Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5089
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 27-Mar-2009
metadata.dc.creator: VENTURA, Odila da Silva Passos
metadata.dc.contributor.advisor1: QUARESMA, José Maria do Vale
Title: Avaliação das propriedades mecânicas e elétricas da liga 6201 não refinada, modificada com os teores de cobre (0,05 e 0,3)% para transporte de energia elétrica
Citation: VENTURA, Odila da Silva Passos. Avaliação das propriedades mecânicas e elétricas da liga 6201 não refinada, modificada com os teores de cobre (0,05 e 0,3)% para transporte de energia elétrica. 2009. 76 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Tecnologia, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica.
metadata.dc.description.resumo: No presente trabalho, foram feitos experimentos com a liga de Al – 0,6%Mg - 0,8%Si não refinada, com variações no teor de cobre (0,05% e 0,3%), que objetivaram avaliar dois aspectos do comportamento da liga. O primeiro aspecto diz respeito a afinidade entre esta e o molde, no qual busca se observar o efeito das variáveis térmicas de solidificação sobre a estrutura do fundido e sua correlação com propriedades mecânicas e elétricas, o segundo aspecto está relacionado com o comportamento intrínseco da variação da composição química quando submetida a baixas velocidades e taxas de resfriamento. Para a avaliação das variáveis térmicas de solidificação (velocidades das isotermas liquidus, taxas de resfriamento) utilizouse um dispositivo de solidificação unidirecional horizontal. Os lingotes produzidos a partir da solidificação da liga passaram pelos processos mecânicos de usinagem, laminação e trefilação, examinados em diferentes posições e diâmetros, através do ensaio de tração e condutividade elétrica. Foram analisadas as fraturas em função das microcavidades e diferentes concentrações de teores de cobre constatando-se que em relação ao material deformado a frio, o LRT tem uma tendência de crescimento para a liga de maior concentração de cobre. Os valores avaliados também possibilitaram concluir que a condutividade elétrica cresce quanto maior for o diâmetro das microcavidades e menor o teor de cobre. Com o objetivo de se avaliar somente o comportamento intrínseco da variação da composição química da liga, foi utilizado um segundo dispositivo de solidificação, molde em “U”, pintado internamente com solução de caulim que atribui ao molde baixas velocidades de resfriamento. Os resultados mostram que para os dois teores de cobre há uma tendência de crescimento do LRT com o aumento da redução sofrida pelas amostras, sendo o LRT maior para a liga com maior teor de cobre. Atribuímos este comportamento ao maior teor de soluto que por sua vez apresentou melhor resposta a deformação plástica, encruando mais o material. Entretanto, a caracterização elétrica ocorre de modo inverso, a exemplo do constatado na solidificação unidirecional, onde o menor teor de cobre foi mais eficiente.
Abstract: At the present work, experiments were made with the unrefined alloy Al – 0,6%Mg - 0,8%Si, with variations in copper content (0,05% e 0,3%), that aimed to evaluate two aspects of the alloy behavior. The first aspect concerns the affinity between it and the mold, which seeks to observe the effect of the solidification thermal variables of the structure of molten and the correlation with mechanical and electrical properties, the second aspect is related with the intrinsic behavior of the variation on the chemical composition subject at low speed and cooling rates. For evaluating the solidification thermal variables (liquidus isotherms velocities, cooling rates) was used a device for horizontal unidirectional solidification. The ingots produced from the solidification of the alloy rose by mechanical machining, laminating and steel drawing, examined in different positions and diameters, by testing the traction and electric conductivity. Fractures were analyzed in terms of micro cavities and different levels of copper and it was found that in the cold deformed material, the limit of tensile strength has a trend of growth for the alloys of higher concentration of copper. The measured values have also concluded that the electrical conductivity increases the greater the diameter of the micro cavities and lower the copper content. In order to evaluate only the intrinsic variation behavior of the alloy chemical composition, a second device was used for solidification, mold in "U", painted internally in solution of kaolin that attaches to such low rates of cooling. The results show that for both copper content there is a tendency of increase in the limit of tensile strength with increasing reduction suffered by the samples, the limit of tensile strength greater for the alloy with higher copper content. We attach this behavior to the higher content of solute which in turn showed better response to plastic deformation, compressing the material. However, the electrical characterization occurs in an opposite way, as seen in unidirectional solidification, where the lowest copper content was more efficient.
Keywords: Liga AA 6000
Propriedade elétrica
Propriedade mecânica
Solidificação
Velocidade de solidificação
Limite de resistência à tração
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA MECANICA::PROCESSOS DE FABRICACAO
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Instituto de Tecnologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Engenharia Mecânica (Mestrado) - PPGEM/ITEC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoPropriedadesMecanicas.pdf2,23 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons