Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/5002
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorGUEDES, Eneias Barbosa-
dc.date.accessioned2014-06-02T17:27:23Z-
dc.date.available2014-06-02T17:27:23Z-
dc.date.issued2009-04-20-
dc.identifier.citationGUEDES, Eneias Barbosa. Território e territorialidade de pescadores nas localidades Céu e Cajuúna Soure-PA. 2009. 161 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Geografia.pt_BR
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5002-
dc.description.abstractThe study presents the discussion on the issue of fishing in areas of Céu and Cajuúna in the city of Soure. These areas are located in micro-region of the Ararí mesoregion of Marajó- Pará. The fishery is developed in the rural context of the Amazonian territorial scope. Fishing is the result of the interaction of components: Seasonality environmental, natural resources and fishing capacity of the region. It is worth highlighting the territorial dimension of fishing for fishermen to understand their concepts of territorys and territorialitys. The fishermen of the areas of Cajuúna and Céu have the centrality of their living space and reproduction in fishing activity, and the rural villages of fishermen are expressions of the power of local collectivities. In this work, is questioned how the Geographical Science understand the ownership, domain, and use of space by fishermen. For this, we tried to understand, through research, the actions of different social actors involved in the problems addressed. At this point, we tried to understand the meaning of the territoriality of local fishermen, their relationship with nature, and their work organization in order to obtain a better visibility of the territories of fishermen. These territories are defined and appropriated to the aquatic environment and its configuration is inaccurate. "Possession" of these territories is vast and very fluid, due to seasonal dynamic of water and fish. For fishermen, fishing is more than one activity, because it involves a complexity of relationships and phenomena, between man and nature, which has influence on the forms of social organizations of these groups. The techniques of production of the fishermen are part of their cultural complex of ownership and appropriation of nature. These techniques define elements of life in the processes of territorialization and construction of the identity of the fisherman.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.publisherUniversidade Federal do Pará-
dc.rightsAcesso Aberto-
dc.subjectTerritóriopt_BR
dc.subjectTerritorialidadept_BR
dc.subjectRecursos pesqueirospt_BR
dc.subjectPescapt_BR
dc.subjectVila Céu - PApt_BR
dc.subjectVila Cajuúna - PApt_BR
dc.subjectSoure - PApt_BR
dc.subjectIlha de Marajó - PApt_BR
dc.subjectPará - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleTerritório e territorialidade de pescadores nas localidades Céu e Cajuúna Soure-PApt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.publisher.countryBrasil-
dc.publisher.departmentInstituto de Filosofia e Ciências Humanas-
dc.publisher.initialsUFPA-
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::RECURSOS PESQUEIROS E ENGENHARIA DE PESCA-
dc.contributor.advisor1PALHETA, João Márcio-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5356047514671129-
dc.contributor.advisor-co1PIMENTEL, Márcia-
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3994635795557609-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2064084768001310-
dc.description.resumoO estudo apresenta o debate sobre a problemática da pesca nas localidades Céu e Cajuúna no município de Soure, na micro-região do Ararí na mesorregião do Marajó- Estado do Pará. A pesca é desenvolvida no contexto rural do âmbito territorial amazônico, sendo o resultado da interação dos componentes: Sazonalidades ambientais, recursos naturais e capacidade pesqueira da região. É pertinente salientar a dimensão territorial da pesca para entendimento dos territórios e territorialidades dos pescadores. Os pescadores das localidades Céu e Cajuúna têm na atividade pesqueira a centralidade da produção de seus espaços de vivência e reprodução, sendo as vilas rurais dos pescadores expressão do poder local daquelas coletividades. Questiona-se neste trabalho como é entendido, na ciência geográfica, a apropriação, o domínio e o uso do espaço pelos pescadores. Para tanto, buscou-se compreender, por meio de pesquisas, as ações dos diferentes atores sociais envolvidos na problemática abordada, entendendo o sentido da territorialidade dos pescadores locais, suas formas de relação com a natureza e de organização do trabalho para melhor visibilidade dos territórios dos pescadores. Esses territórios são definidos e apropriados no meio aquático, tendo sua configuração imprecisa e por ser vasta sua “posse” é muito fluida, devido a dinâmica sazonal da água e do pescado. Para os pescadores, a pesca é mais que uma atividade, visto que envolve uma complexidade de relações e fenômenos, entre homem e natureza, influenciando nas formas de organizações sociais desses grupos. As técnicas de produção dos pescadores fazem parte de seu complexo cultural de domínio e apropriação da natureza. Essas técnicas são os elementos definidores do gênero de vida nos processos de territorialização e construção da identidade do pescador.pt_BR
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Geografia-
Appears in Collections:Dissertações em Geografia (Mestrado) - PPGEO/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_TerritorioTerritorialidadePescadores.pdf5,66 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons