Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4927
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 2013
metadata.dc.creator: SOUZA, Ana Carolina Contente Braga de
metadata.dc.contributor.advisor1: FELÍCIO, João Soares
YAMADA, Elizabeth Sumi
Title: Avaliação da qualidade de vida de pacientes com Diabetes Mellitus tipo 1: dados do primeiro estudo multicêntrico no Brasil
Citation: SOUZA, Ana Carolina Contente Braga de. Avaliação da qualidade de vida de pacientes com Diabetes Mellitus tipo 1: dados do primeiro estudo multicêntrico no Brasil. 2013. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Pesquisas em Oncologia, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Oncologia e Ciências Médicas.
metadata.dc.description.resumo: O Diabetes Mellitus tipo 1 (DM1) é a endocrinopatia mais comum da infância e adolescência e impacta negativamente na qualidade de vida (QV). O EuroQol é um instrumento que afere o estado de saúde e vem sendo utilizado na grande maioria dos estudos multicêntricos mundiais em diabetes e tem se mostrado uma ferramenta extremamente útil e confiável. O objetivo desse estudo é avaliar a QV de pacientes com DM1 do Brasil, país de proporções continentais, por meio da análise do EuroQol. Para isso, realizou-se estudo retrospectivo e transversal, no qual foram analisados questionários de pacientes com DM1, respondidos no período de dezembro de 2008 a dezembro de 2010, em 28 centros de pesquisa de 20 cidades das quatro regiões do país (sudeste, norte/nordeste, sul e centro-oeste). Foram também coletados dados sobre complicações crônicas micro e macrovasculares e perfil lipídico. A avaliação da qualidade de vida pelo EuroQol mostra que a nota média atribuída ao estado geral de saúde é nitidamente menor que a encontrada em dois outros estudos populacionais com DM1 realizados na Europa (EQ-VAS da Alemanha, Holanda e Brasil foram de 82,1 ± 14; 81 ± 15 e 72 ± 22, respectivamente). O EuroQol demonstra que a região Norte-Nordeste apresenta melhor índice na avaliação do estado geral de saúde quando comparada a região Sudeste e menor frequência de ansiedade-depressão autorreferidas, quando comparada às demais regiões do país (Norte-Nordeste = 1,53 ± 0,6, Sudeste = 1,65 ± 0,7, Sul = 1,72 ± 0,7 e Centro-Oeste = 1,67 ± 0,7; p <0,05). Adicionalmente, diversas variáveis conhecidas (idade, duração do DM, prática de atividade física, HbA1c, glicemia de jejum e presença de complicações crônicas se correlacionaram com a QV (r = -0,1, p <0,05; r = -0,1, p <0,05; r = -0,1, p <0,05; r = -0,2, p <0,05; r = -0,1, p <0,05 e r= -0,1, p <0,05, respectivamente). Esse é o primeiro estudo a avaliar a qualidade de vida de pacientes com DM1 a nível populacional no hemisfério sul. Nossos dados indicam uma pior qualidade de vida dos pacientes com DM 1 no Brasil quando comparado a dados de países europeus. Apesar de ter sido encontrado uma inferior duração do DM e menor presença de complicações microvasculares na região Norte/ Nordeste, quando comparada à outras regiões, nossos dados sugerem a existência de elementos adicionais responsáveis pela melhor QV e menor presença de ansiedade/depressão encontradas nesta região. Novos estudos são necessários para identificar esses possíveis fatores.
Abstract: The type 1 diabetes mellitus type 1 (T1DM) is the most common endocrine disease of childhood and adolescence and it negatively impacts the quality of life (QOL). The EuroQol is an instrument that assess the health state. It has been used in most global multicenter studies in diabetes and it has been shown to be an extremely useful and reliable tool. The aim of this study is to evaluate the QOL of patients with T1DM in Brazil, a country of continental proportions, by analyzing the EuroQol. For this purpose, we performed a retrospective and cross-sectional study, which analyzed questionnaires from patients with T1DM, answered in the period of December 2008 to December 2010 in 28 research centers in 20 cities of the four regions (Southeast, North-Northeast, South and Midwest). We also collected data about chronic micro and macrovascular complications and lipid profile. The assessment of quality of life by EuroQol shows that the average score assigned to general health is markedly lower than those found in two other T1DM population studies conducted in Europe (EQ – VAS from Germany, Netherlands and Brazil were 82.1 ± 14, 81 ± 15 and 72 ± 22, respectively). The EuroQol shows that the North-Northeast region has the best index in the assessment of the overall health status compared to the Southeast and lower frequency of self-reported anxiety -depression, compared to other regions of the country (North-Northeast = 1.53 ± 0.6, Southeast = 1.65 ± 0.7, South = 1.72 ± 0.7 and Midwest = 1.67 ± 0.7, p <0.05). Additionally, several known variables (age, duration of diabetes, physical activity, HbA1c, fasting glucose, and presence of chronic complications correlated with QOL (r = -0.1, p <0.05, r = -0.1, p <0.05, r = -0.1, p <0.05, r = -0.2, p <0.05, r = -0.1, p <0.05 and r = -0.1, p <0.05, respectively). This is the first population study to evaluate the quality of life of patients with type 1 diabetes in the south hemisphere. Our data indicates poorer quality of life of patients with T1DM in Brazil when compared to data from European countries. Although we found an inferior diabetes duration and lower presence of microvascular complications in the North -Northeast region compared to other regions, our data suggests the existence of additional factors responsible for better QOL and lower presence of anxiety-depression found in this region. More studies are necessary to identify these possible factors.
Keywords: Diabetes Mellitus Tipo 1
Qualidade de vida
EuroQol
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOQUIMICA::METABOLISMO E BIOENERGETICA
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Pesquisas em Oncologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Oncologia e Ciências Médicas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Oncologia e Ciências Médicas (Mestrado) - PPGOCM/NPO

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoQualidadeVida.pdf925,15 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons