Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4791
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 1-Mar-2011
Authors: LIMA, Julianne Silva de
First Advisor: DOMINGUES, Sheyla Farhayldes Souza
First Co-Advisor: MIRANDA, Moysés dos Santos
Title: Ativação partenogenética de oócitos maturados in vitro de Cebus apella
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: LIMA, Julianne Silva de. Ativação partenogenética de oócitos maturados in vitro de Cebus apella. 2011. 67 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Ciências Agrárias e Desenvolvimento Rural, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal.
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a maturação oocitária in vitro (MIV) na espécie C. apella, relacionando com a expansão das células do cumulus e promovendo a produção in vitro de embriões (PIVE), por meio da ativação partenogenética e fecundação in vitro (FIV). Os oócitos puncionados dos folículos antrais medindo 2-9 mm de diâmetro foram classificados em desnudos (OD), com poucas células do cumulus (PCC) e complexo cumulus-oophorus intacto (CCO intacto). A expansão das células do cumulus foi analisada nos tempos de 0, 36 e 40 h de MIV e classificada em cinco categorias de expansão. A competência meiótica nos oócitos foi verificada pela extrusão do 1º corpúsculo polar (CP) após 40 h de MIV. Os oócitos foram divididos em 3 grupos para PIVE: grupo controle (FIV), ativação partenogenética utilizando 5 μM de ionomicina em associação com 2 mM de 6-DMAP ou em associação com 50 μM de roscovitina. Para a FIV, os espermatozóides obtidos do coágulo seminal, foram diluídos em água de coco em pó (ACP-118®) e submetidos ao resfriamento para serem levados posteriormente ao cultivo in vitro com os oócitos. O aumento no tempo da MIV e a presença de várias células do cumulus associadas aos oócitos proporcionaram maior expansão das células do cumulus, pois somente os CCO intactos alcançaram a expansão total em 40 h de MIV (p < 0,005). A presença das células do cumulus nos oócitos (PCC e CCO intactos) maturados in vitro por 40 h promoveu a competência meiótica (metáfase II) significamente mais elevada que os OD (p < 0,005). Após 6 h de resfriamento em ACP-118® e separação pelo método do swin-up, os espermatozóides utilizados na FIV possuíam 80% de motilidade e vigor 4. O tratamento com ionomicina/roscovitina promoveu a extrusão do 2º CP e formação pronuclear e com ionomicina/6-DMAP formou pronúcleos, sem extrusão do 2º CP. O protocolo utilizando a ionomicina/6-DMAP e da FIV originou as primeiras divisões embrionárias, observada pela taxa de clivagem. Os resultados encontrados sugerem que em C. apella a presença e a expansão total das células do cumulus estão relacionadas com a competência oocitária. A utilização dos oócitos maturados in vitro e dos espermatozóides diluídos e resfriados em ACP-118® promoveu a PIVE por diferentes métodos nesta espécie.
Abstract: The objective of this study was to evaluate in vitro maturation (IVM) of oocytes in C. apella, reporting with cumulus expansion and promoting in vitro embryo development, by means of the parthenogenetic activation and in vitro fertilization (IVF). Oocytes were recovered by antral follicles aspiration measuring 2-9 mm of diameter and had been classified in denuded oocyte (DO), poor cumulus cells (PCC) and intact cumulus-oophorus complex (intact COC). At the 0, 36 and 40 h of IVM culture, the degree of cumulus expansion was assessed and classified into five categories. Development competence oocytes were verified which includes abstriction of the first polar body after 40 h IVM. Oocytes were divided in three groups: control group (IVF); parthenogenetic activation using 5 μM of ionomycin in association with 2 mM of 6-DMAP; or with 50 μM of roscovitine. Seminal coagulum was liquefied in coconut water solution (ACP-118®) and submitted to the cooling to be taken later IVF culture. The increase in the time of the IVM and the presence of some cumulus cells associates with oocytes had provided greater cumulus expansion, therefore the intact CCO had only reached the total expansion in 40 h after IVM (p < 0.005). The presence of the cumulus cells in the in vitro matured oocytes (intact COC and PCC) for 40 h promoted meiotic competence more than DO (p < 0.005). After 6 h of cooling in ACP-118® and separation for SWIN-UP method, the spermatozoa used in the IVF obtained 80% motility and vigor 4. Exposure of oocytes to ionomycin/roscovitine induced the resumption of meiosis with extruded the second polar body and formed pronuclei. In contrast, oocytes activated with ionomycin/6-DMAP induced pronuclear formation without extrude a second polar body. IVF and ionomycin/6-DMAP treatments produced embryos that reached the cleavage stage. Our results suggest that the presence and the full cumulus expansion are correlate with the acquisition of meiotic and development competence in C. apella. Oocytes matured in vitro and the spermatozoa diluted and cooled in ACP-118® produced embryos in this specie.
Keywords: Primata
Macaco-prego
Cebus apella
Técnicas de maturação in vitro de oócitos
Ativação partenogenética
Fertilização in vitro
Expansão das células do cumulus
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA::REPRODUCAO ANIMAL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
Universidade Federal Rural da Amazônia
Institution Acronym: UFPA
EMBRAPA
UFRA
Department: Campus Universitário de Castanhal
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal
Appears in Collections:Dissertações em Ciência Animal (Mestrado) - PPGCAN/Castanhal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AtivacaoPartenogeneticaOocitos.pdf682,72 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons

Admin Tools