Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4782
Tipo: Dissertação
Data do documento: 3-Ago-2007
Autor(es): SOUSA, Ronaldo Lopes de
Primeiro(a) Orientador(a): MACHADO, Luiz Fernando Almeida
Título: Soroprevalência e caracterização molecular do Vírus da imunodeficiência humana (HIV) e do Vírus linfotrópico de células T humanas (HTLV) em mulheres profissionais do sexo do Estado do Pará, Brasil
Citar como: SOUSA, Ronaldo Lopes de. Soroprevalência e caracterização molecular do Vírus da imunodeficiência humana (HIV) e do Vírus linfotrópico de células T humanas (HTLV) em mulheres profissionais do sexo do Estado do Pará, Brasil. 2007. 150 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Centro de Ciências Biológicas, Belém, 2007. Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.
Resumo: As mulheres profissionais do sexo (MPS) constituem uma população vulnerável à aquisição de doenças sexualmente transmissíveis (DST) em virtude do tipo de atividade que desempenham. O presente trabalho teve como objetivo descrever a soroprevalência da infecção e a caracterização molecular do HIV e do HTLV de MPS do Estado do Pará, Brasil. Coletou-se amostra de sangue de 339 MPS, sendo 105 provenientes da cidade de Barcarena, 31 da cidade de Augusto Correa, 98 da cidade de Bragança e 105 da cidade de Belém, no período de abril de 2005 a agosto de 2006. Todas as amostras de plasma foram testadas para a presença de anticorpos anti-HTLV-1/2 e anti-HIV-1/2, por meio do uso de um ensaio imunoenzimático. As amostras reativas para o HTLV foram submetidas à confirmação por métodos moleculares, enquanto que as reativas para o HIV foram confirmadas por imunofluorescência indireta. A prevalência do HIV-1 e do HTLV-1 na população estudada foi de 2,3% e 1,76%, respectivamente. A amplificação do gene pro do HIV-1 revelou os subtipos B e F, enquanto que as amostras de HTLV foram classificadas como HTLV-1 do subtipo Cosmopolita do subgrupo Transcontinental. Houve uma associação significativa da infecção pelo HIV-1 com a faixa etária, com o número de parceiros por semana e com o uso inconstante de preservativos. Entretanto, a infecção pelo HTLV-1 só mostrou associação significativa em relação ao uso inconstante de preservativo. A relação sexual foi a mais provável via de aquisição da infecção pelos dois agentes virais, uma vez que o relato de uso de drogas endovenosas foi raro. Sendo assim, as MPS necessitam de maior atenção dos órgãos públicos de saúde quanto à prevenção e monitoramento de agentes transmissíveis por via sexual, uma vez que estas podem ser importantes na aquisição e disseminação destes agentes.
Abstract: The Women’s Professional of the Sex (WPS) constitute a vulnerable population to the acquisition of sexually transmissible illnesses (STI) in virtue of the type of activity that they play. The present work had as objective to describe the serumprevalency of the infection and the molecular characterization of the HIV and the HTLV of WPS of the State of Pará, Brazil. Blood sample’s of 339 WPS were collected, being 105 proceeding from the city of Barcarena, 31 of the city of Augusto Correa, 98 of the city of Bragança and 105 of the city of Belém, in the period of April of 2005 the August of 2006. All the plasma samples had been tested for the presence of antibodies anti-HTLV-1/2 and anti-HIV-1/2, by means of the use of a immune enzimatic assay. The prevalence of the HIV-1 and the HTLV-1 in the studied population was of 2,36% and 1,77%, respectively. The amplification of the gene pro of the HIV-1 disclosed subtypes B and F, whereas the samples of HTLV, had been classified as HTLV-1 of the Cosmopolita subtype of the Transcontinental sub-group. It had a significant association of the infection for the HIV-1 with the age band, the number of partners per week and with the capricious use of condoms. However, the infection for the HTLV-1 alone showed significant association in relation to the capricious use of condom. The sexual relation was the most likely way of acquisition of the infection for the two viral agents, considering that the report of use of injective drugs was rare. Being thus, the WPS need bigger attention of the public agencies of health, specially in relation to the prevention and monitoring of transmissible agents by sexual pathways, as these can be important in the acquisition and dissemination of these agents.
Palavras-chave: Doenças sexualmente transmissíveis
HIV-1
Soroprevalência
Mulher profissional do sexo
Vírus linfotrópico de células T humanas tipo 1
Vírus 2 linfotrópico T humano
Biogeografia
Augusto Corrêa - PA
Barcarena - PA
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::VIROLOGIA
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Ciências Biológicas
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
Aparece nas coleções:Dissertações em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (Mestrado) - PPGBAIP/ICB

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_SoroprevalenciaCaracterizacaoMolecular.pdf3,55 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons