field. Traditional medicine recommends the use of its leaves and flowers in the preparation of infusions to treat anemia, dyspepsia, malaria, mouth diseases (tooth pain) and throat diseases, against scurvy and also as antibiotic and anesthetic, being its main effects attributed to espilantol, which is an important representative of the substances present in these plants. Some studies have been performed using the espilantol, providing some information of the effect of this substance, as its immunomodulatory effect and because of its functional interaction with monocytes, granulocytes and killer cells. However, there are still no electrophysiological studies about its ictiotoxic action using, for example, the EEG to demonstrate its action at the central nervous system level or electromyogram to verify the occurrence of their effects in the Zebrafish muscles, evoking the need for this research. Based on this, the present study aimed to investigate the ictiotoxic action of the ethanol extract of the Spilanthes acmella root in Zebrafish by electrophysiological and behavioral analysis. The results showed that the ethanol extract of Spilanthes acmella is a potent inducer of central excitability in zebrafish, this being evidenced by changes in electrical activity patterns seen in the EEG of the animals subjected to the extract and by increasing brain activity seen in the spectrogram. The extract also caused changes, in a lesser extent, on the electromyographic tracings of zebrafish subjected to the same concentration of the extract, with the appearance of scattered muscle contractions and brief myoclonus. And the behavioral findings from the delimitation of three stages of behavior, which began with the increased excitability of the animal and resulted in the seizure and death of the fish, served to corroborate the electrophysiological findings that the ethanol extract of Spilanthesacmella acts as a potent substance acting on the nervous system of zebrafish, with convulsant activity.
Keywords: Plantas medicinais
Spilanthes acmella
Jambu
Zebrafish
Eletroencefalografia
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BOTANICA::FISIOLOGIA VEGETAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Neurociências e Biologia Celular
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Neurociências e Biologia Celular (Mestrado) - PPGNBC/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_InvestigacaoEfeitoIctiotoxico.pdf10,92 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons