Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4830
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2009
Authors: SOUSA, Eliane Brabo de
COSTA, Vanessa Bandeira da
PEREIRA, Luci Cajueiro Carneiro
COSTA, Rauquírio André Albuquerque Marinho da
Title: Variação temporal do fitoplâncton e dos parâmetros hidrológicos da zona de arrebentação da Ilha Canela (Bragança, Pará, Brasil)
Other Titles: Phytoplankton dynamics and hydrological temporal variation in the surf zone of Canela Island (Bragança, Pará state, Brazil)
Citation: SOUSA, Eliane Brabo de et al. Variação temporal do fitoplâncton e dos parâmetros hidrológicos da zona de arrebentação da Ilha Canela (Bragança, Pará, Brasil). Acta Botanica Brasilica, São Paulo, v. 23, n. 4, p. 1084-1095, dez. 2009. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/abb/v23n4/v23n4a18.pdf>. Acesso em: <http://dx.doi.org/10.1590/S0102-33062009000400018>.
Resumo: As variações sazonal e nictemeral do fitoplâncton e dos parâmetros hidrológicos foram estudadas em uma estação fixa (00º46'37.2"S-046º43'24.5"W) localizada na Ilha Canela (Bragança-Pará) em setembro e dezembro de 2004 e março e junho de 2005. Amostras subsuperficiais de água foram coletadas para os estudos qualitativos, quantitativos e para a determinação das concentrações de clorofila a. Simultaneamente, foram medidos os parâmetros físico-químicos da água: salinidade, temperatura, pH, oxigênio dissolvido e percentual de saturação. Foram identificados 64 táxons entre Cyanophyta (um táxon), Bacillariophyta (54 táxons) e Dinophyta (nove táxons). A concentração de clorofila a variou de 4,67 mg m-3 (período seco) a 5,44 mg m-3 (período chuvoso) e acompanhou a densidade fitoplanctônica, que foi mais elevada durante o período chuvoso (média=1.870 x 103 cél L-1). Os fitoflagelados dominaram quantitativamente o fitoplâncton local, seguidos pelas diatomáceas. Dimeregramma minor e Skeletonema sp. constituíram espécies muito freqüentes e muito abundantes. A ressuspensão de sedimentos provocadas pelos intensos ventos e a arrebentação das ondas favoreceram a dominância de D. minor durante o período seco. No período chuvoso, a elevada pluviometria, os moderados ventos, bem como a influência das águas estuarinas do Taperaçu e Caeté, propiciaram a redução da salinidade e o desenvolvimento de outras espécies fitoplanctônicas.
Abstract: Seasonal and nyctemeral variations of the phytoplankton and hydrological parameters were studied at a fixed station (00º46'37.2"S-046º43'24.5"W) situated in Canela Island (Bragança-Pará) in September and December, 2004 and in March and June, 2005. Subsurface water samples were taken for qualitative and quantitative phytoplankton studies and to determine chlorophyll a concentrations. Simultaneously physical and chemical parameters were measured: salinity, temperature, pH, dissolved oxygen and percent of oxygen saturation. A total of 64 taxa belonging to Cyanophyta (one taxon), Bacillariophyta (54 taxa) and Dinophyta (nine taxa) were identified. Chlorophyll a concentrations ranged from 4.67 mg m-3 (dry season), to 5.44 mg m-3 (rainy season) and follow phytoplankton densities, which were higher during the rainy period (mean values of 1,870 x 103 cell L-1). Phytoflagellates quantitatively dominated the local phytoplanktonic community followed by diatoms. Dimeregramma minor and Skeletonema sp. were abundant and very frequent species over the studied period. Resuspension processes originated by the strong winds and waves in the surf zone favored the dominance of D. minor during the dry period. In the rainy period, high rainfall, moderate winds as well as the influence of estuarine waters from Taperaçu and Caeté propitiated the decrease of salinity and the development of other phytoplankton species.
Keywords: Plâncton
Fitoplâncton
Biomassa
Densidade
Litoral
Ilha de Canela - PA
Bragança - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
ISSN: 0102-3306
Appears in Collections:Artigos Científicos - FBIO/IECOS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_VariacaoTemporalFitoplancton.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons