Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4664
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 26-Sep-2012
metadata.dc.creator: BARBOSA, Delmira Rocha dos Santos
metadata.dc.contributor.advisor1: HOLANDA, Sílvio Augusto de Oliveira
Title: A Revista de Cultura Brasileña e a recepção de “Grande Sertão Veredas” (1962-2011)
Citation: BARBOSA, Delmira Rocha dos Santos. A Revista de Cultura Brasileña e a recepção de “Grande Sertão Veredas” (1962-2011). 2012. 136 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2012. Curso de Mestrado em Letras.
metadata.dc.description.resumo: A proposta desta dissertação é examinar a recepção crítica em língua espanhola de Grande sertão: veredas (1956), obra de Guimarães Rosa (1908-1967). Desde a sua edição no idioma espanhol, a referida narrativa provocou certo impacto na sociedade de língua cervantina por abordar um tema polêmico como a relação ambígua de Riobaldo e Diadorim, oculta até o final da primeira leitura e por escrever numa linguagem poética acerca dos conflitos humanos e existenciais, inseridos na descrição de uma região que ultrapassa os limites geográficos, para a construção de um sertão universal. A recepção crítica em língua espanhola, de fato, iniciou-se em 1967 com a publicação de Grán sertón: veredas, pela editora Seix Barral, traduzida por Ángel Crespo. Este trabalho propõe uma leitura sobre as interpretações da narrativa que causou grande repercussão entre os intelectuais hispano-falantes que, ao se debruçarem sobre o sertão, procuraram desvendar os sentidos forjados na obra. É nessa perspectiva que serão abordados os textos do arquivo da Revista de Cultura Brasileña da década de 1960, elemento primordial para o desenvolvimento deste estudo e da recepção crítica mais contemporânea de Soledad Bianchi (2004), Antonio Maura (2007), Maria Rosa Álvarez Sellers (2007) e Pilar Gómez Bedate (2007), além de outros críticos literários brasileiros. Como base metodológica desta pesquisa, recorrer-se-á entre outras referências, ao estudo sobre a teoria da recepção de Hans Robert Jauss no que concerne ao leitor como construtor de um novo objeto artístico. O trabalho está dividido, em três capítulos: no primeiro, far-se-á uma abordagem dos pressupostos da Estética da Recepção, de Hans Robert Jauss (1921-1997) e, sucintamente, far-se-á uma discussão sobre o texto A tarefa do tradutor de Walter Benjamin e os princípios teóricos de Antoine Berman no que tange ao ato tradutório. Nos capítulos posteriores, será desenvolvido o trabalho específico sobre a crítica no idioma espanhol, e por meio desta análise, destacar-se-ão as divergências entre as obras de língua portuguesa e espanhola, focando nos elementos pertinentes à linguagem poética na construção do texto para os hispano-falantes e a inserção da obra no contexto sócio-histórico da ficção rosiana nos países de língua hispânica.
Abstract: This master’s dissertation intends to develop a comprehensive examination of the critic reception produced in Spanish language about Grande sertão: veredas (1956), written by Guimarães Rosa (1908-1967). Since its first edition on Spanish language, Grán sertón: veredas caused a certain impact on society because of the themes of the book, such as the supposed ambiguous relationship between Riobaldo and Diadorim, which remains unsolved until the end of the first reading, and the universal hinterland created by poetic language that exceeds geographical boundaries and represents existential conflicts. The critic reception by Spanish-speakers researchers began, ideed, in 1967 after the launching of Grán sertón: veredas, translated into Spanish by Ángel Crespo and published by Seix Barral. Thus, the aim of this work is to undertake a review of some interpretations about Grán sertón: veredas, which caused great repercussion among Spanish-speaking intellectuals that purposed to unveil the implied meanings on the Rosean literary work. In this perspective, there will be analyzed texts from 1960’s of Revista de Cultura Brasileña’s archives and the recent critic reception developed by Soledad Bianchi (2004), Antonio Maura (2007), Maria Rosa Álvarez Sellers (2007), and Pilar Gómez Bedate (2007), besides other Brazilian literary critics. It is a bibliographical research method based on Aesthetics of Reception theory, proposed by Hans Robert Jauss (1921-1997), which considers the reader as an important category in the construction of a new artistic object during the reading act. The master’s dissertation is arranged in three chapters: in the first one, there will be an explanation about the theoretical framework of the Aesthetics of Reception principles and brief comments about aspects involved in the act of translation discussed in Walter Benjamin’s essay The task of the translator and in Antoine Berman’s translation theory. In the next chapters, the literary criticism in Spanish language about Grande sertão: veredas will be analyzed highlighting the divergences between the original text in Portuguese and its translation into Spanish concerning to how the translator dealt with the elements of poetic language in the Spanish version, as well as the insertion of the Rosean fiction on social and historical context of Hispanic countries.
Keywords: Rosa, João Guimarães, 1908-1967. Grande sertão: veredas - Crítica e interpretação
Língua espanhola - História e crítica
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RevistaCulturaBrasilena.pdf7,28 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons