Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4841
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 28-May-2004
Authors: DAHAN, Elias David
First Advisor: SANTOS, Sidney Emanuel Batista dos
Title: Verificação da associação da variabilidade genética da Alfa-1-antitripsina e do fator de necrose tumoral com a asma brônquica
Citation: DAHAN, Elias David. Verificação da associação da variabilidade genética da Alfa-1-antitripsina e do fator de necrose tumoral com a asma brônquica. 2004. 76 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Centro de Ciências Biológicas, Belém, 2004. Curso de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.
Resumo: A asma brônquica é uma desordem inflamatória crônica, complexa, na qual estão envolvidos fatores genéticos e ambientais. A inflamação das vias aéreas na asma é regulada, predominantemente, por células do sistema imunológico e por uma vasta rede de citocinas que interagem mutuamente e com as vias aéreas. O exato desempenho funcional de cada citocina na fisiopatologia da asma ainda necessita ser completamente estabelecido. A presente investigação teve como objetivo comparar a distribuição dos alelos S e Z do gene da A1AT e do polimorfismo do gene do TNF-α (-308 G/A) em uma população de 110 asmáticos, divididos em dois níveis de severidade da asma (com 54 pacientes no nível da doença moderada persistente e 56 pacientes no nível da doença severa persistente). Os genótipos da A1AT e do TNF-α (-308 G/A) foram determinados pela técnica de digestão enzimática (polimorfismo no comprimento dos fragmentos de restrição). O polimorfismo no promotor do gene do fator de necrose tumoral TNF-α (-308G/A), citocina pro-inflamatória que participa da reação inflamatória em pacientes com asma, contribuindo para a hiperreatividade brônquica, não foi na presente investigação, associado com a doença ou com o aumento da hiperreatividade brônquica, nos níveis de severidade sintomática mais graves da doença.
Abstract: Asthma is a complex chronic inflammatory disorder in which genetic and environmental factors are involved with the remodeling extracelullar matrix. The present study had aim to describe, through genetic methods, the prevalence of both S and Z alpha 1-antitrypsin alleles and the TNF-α (-308) genetic polymorphism, associated with the spectrum of asthma severity levels. A total of 110 asthmatics recruited random sample fora physical examination, determination of cutaneous sensibility with prick test, determination of respiratory parameters (forced expiratory volume in the first second and vital capacity) and DNA analysis by polymerase chain reaction and RFLP, completed this study. The patients was divided in two groups, 54 with moderated asthma and 56 with severe asthma. The genotype distribution of the deleterious variants of alpha 1 - antitrypsin may contribute to the severe persistent level of asthma. The TNF-α (-308 G/A) heterozygotes is not significantly associated with asthma.
Keywords: Doenças transmissíveis
Asma
Alfa-1-antitripsina
Alelos
Citocinas
Genótipo
Fenótipo
Polimorfismo genético
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::VIROLOGIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários
Appears in Collections:Dissertações em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (Mestrado) - PPGBAIP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_VerificacaoAssociacaoVariabilidade.pdf1,59 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons