Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4783
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 31-Mar-2009
Authors: ARAÚJO, Mauro Sérgio Moura de
First Advisor: VALLINOTO, Antonio Carlos Rosário
Title: Investigação do polimorfismo do exon - 1 do gene MBL (Mannose-Binding Lectin) em pacientes portadores de tuberculose
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: ARAÚJO, Mauro Sérgio Moura de. Investigação do polimorfismo do exon - 1 do gene MBL (Mannose-Binding Lectin) em pacientes portadores de tuberculose. 2009. 72 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.
Resumo: A lectina ligante de manose (MBL) é uma proteína considerada de fase aguda com importante papel na primeira linha de defesa do sistema imune inato, cujos níveis séricos são determinados geneticamente. A MBL ativa a via da lectina do complemento, além de mediar a opsonização e fagocitose de microrganismos. Vários estudos associam os níveis séricos de MBL à suscetibilidade ou resistência a agentes infecciosos entre eles o Mycobacterium tuberculosis, agente causador da tuberculose humana. Neste estudo, com o objetivo de avaliar a ocorrência de uma possível associação entre os polimorfismos e a tuberculose, avaliamos as freqüências das mutações no éxon 1 do gene MBL em um grupo de 167 pacientes com tuberculose, subdivididos em 3 grupos: pacientes com tuberculose pulmonar, pacientes com tuberculose extrapulmonar, pacientes com tuberculose multirresistente a drogas, e grupo controle com 159 profissionais da saúde, negativos para tuberculose. A identificação dos alelos MBL *A, *B, *C e *D foi realizada por meio da reação em cadeia da polimerase, utilizando seqüências de iniciadores específicos e posterior digestão enzimática. As análises das freqüências alélicas e genotípicas do éxon 1 não mostraram qualquer diferença significativa entre pacientes com tuberculose e grupo controle (p>0,05). Não foram observadas associações significativas entre os grupos de tuberculose pulmonar, extrapulmonar e tuberculose multirresistente a drogas, quando relacionados entre si e ao grupo controle. Os dados obtidos em nosso estudo não demonstraram evidencias de qualquer influência das variações do éxon 1 do gene MBL na tuberculose ativa, sugerindo que os polimorfismos nessa região do gene não tem nenhuma influencia na susceptibilidade à tuberculose.
Abstract: Mannose-binding lectin (MBL) is considered an acute phase protein with important role in the first line of defense of the innate immune system, whose serum levels are genetically determined. The MBL activates the lectin pathway of complement, and mediate the phagocytosis of microorganisms and opsonization. Several studies have associated serum levels of MBL to susceptibility or resistance to infectious agents including the Mycobacterium tuberculosis, causative agent of human tuberculosis. Aiming to evaluate the occurrence of a possible association between MBL gene polymorphisms and tuberculosis, it was evaluated the frequencies of mutations in exon 1 of MBL gene in a group of 167 TB patients, divided into 3 groups: patients with pulmonary tuberculosis, with extrapulmonary tuberculosis, patients with multiresistant tuberculosis to drugs and the control group with 159 health professionals. The identification of alleles MBL*A, *B, *C and *D was performed by polymerase chain reaction, using specific sequences of primers and subsequent enzymatic digestion. The analysis of allelic and genotypic frequencies of exon 1 did not show any significant difference between patients with tuberculosis and control group (p> 0.05). There were no significant associations between groups of pulmonary tuberculosis, extrapulmonary tuberculosis and multidrug drug among themselves and when connected to the control group. Data from our study showed no evidence of any influence of variations in the exon 1 of MBL gene in active tuberculosis, suggesting that the gene polymorphism has no influence on susceptibility to tuberculosis.
Keywords: Doenças transmissíveis
Lectinas de ligação a manose
HIV (Vírus)
Síndrome de Imunodeficiência Adquirida
Tuberculose
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::IMUNOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários
Appears in Collections:Dissertações em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (Mestrado) - PPGBAIP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_InvestigacaoPolimorfismoExon.pdf603,73 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons