Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5176
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 2011
Authors: VALE, Kamilly Souza do
First Advisor: PIMENTEL, Adelma do Socorro Gonçalves
Title: A relação conjugal em debate: uma análise gestáltica
Citation: VALE, Kamilly Souza do. A relação conjugal em debate: uma análise gestáltica. 2011. 92 f. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Pará, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Psicologia.
Resumo: A relação conjugal é o tema desta pesquisa, ressaltando a problemática de identificar as percepções do casal acerca do que mantém o casamento. De modo geral, objetivei compreender os motivos que mantinham o casal junto. Pesquisar sobre o casamento e os estudos da subjetivação de gêneros faz-se necessário para compreender a complexidade das influências que as mudanças ocorridas na sociedade ecoam nos papéis sociais e nas relações entre homens e mulheres. Estas transformações reverberaram social, econômica e culturalmente, implicando em uma crise na masculinidade e, dentre outros campos, nos princípios que norteiam a família e, consequentemente, no casamento, no cuidado e na opção de gerar filhos. Os procedimentos teórico-metodológicos consistiram em: a) submissão do projeto ao Comitê de Ética do Centro de Ciências da Saúde; b) seleção dos sujeitos por meio da rede de relações da pesquisadora; c) contato telefônico ou presencial preliminar com os informantes para obter a concordância verbal em participar da pesquisa; d) encontro pessoal com os sujeitos para explicar os objetivos da pesquisa e entregar o termo de consentimento livre e esclarecido, documento explicativo que resume os objetivos da investigação; e) realização das entrevistas que foram gravadas em áudio e transcritas. Quanto às análises, considerei as orientações de Minayo (1992). Os informantes foram 3 casais com 4 a 6 anos de união, com filhos, e idade entre 30 a 40 anos. Foi realizada uma análise gestáltica. O resultado aponta para a conclusão de que o casamento na sociedade pós-moderna deixa de ser uma vinculação pela via da obrigatoriedade, passando a permear uma escolha saudável e autônoma favorecendo a emergência de elementos como o amor, a confiança, o diálogo, a escuta e, consequentemente, uma interação dentro das relações de intimidade mais saudável.
Abstract: The marital relationship is the subject of this research, highlighting the problem of identifying the couple's perceptions about what keeps the marriage. In general, to understand the reasons that kept the couple together. When searching for the marriage, the studies of gender subjectification is needed to understand the complexity of the influences, changes in society, echoed in the social roles and relationships between men and women. These changes reverberated socially, economically and culturally, leading to a crisis in masculinity, among other fields, the principles that guide the family and therefore the marriage in the care and choice to bear children. The theoretical and methodological procedures consisted of: a) project submission to the Ethics Committee of the Center for Health Sciences, b) selection of subjects by the researcher's network of relationships, c) telephone or in person with the primary informants for verbal agreement to join the study d) personal encounter with the subjects to explain the research objectives and deliver the term of consent, explanatory document which summarizes the goals of research, e) that the interviews were audio taped and transcribed. As the analysis it was considered the guidelines of Minayo (1992). The informants were three couples with 4-6 years of marriage, with children, aged between 30 and 40. Gestalt analysis was performed. The result points to the conclusion that marriage in postmodern society ceases to be a binding obligation by way of passing the permeate a healthy choice and favoring the emergence of autonomous elements such as love, trust, dialogue, listening and hence an interaction within intimate relationships healthier.
Keywords: Casamento
Cônjuge
Terapia Gestalt
Conflito familiar
Relação conjugal
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA SOCIAL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Appears in Collections:Dissertações em Psicologia (Mestrado) - PPGP/IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_RelacaoConjugalDebate.pdf633,62 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons