Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5228
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: 2001
metadata.dc.creator: SILVA JÚNIOR, Osmar Guedes da
EL-ROBRINI, Maâmar
Title: Morfoestratigrafia do noroeste da planície costeira de São João de Pirabas (Nordeste do Pará)
Other Titles: Morphostratigraphy of the northwestern São João de Pirabas coastal plain (northeastern of Pará State)
Citation: SILVA JUNIOR, Osmar Guedes da; EL-ROBRINI, Maâmar. Morfoestratigrafia do noroeste da planície costeira de São João de Pirabas (Nordeste do Pará). Revista Brasileira de Oceanografia, São Paulo, v. 49, n. 1-2, p. 98-114, 2001. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rboce/v49n1-2/09.pdf>. Acesso em: 20 fev. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S1413-77392001000100009>.
metadata.dc.description.resumo: Na Planície Costeira de São João de Pirabas (NE do Pará), ocorrem principalmente depósitos terciários e quaternários, cuja distribuição e espessura foram influenciadas por movimentos neotectônicos e oscilações do nível do mar atuantes desde o Mioceno. A análise estratigráfica com base em testemunhos (com até 6 m de comprimento), permitiu a identificação de um padrão de sedimentação, visualizado através de quatro sucessões marinhas: sucessão marinha retrogradacional basal - SB (lamas de intermaré, areias de antigos cordões praiais e areias de canais de maré); sucessão marinha retrogradacional - S1 (sedimentos predominantemente arenosos de face praial); sucessão progradacional - S2 (ambiente de planície de maré e "chêniers" associados) e; sucessão retrogradacional atual - S3 (cordões duna-praia, barras arenosas longitudinais e de baías, que migram sobre os manguezais). A evolução desta planície está relacionada às oscilações do nível do mar que, inicialmente, deram origem a sucessão Retrogradacional Basal (SB), durante uma fase transgressiva relacionada ao Pleistoceno Terminal (?), enquanto as sucessões S1, S2 e S3 teriam evoluído a partir da atuação de ciclos transgressivos e regressivos, desde aproximadamente 5.100 anos A.P até os dias atuais.
Abstract: A sedimentary pattern, characterized by four marine successions, is identified at the northwestern portion of São João de Pirabas coastal plain (northeastern of Pará State) using morphostratigraphical analysis. The successions are: (i) basal retrogradational marine succession - SB, (intertidal mangrove muds, old beach ridges sand and tidal channel sand); retrogradational marine succession - S1, (sandy sediments of the shoreface); progradational succession - S2 (tidal flat and chêniers associated) and; actual retrogradational succession - S3 (dune-beach ridges, longitudinal sandy bars and bays, migrate over mangrove deposits). The evolution of this plain is related to sea-level changes associated with neotectonic movements since the Pliocene that gave origin to the SB succession during transgressive period related to Upper Pleistocene (?). The S1, S2, and S3 successions were developed due to transgressive and regressive cycles during last 5.100 years B.P. until today.
Keywords: Planícies costeiras
Morfoestratigrafia
Fácies (Geologia)
São João de Pirabas - PA
Nível do mar
Movimentos neutectônicos
ISSN: 1413-7739
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_MorfoestratigrafiaNoroestePlanicie.pdf3,03 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons