Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4772
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 12-Sep-2004
Authors: COSTA, Marcos Rogério Menezes da
First Advisor: VALLINOTO, Antonio Carlos Rosário
Title: Estudo da susceptibilidade à infecção pelo HIV-1 e da progressão da AIDS em associação ao polimorfismo no gene Mbl (Lectina Ligadora de Manose)
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: COSTA, Marcos Rogério Menezes da. Estudo da susceptibilidade à infecção pelo HIV-1 e da progressão da AIDS em associação ao polimorfismo no gene Mbl (Lectina Ligadora de Manose). 2004. 92 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Centro de Ciências Biológicas, Belém, 2004. Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.
Resumo: As baixas concentrações séricas de Lecitina Ligante de Manose (MBL) estão associadas com a presença das variantes alélicas Mbl-*B, Mbl-*C e Mbl-*D, e resultam em um aumento na susceptibilidade a infecções recorrentes. No presente estudo foi investigada a associação entre o polimorfismo no gene Mbl e a susceptibilidade à infecção pelo HIV-1. Um fragmento de 349 pb do exon 1 do gene Mbl foi amplificado por PCR e, posteriormente, submetido à análise de restrição com as endonucleases BanI e MboII, para a identificação dos alelos. A avaliação de 145 pacientes soropositivos e de 99 controles mostrou a presença dos alelos Mbl-*A, Mbl-*B e Mbl-*D, cujas freqüências foram de 69%, 22% e 9% no grupo de pacientes e de 70,2%, 13,6% e 16,2% entre os controles. A análise das freqüências genotípicas mostrou uma maior prevalência dos genótipos com a variante alélica Mbl-*B entre os pacientes soropositivos quando comparadas à do grupo controle. Ademais, o genótipo B/B foi seis vezes mais freqüente no grupo de pacientes infectados (χ2=4,042; p=0,044). A média da carga viral plasmática foi menor nos pacientes HIV-1 soropositivos, portadores do alelo Mbl-*A, quando comparado aos pacientes soropositivos apresentando a variante alélica Mbl-*B (5.821 cópias/mL x 52.253 cópias/mL; p= 0,05). Ademais os pacientes portadores do alelo Mbl-*A apresentaram uma significativa redução da viremia plasmática (p<0,001), o que não foi observado para os portadores da variante Mbl-*B (p=0,999). Esses resultados sugerem a importância do polimorfismo no gene Mbl na evolução clínica do paciente infectado pelo HIV-1 e que a identificação do perfil genético do gene Mbl, em portadores da infecção pelo HIV-1, pode ser importante na avaliação da evolução e do prognóstico da doença.
Abstract: The low serum concentration of Mannose-Binding Lectin (MBL) is associated to the presence of variant alleles Mbl-*B, Mbl-*C and Mbl-*D, and it results in an increased susceptibility to recurrent infections. The present study investigated the association between the Mbl gene polymorphism and the susceptibility to HIV-1 infection. A fragment of 349 bp from the exon 1 of the Mbl gene was amplified by PCR and then submitted to RFLP analysis using the endonucleases BanI and MboII, aiming the identification of the variant alleles. The study of 145 seropositive patients and 99 healthy controls showed the presence of alleles Mbl-*A, Mbl-*B and Mbl-*D, with frequencies of 69%, 22% and 9% among patients and 70.2%, 13.6% and 16.2% among healthy controls, respectively. The analysis of the genotype frequencies showed a high prevalence of the genotypes carriers of variant Mbl-*B among patients seropositive as compared to the healthy controls. Furthermore, the genotype B/B was six times more frequent among patients than the observed to the healthy controls (χ2=4.042; p=0.044). The mean viral load was lower in HIV-1 seropositive patient carrying the Mbl-*A allele than those carrying the variant Mbl-*B allele (5,821 copies/mL vs. 52,253 copies/mL; p= 0.05). Furthermore, patients carrying the allele Mbl-*A showed a significant reduction of the viral load (p<0.001), that was not observed among those carrying the variant Mbl-*B (p=0.999). The results suggest the importance of the Mbl gene polymorphism on the clinical evolution of the patients infected by HIV-1 and that the identification of the Mbl genetic profile, among HIV-1 infected patients, may be an important tool to monitor the evolution and the prognosis of diseases.
Keywords: HIV-1
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Lectinas de ligação a manose
Polimorfismo genético
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::GENETICA HUMANA E MEDICA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::VIROLOGIA
CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::GENETICA::GENETICA MOLECULAR E DE MICROORGANISMOS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários
Appears in Collections:Dissertações em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (Mestrado) - PPGBAIP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EstudoSusceptibilidadeInfeccao.pdf928,79 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons