Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4758
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 3-Dec-2010
metadata.dc.creator: SILVA, Ana de Nazaré Martins da
metadata.dc.contributor.advisor1: PÓVOA, Marinete Marins
metadata.dc.contributor.advisor-co1: ISHIKAWA, Edna Aoba Yassui
Title: Identificação molecular de espécies do complexo Anopheles albitarsis (Diptera, Culicidae, Anophelinae), coletadas em dois municípios da Amazônia brasileira, com análise de suscetibilidade natural a plasmódios humanos
Citation: SILVA, Ana de Nazaré Martins da. Identificação molecular de espécies do complexo Anopheles albitarsis (Diptera, Culicidae, Anophelinae), coletadas em dois municípios da Amazônia brasileira, com análise de suscetibilidade natural a plasmódios humanos. 2010. 125 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.
metadata.dc.description.resumo: Anofelinos membros de complexos de espécies crípticas podem exibir diferenças comportamentais, de susceptibilidade a infecção malárica, e resistência a inseticidas. Assim, a identificação de espécies vetoras tem relevância epidemiológica, o que nem sempre é possível por critérios morfológicos. Métodos alternativos têm sido empregados para tal, como os que analisam regiões altamente conservadas do DNA ribossômico, variável entre as espécies, conhecidas como espaçadoras internas transcritas (ITS). Considera-se atualmente que o complexo Anopheles c seja composto por seis espécies: An. albitarsis s.s., An. oryzalimnetes, An. albitarsis F, An. marajoara, An. deaneorum, e An. janconnae. Destas, pelo menos as três últimas são incriminadas como vetores de malária na Amazônia brasileira. O objetivo deste estudo foi realizar identificação molecular de espécies do complexo An. albitarsis, por análise da seqüências do ITS2 do rDNA, com vistas a analisar sua importância na transmissão de malária nos municípios de Macapá, Amapá e Peixe-Boi, Pará, inclusive investigando pela primeira vez a ocorrência do An. albitarsis F nestas duas áreas epidemiologicamente distintas: a primeira com histórico de alto risco de transmissão de malária e a segunda não. O estudo foi realizado entre janeiro de 2009 e abril de 2010, e consistiu de capturas de anofelinos de 12 horas de duração (ecostofase) no peridomicílio. Todas as fêmeas coletadas foram morfologicamente identificadas e apenas os An. albitarsis s.l. tiveram cabeça e tórax separadas para análise da infecção natural por ELISA; ovários para análise de paridade e patas, asas e carcaça para identificação molecular. Em Macapá foram realizadas seis coletas, obtendo-se um total de 584 anofelinos, sendo 366 An. albitarsis s.l. (62,7%), 167 An. darlingi (28,6%), 33 An. triannulatus s.l (5,6%), 15 An. braziliensis (2,6%) e 3 An. nuneztovari (0,5%). Pela PCR foi possível visualizar a banda específica de An. marajoara em 320 espécimes dos An. albitarsis s.l testados. Do restante, 33 foram negativos e 13 amplificaram um fragmento de ~490 pb nos iniciadores empregados, não permitindo chegar ao diagnóstico específico. O An. marajoara apresentou características biológicas e comportamentais que ratificam sua importância epidemiológica na transmissão de malária em Macapá, tais como: ser a espécie mais prevalente, com maior proporção de fêmeas paridas (73,0%), e portanto com maiores chances de se infectarem com o plasmódio, ocorrer tanto na estação menos quanto na mais chuvosa, e apresentar atividade hematofágica durante toda a ecostofase, alem disso, foi encontrado naturalmente infectado por P. vivax e P. falciparum (taxa de infecção natural de 3,1%). Em Peixe-Boi, foram capturados 43 anofelinos: An. triannulatus s.l (20 espécimes, 46,5 %), An. albitarsis s.l. (13: 30,2 %), An. darlingi (8: 18,6%), e An. nuneztovari (2: 4,7%). Todos os An. albitarsis s.l. coletados foram identificados pela ITS2 como An. oryzalimnetes. Nenhum deles foi encontrado infectado pelos plasmódios testados, e a maioria das fêmeas era parida (84,6%). São necessários levantamentos entomológicos sistemáticos que analisem a importância deste anofelino na transmissão de malária na cidade. O An. albitarsis F não foi encontrado nas duas áreas estudadas. Nossos resultados contribuem para o entendimento da epidemiologia da malária na região Amazônica brasileira.
Abstract: Members of Anopheles cryptic species complexes may exhibit behavioral differences among them, the susceptibility to malaria infection, and resistance to insecticides, thus, the specific identification has epidemiological relevance, which is not always possible by morphological criteria. Alternative methods have been employed such as those that analyze highly conserved regions of ribosomal DNA, which varies among species, known as internal transcribed spacer (ITS). Anopheles albitarsis complex is currently composed of six species: An. albitarsis s.s., An. oryzalimnetes, An. albitarsis F, An. marajoara, An. deaneorum and An. janconnae. At least the last three are incriminated as malaria parasite vectors in the Brazilian Amazon. The aim of this study was to perform molecular identification of An. albitarsis complex species, for analysis of ITS2 rDNA sequences, in order to assess their importance in malaria transmission in the cities of Macapá, Amapa and Peixe-Boi, Para, including investigating the first time the occurrence of An. Albitarsis F in two epidemiologically distinct areas: the first with a history of high risk of malaria transmission and the second not (Peixe-Boi). All-night human landing catches of mosquitoes were carried out in the peridomestic environment, from January 2009 and April 2010. The females collected were morphologically identified and only An. albitarsis s.l. was dissected: head and thorax were separated for analysis of natural infection by ELISA; ovaries for parity analysis and the carcass, legs and wings for molecular identification. In Macapá were collected 584 mosquitoes: 366 An. albitarsis s.l. (62.7%), 167 An. darlingi (28.6%), 33 An. triannulatus s.l. (5.6%), 15 An. braziliensis (2.6%) and 3 An. nuneztovari (0.5%). It was possible to visualize the specific band An. marajoara in 320 specimens of An. albitarsis s.l. tested. Of the remainder, 33 were negative and 13 amplified a fragment of ~ 490pb, not allowing to reach the specific diagnosis. The An. marajoara specimens showed biological and behavioral characteristics that confirm their epidemiological importance in malaria transmission in Macapa, such as being the most prevalent species, with a higher proportion of parous females (73.0%), and therefore with the greatest chances of infected with Plasmodium, occur in both seasons (dry and wet), presenting biting activity in all hours worked, moreover, was found infected by P.vivax and P. falciparum (natural infection rate of 3.1%). In Peixe-Boi, were captured 43 anophelines: An. triannulatus s.l. (20 specimens, 46.5%), An. albitarsis s.l. (13, 30.2%) An. darlingi (8, 18.6%), and An. nuneztovari (2, 4.7%). All An. albitarsis s.l. collected were identified by ITS2 as An. oryzalimnetes. None was found infected by Plasmodium, and the vast majority was parous females (84.6%). Systematic entomological surveys are needed to analyse the importance of An. oryzalimnetes in malaria transmission in the city. The An. albitarsis F was not found in the two areas studied. Our results contribute to our understanding of the epidemiology of malaria in the Brazilian Amazon region.
Keywords: Doenças transmissíveis
Epidemiologia
Malária
Plasmodium
Anopheles albitarsis
Peixe-boi - PA
Pará - Estado
Macapá - AP
Amapá - Estado
Amazônia brasileira
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::PROTOZOOLOGIA DE PARASITOS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Ciências Biológicas
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (Doutorado) - PPGBAIP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_IdentificacaoMolecularEspecies.pdf3,49 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons