Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/4885
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorFERNANDES, Luciana Mendes-
dc.date.accessioned2014-04-14T16:41:13Z-
dc.date.available2014-04-14T16:41:13Z-
dc.date.issued2006-09-29-
dc.identifier.citationFERNANDES, Luciana Mendes.O perfil epidemiológico (demográfico e laboratorial) da infecção pelo Vírus da imunodeficiência humana na cidade de Belém, Pará, Brasil. 2006. 120 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Centro de Ciências Biológicas, Belém, 2006. Programa de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4885-
dc.description.abstractThe Virus of human imunodeficiency 1 (HIV-1), responsible etiological agent for the pandemic of Sida/Aids, presents wide geographical distribution. In Brazil, according to country in number of notifications in America, the number of individuals registered with the disease reached 371.827 cases since the beginning of the epidemic up to 2005. The present work had as main objective to accomplish the epidemic characterization - demographic (sex and age group), clinic (clinical apprenticeship, treatment and used drugs) and laboratorial (countings of linphocytes T CD4+/CD8+ and load plasmatic viral in the first service) - of carriers of the HIV-1 and/or patients with Sida/Aids in the population of Belem of Para. 1.266 patients were selected coming of the Unit of Reference Specialized in Infectious and Parasitic Diseases Special (URE-DIPE), whose samples had been directed to the Laboratory of Virology of the Federal University of Para for accomplishment of the related laboratorial tests above. The main results revealed a prevalence of infection for the HIV-1 in the age group more youth of the population (13-30 years and 30-49 years), the preferential use of triploterapia (three combined drugs) and duploterapy (two combined drugs) for the treatment, as well as the immunological reply of the individuals bearers of the HIV-1 and/or with Sida/Aids of the population of Belem among the years of 1998 and 2002.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectDoenças transmissíveispt_BR
dc.subjectHIV-1pt_BR
dc.subjectSíndrome de Imunodeficiência Adquiridapt_BR
dc.subjectPerfil de saúdept_BR
dc.subjectTerapiapt_BR
dc.subjectBelém - PApt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleO perfil epidemiológico (demográfico e laboratorial) da infecção pelo Vírus da imunodeficiência humana na cidade de Belém, Pará, Brasilpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentInstituto de Ciências Biológicas-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::MICROBIOLOGIA APLICADA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::MICROBIOLOGIA::BIOLOGIA E FISIOLOGIA DOS MICROORGANISMOS::VIROLOGIA-
dc.contributor.advisor1ISHAK, Ricardo-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5621101706909450-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7032565459061500-
dc.description.resumoO Vírus da imunodeficiência humana 1 (HIV-1), agente etiológico responsável pela pandemia de Sida/Aids, apresenta ampla distribuição geográfica. No Brasil, segundo país em número de notificações nas Américas, o número de indivíduos registrados com a doença alcançou 371.827 casos desde o início da epidemia até 2005. O presente trabalho teve como objetivo principal realizar a caracterização epidemiológica – demográfica (sexo e faixa etária), clínica (estágio clínico, tratamento e rogas utilizadas) e laboratorial (contagens de linfócitos T CD4+/CD8+ e carga viral plasmática no primeiro atendimento) – de portadores do HIV-1 e/ou pacientes com Sida/Aids na população de Belém do Pará. Foram selecionados 1.266 pacientes provenientes da Unidade de Referência Especializada em Doenças Infecciosas e Parasitárias Especiais (URE-DIPE), cujas amostras foram encaminhadas ao Laboratório de Virologia da Universidade Federal do Pará para realização dos testes laboratoriais referidos acima. Os principais resultados revelaram uma prevalência de infecção pelo HIV-1 na faixa etária mais jovem da população (13-30 anos e 30-49 anos), o uso preferencial de triploterapia (três drogas combinadas) e duploterapia (duas drogas combinadas) para o tratamento, bem como a resposta imunológica dos indivíduos portadores do HIV-1 e/ou com Sida/Aids da população de Belém entre os anos de 1998 e 2002.-
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários-
Appears in Collections:Dissertações em Biologia de Agentes Infecciosos e Parasitários (Mestrado) - PPGBAIP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_PerfilEpidemiologicoDemografico.pdf778,4 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons