Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4702
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2010
Authors: ROCHA, Cristina Pantoja
First Advisor: MELO, Nuno Filipe Alves Correia de
Title: Fecundidade e fertilidade do camarão-da-Amazônia, Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda: Palaemonidae) em dois ambientes estuarinos do estado do Pará
Sponsor: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: ROCHA, Cristina Pantoja. Fecundidade e fertilidade do camarão-da-Amazônia, Macrobrachium amazonicum (Heller, 1862) (Decapoda: Palaemonidae) em dois ambientes estuarinos do estado do Pará. 2010. 55 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Agrárias, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Resumo: O Macrobrachium amazonicum é o camarão de água doce com ampla exploração pesqueira na região amazônica, em virtude da abundância e boa aceitação no mercado consumidor. O objetivo deste estudo foi caracterizar a fecundidade e fertilidade de M. amazonicum em dois ambientes estuarinos no Estado do Pará. De forma que foram realizadas coletas mensais no período de setembro de 2008 a agosto de 2009, nos município de Vigia e Belém na Ilha de Mosqueiro, as fêmeas foram até o Laboratório de Ecologia Aquática e Aqüicultura Tropical - LECAT no campus da Universidade Federal Rural da Amazônia – UFRA, em Belém. Para a determinação da fecundidade foram colecionadas mensalmente em média 30 fêmeas ovígeras de cada ponto de coleta, os ovos aderidos aos pleópodes foram retirados, utilizando hipoclorito de sódio como 2% de cloro ativo e estocado em álcool 70%. A fecundidade individual foi determinada a partir da contagem total dos ovos. Para a determinação do volume dos ovos foram selecionados de cada local de coleta, aleatoriamente, 50% do número total de fêmeas ovígeras destinadas a fecundidade, seguindo dois grupos: ovos pigmentados e não-pigmentados. Para determinar a fertilidade, as fêmeas ovígeras de M. amazonicum foram estocadas individualmente em aquários de vidro de 2L. Após a eclosão, as larvas foram sifonadas e contadas. Para todas as fêmeas foi aferido o peso de cada exemplar e avaliada sua biometria com o auxílio de um paquímetro de precisão. As fêmeas de M. amazonicum oriundas do Município de Vigia tiveram comprimento absoluto entre 4,8 e 9,3 cm e peso entre 2,21 e 11,81g, com fecundidade absoluta entre 38 e 5.749 ovos (2.296 ± 1.288 ovos). Para as fêmeas de Belém, provenientes da ilha de Mosqueiro, o comprimento variou entre 3,71 e 8,14 cm, o peso entre 1,27 e 11,2g, com fecundidade absoluta variando de 123 e 7.571, com média de 1.448 ± 990 ovos. O volume de ovos para as fêmeas obtidas no Município de Vigia, referente aos ovos não-pigmentados, apresentou volume médio de 141,37mm³, enquanto que para ovos pigmentados o volume foi de 116,13mm³. As fêmeas provenientes da Ilha de Mosqueiro, com ovos não-pigmentados apresentaram volume médio de 118,97mm³ e ovos pigmentados o volume médio calculado foi de 144,61mm³. A análise da fertilidade para as fêmeas do município de Vigia apresentou comprimento entre 5,41 e 9,72 cm e peso entre 2,51 e 9,60g, a fertilidade absoluta foi 14 e 4.430 larvas, com média de 1.152 ± 822 larvas por fêmea. As da ilha de Mosqueiro apresentaram comprimento entre 3,53 e 7,67 cm e peso entre 1,12 e 8,77 g com fertilidade absoluta entre 7 e 4.121 e média de 755 ± 871 larvas por fêmea. Os valores referentes a fertilidade e fecundidade para os município de Vigia e Belém - Ilha de Mosqueiro indicam que há proporcionalidade entre as variáveis de comprimento e peso. Apesar de apresentar fecundidade e fertilidade menor que os valores reprodutivos apresentados para outras espécies de interesse comercial, os valores aqui mostrados evidenciam que nestes dois locais a espécie podem fornecer matrizes potenciais para aquicultura.
Abstract: The Macrobrachium amazonicum is a freshwater prawn with ample fishing exploration in the Amazon region, virtue of the abundance and good acceptance in the consuming market. The aim of this study was to characterize the fecundity and fertility of M. amazonicum in two estuaries environments in the State of Pará. Of form that was accomplished monthly collections in the period of September 2008 the August 2009, in the city of Vigia and Belém in the Island of Mosqueiro, the females were until the Laboratory of Ecology Aquatic and Tropical Aquaculture - LECAT in the campus of the Agricultural University Federal of the Amazom - UFRA in Belém. For the determination of fecundity 30 females were collected monthly on average ovigerous of each point of collection, the eggs adhered to the pleopods were removed, using sodium hypochlorite as 2 % of active and stored chlorine in alcohol 70%. The individual fecundity was determined from the total counting of eggs. For a determination of the volume of eggs it was selected of each place of collection randomly 50% of the total number of destined females ovigerous the fecundity, following two groups: eggs pigmented and non-pigmented. To determine fertility, ovigerous females of M. amazonicum were stored in individual glass tanks 2L. After hatching, the larvae were siphoned and counted. For all females was measured the weight of each specimen and evaluated their biometrics with the aid of a precision caliper. Females of M. amazonicum coming from the Municipality of Vigia had absolute length between 4.8 and 9.3 cm and weighing between 2.21 and 11.81 g with absolute fecundity between 38 and 5749 eggs (2296 ± 1288 eggs). For females of Belém, from the island of Mosqueiro, the length varied between 3.71 and 8.14 cm, weight between 1.27 and 11.2 g with absolute fecundity ranged from 123 and 7571, mean 1448 ± 990 eggs. The volume of eggs for females obtained in the City Watch, referring to the non-pigmented eggs, had an average volume of 141.37 mm³, whereas for pigmented egg volume was 116.13 mm³. Females from the island of Mosqueiro, with non-pigmented eggs an average volume of 118.97 mm³ pigmented eggs and the average volume was calculated at 144.61 mm³. The analysis of fertility in the females of Vigia had a length between 5.41 and 9.72 cm and weighing between 2.51 and 9.60 g absolute fertility was 14 and 4430 larvae mean 1152 ± 822 larvae per female. The island of Mosqueiro had a length between 3.53 and 7.67 cm and weighing between 1.12 and 8.77 g of absolute fertility between 7 and 4121 and averaged 755 ± 871 larvae per female. The referring values fertility and fecundity for the Vigia and Belém - Island of Mosqueiro indicate that it has proportionality enters the variables of length and weight. Although showing lower fertility and fecundity values presented for breeding other species of commercial interest, the values shown here show that these two places the species meets provide arrays potential for aquaculture.
Keywords: Camarão de água doce
Macrobrachium amazonicum
Fertilidade
Ilha de Mosqueiro - PA
Vigia de Nazaré - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA::AQUICULTURA::CARCINOCULTURA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Department: Campus Universitário de Castanhal
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
Appears in Collections:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_FecundidadeFertilidadeCamarao.pdf1,08 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Admin Tools