Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4727
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 25-Sep-2012
metadata.dc.creator: LOPES, Maria do Socorro Morato
metadata.dc.contributor.advisor1: FAIRCHILD, Thomas Massao
Title: A construção da identidade do professor de língua portuguesa na imprensa: uma abordagem discursiva
Citation: LOPES, Maria do Socorro Morato. A construção da identidade do professor de língua portuguesa na imprensa: uma abordagem discursiva. 2012. 118 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Letras e Comunicação, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Letras.
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa tem como objetivo analisar processos de construção da identidade do professor de língua materna na imprensa, legitimada não apenas por seus discursos, mas como uma construção que se estabelece socialmente e encontra na mídia um lugar privilegiado para sua emergência. O corpus é composto por textos coletados de revistas, jornais, blogs e sites, que tratam de ensino de língua portuguesa, assinados por professores ou por outros profissionais. Este trabalho de pesquisa se baseia nos postulados da Análise do Discurso e das Ciências Sociais, por meio dos conceitos de Discurso, Hegemonia e Memória Discursiva, abordados no primeiro capítulo desta dissertação, em que perceberemos como estes conceitos ajudam na reprodução dos discursos (públicos) e na construção identitária do professor de língua portuguesa. A noção de Formação Discursiva é abordada no segundo capítulo, com base nos postulados teóricos de Foucault (2004) e Pêcheux (2009), bem como a circularidade nas posições de Identificação e Contra-identificação. As Formações Imaginárias (PÊCHEUX, 1997) servem de ancoragem teórica para o terceiro capítulo, em que analisamos como os professores ocupam lugares (A, B e R) nos discursos, validados por eles mesmos ou por aqueles que enunciam publicamente. No quarto capítulo discutimos a polêmica estabelecida entre as duas Formações Discursivas por meio da noção Simulacro MAINGUENEAU, 2005), abordada no mesmo capítulo, em que percebemos imagens distorcidas projetadas nos discursos. Buscamos demonstrar a importância dos estudos discursivos no campo do ensino-aprendizagem, partindo do pressuposto de que a formação dos professores tem se dado não apenas por práticas pedagógicas, mas também em práticas discursivas. Na análise destes dados, estamos buscando o lugar discursivo do professor e a maneira que este professor, ao tomar a palavra na imprensa, forja sua identidade. Espera-se com este trabalho verificar como o professor de língua portuguesa tem legitimado sua(s) identidade(s) no ambiente midiático, que tem se mostrado um lugar de grande efervescência discursiva e instância de formação e reprodução de discursos sobre ensino de língua materna.
Abstract: This research aims at describing and analysing processes by which the indentity of portuguese teachers is constructed in the press, how such identity is legitimized by their (teachers’) discourses and how it achieves social recognition, finding in the press and other similar media oportunity do emerge. The research corpus comprises several texts collected from magazines, newspapers, blogs and websites, all of them related to the teaching of portuguese and having teachers or other professionals as authors. This work is based on theoretical postulates from Discourse Analysis and Social Sciences, amongst which the concepts of Discourse, Hegemony and Discourse Memory, explained in the first chapter. We discuss how said concepts help explaining the reproduction of discourses (in the press) and the construction of the identity of portuguese teachers. The concept of Discourse Formations is explained in the second chapter, based on the works of Foucault (2004) and Pêcheux (2009), as well as the circular motion between positions of Identification and Couter-Identification. The third chapter relies on the concept of Imaginary Formations (PÊCHEUX, 1997). We therein analyse how the teacher may occupy the positions of A, B or R in discourses from the press, and how the images corresponding to each position are validated by the teachers’ own discourses or by whoever takes up the pen to write publicly about the teaching of portuguese. In the fourth chapter we discuss the polemic relation between two Discourse Formations under the the concept of Simulacrum (MAINGUENEAU, 2005), describing how distorted images of the other are projected in each discourse. In a wider scale, we intend to show the importance of discourse studies to the field of education, assuming that teachers’ education concerns not only in-class practices but also social discoursive practices. In our data analyses, we search for the positions teachers take in discourses and how teachers forge an identity upon writing publicly about their profession. Thus, we expect to clarify how portuguese teachers legitimize their identities in the media, which works as a place where discourses about first language teaching take form and are widely reproduced.
Keywords: Língua portuguesa
Ensino
Aprendizagem
Formação de professores de língua portuguesa
Imprensa
Análise do discurso
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Letras e Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Letras
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Letras (Mestrado) - PPGL/ILC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_ConstrucaoIdentidadeProfessor.pdf961,33 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons