Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/4960
metadata.dc.type: Tese
Issue Date: 2008
metadata.dc.creator: COSTA, Thiago Dias
metadata.dc.contributor.advisor1: BARROS, Romariz da Silva
Title: Reversões repetidas de discriminações simples e formação de classes funcionais em animais
Other Titles: Simple discrimination reversals and functional classes formation in animals
metadata.dc.description.sponsorship: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: COSTA, Thiago Dias. Reversões repetidas de discriminações simples e formação de classes funcionais em animais. 2008. 81 f. Tese (Doutorado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2008. Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento.
metadata.dc.description.resumo: Aspectos metodológicos podem ser direta ou indiretamente responsáveis pela diferença entre dados obtidos com sujeitos não-humanos e participantes humanos quando submetidos a estudos sobre a formação de classes. O presente trabalho investigou o efeito do uso de reversões repetidas de discriminações simples na aquisição de comportamentos condizentes com a formação de classes funcionais de estímulos com Cebus apella em cativeiro. No Experimento I, dois macacos-prego foram submetidos a treino de repetidas reversões de discriminações simples simultâneas com seis pares de estímulos visuais em um contexto de forrageamento. Respostas nos estímulos (caixas de madeira de cores diferentes) designados como S+ eram consequenciadas por achar comida em seu interior. Um tipo diferente de comida para cada uma das duas classes potenciais de estímulos foi usado como reforço. Testes de formação de classes funcionais foram efetuados ao fim de repetidas reversões: Os testes consistiram na reversão de contingência para quatro (dois de cada classe potencial) dos seis estímulos (com os dois estímulos remanescentes ausentes) e reinserção dos estímulos ausentes após precisão de desempenho na reversão. A primeira escolha dos sujeitos frente ao par de estímulos reintroduzido era analisada: se a resposta fosse condizente com as contingências revertidas, então era considerada uma evidência de formação de classes. Múltiplos testes foram efetuados, cada vez com um par diferente de estímulos sendo removido. Em todos os testes o desempenho foi o previsto pela formação de classes de estímulos. No Experimento II, um dos sujeitos foi submetido a um treino onde a posição dos estímulos era alterada diariamente e os reforços específicos foram suspensos: um terceiro reforçador foi utilizado como conseqüência para ambos os grupos de estímulos. Depois de mudanças sucessivas nas contingências entre os dois grupos de estímulos, os mesmos testes descritos no Experimento I foram realizados. Nestes testes, entretanto, a posição das caixas também era alterada diariamente. O desempenho do sujeito nos testes também indica formação de classes.
Abstract: Methodological aspects may be direct or indirectly responsible for the difference between data obtained with non-human subjects and human participants when submitted to studies on class formation. The present study investigated the effect of the use of repeated reversals of simple discriminations on the acquisition of behavior compatible with functional class formation with captive Cebus apella. In Experiment I, two capuchin monkeys (Cebus apella) were given simultaneous simple discrimination training and reversals with six pairs of visual stimuli in the context of foraging. Responses to the stimuli (differently colored wooden boxes) assigned as S+ were reinforced with food available in the boxes. One different kind of food for each potential stimulus class was used as reinforcer. After repeated reversals in the contingencies between the two stimulus groups, tests for functional class formation were carried out. Each test consisted of a contingency reversal with four (two of each potential class) out of the six stimuli (with the remaining two stimuli kept absent) and later reinsertion of the absent stimuli, after highly accurate performance on the reversed discriminations. The first choice response to the reintroduced pair of stimuli was analyzed: if this response was consistent with the reversed contingencies, this was considered as an evidence of class formation. Multiple tests were carried out, each time with one different stimulus pair being removed. Evidence of class formation was found in all tests. In Experiment II, one of the subjects was given simultaneous simple discrimination training with shifts of the stimulus positions between sessions and class-specific reinforcer was removed: a third reinforcer was employed in both classes. The same tests described in Experiment I were conducted but with shifts of stimulus positions between sessions and no class-specific reinforcer. Evidence of class formation was found, again, in all tests.
Keywords: Psicologia experimental
Macaco-prego
Cebus apella
Discriminação (Psicologia)
Reversão de aprendizagem
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Doutorado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_ReversoesRepetidasDiscriminacoes.pdf556,77 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons