Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5235
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 13-Dec-2013
Authors: MIRANDA, Shirley Aviz de
First Advisor: GONÇALVES, Lucia Hisako Takase
Title: Autocuidado de mulheres residentes no município de Benevides/PA na prevenção e controle de HPV: participação da(o) enfermeira(o)
Citation: MIRANDA, Shirley Aviz de. Autocuidado de mulheres residentes no município de Benevides/PA na prevenção e controle de HPV: participação da(o) enfermeira(o). 2013. 116 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Saúde, Belém, 2013. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Resumo: INTRODUÇÃO: A infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV) é uma das ISTs mais comuns no mundo e possui alto potencial carcinogênico para a cérvice uterina. OBJETIVOS: Identificar possíveis défices de competência para o autocuidado relativo ao comportamento de saúde sexual de mulheres atendidas nas Unidades Saúde da Família Paraíso do Murinin com resultados alterados para HPV e desenvolver estratégias de educação para a saúde que contribuam para comportamentos sexuais saudáveis na prevenção e controle do HPV e suas consequências. METODOLOGIA: Pesquisa desenvolvida no município de Benevides, Estado do Pará. Estudo configurado como pesquisa convergente-assistencial (PCA), que teve como referencial teórico o Autocuidado de Orem. A estratégia educacional foi aplicada em 11 mulheres na faixa etária entre 25 e 64 anos, que realizaram o exame de PCCU entre os anos 2011 e 2012 e que tiveram resultado com alterações relacionadas à contaminação pelo HPV. No desenvolvimento da estratégia educacional foi utilizada a técnica do grupo focal, o qual perdurou por dois meses (19/03/13-14/05/2013), com sete encontros grupais. A análise das informações colhidas durante as atividades grupais foi baseada na PCA e no referencial de autocuidado de Orem, com foco nos objetivos definidos, buscando avaliar como a mudança na percepção dos comportamentos de saúde na prevenção e controle do HPV se processava ante a estratégia educacional desenvolvida, norteada pelos preceitos do sistema de enfermagem de apoio-educação de OREM. RESULTADOS: Durante a pesquisa foi identificado défice de competência para o autocuidado na prevenção, tratamento/controle do HPV e nos cuidados apropriados; défice de conhecimentos acerca do HPV, suas consequências e seu enfrentamento; défice de competência para o autocuidado em práticas de vida sexual satisfatoriamente partilhadas; défice de competência quanto ao cuidado relacionado à redução de riscos socioeconômicos; défice de autocuidado em desvio de saúde relacionado ao tratamento e controle do HPV. Posteriormente foram desenvolvidas ações educativas contribuintes para comportamentos sexuais seguros em face do HPV e a outras ISTs. Ao longo do processo educativo as mulheres passaram a demonstrar competência cognitiva quanto à infecção por HPV e competência para o autocuidado em práticas de vida sexual satisfatoriamente partilhadas. CONCLUSÃO E IMPLICAÇÕES: concluímos que as estratégias educacionais utilizadas contribuem na aprendizagem das mulheres infectadas pelo HPV, na medida em que demonstraram sinais deaquisição de competências e habilidades para autocuidado e higiene com vista a práticas sexuais mais saudáveis, de modo compartilhado com seus parceiros. As implicações para a prática assistencial estão relacionadas à necessidade da enfermagem no desenvolvimento de mecanismos para melhor acolher o par sexual como usuários, de acordo com a política de prevenção de ISTs e de promoção de saúde da mulher. Para o ensino, salienta-se a importância de capacitação em serviço para atender a unidade mulher/homem como par conjugal/sexual, como também na formação de profissionais com uma visão abrangente de unidade implicada: o casal, a família. Para a pesquisa, é imprescindível a investigação de comportamentos humanos que mantêm elevada a incidência de papilomavirus humano, no intuito de encontrar estratégias que debelem a incidência e intensifique o controle, o tratamento e a prevenção de agravos pelo HPV.
Abstract: INTRODUCTION: Infection with Human Papilloma Virus (HPV) is one of the most common STIs in the world and has high carcinogenic potential for uterine cervix. OBJECTIVES: To identify possible deficits of competence for self-care behavior on the sexual health of women attending the Health Units of Family Paradise of Murinin with positive findings of HPV and develop strategies for health education that contribute to healthy sexual behavior in prevention and control HPV and its consequences. METHODS: A survey conducted in the city of Benevides, Pará. This study was configured as a convergent - care research (PCA), which had as its theoretical framework of Orem self-care. The educational strategy was applied in 11 women aged between 25 and 64 years who were examined in PCCU between the years 2011 and 2012 and who had income from changes related to HPV infection. We use in the development of educational the strategy to focus group technique, which lasted for two months (19/03/13-14/05/2013) with seven group meetings. The procedure for analyzing information collected during group activities, was based on PCA and reference Orem self-care focused on defined objectives, seeking to assess how the change in the perception of health behaviors in the prevention and control of HPV was processed before developed the educational strategy , guided by the precepts of the nursing support OREM - education system. RESULTS: We identified during the research deficit of competence for self-care in the prevention, treatment/control of HPV and appropriate care, lack of knowledge about HPV, its consequences and its confrontation; deficit of competence for self-care practices in sex life satisfactorily shared; deficit of competence to care related to the reduction of socioeconomic risks, lack of self-care health disorders related to the treatment and control of HPV. Later taxpayers educational actions for safer sexual behaviors towards HPV and other STIs have been developed. Throughout the educational process, women began demonstrating cognitive competence for HPV infection and competence in self-care practices successfully shared sex life. CONCLUSION AND IMPLICATIONS: We concluded that educational strategies used contribute to the learning of HPV infection in women as they showed signs of acquiring skills and abilities to self-care and hygiene healthier sexual practices, shared with their partners so. The implications for nursing practice are related to nursing needs to develop mechanisms to better accommodate the sexual partner as users, according to the policy of prevention of STIs and promotion of women's health. For teaching, we emphasize the importance of in-service training to meet the woman / man unit as marital / sexual partner, as well as training professionals with a comprehensive overview of the unit involved: the couple, the family. For research, the investigation of human behaviors that maintain the high incidence of human papillomavirus, is essential to find strategies in extinction of its incidence, control, treatment and disease prevention by HPV.
Keywords: Autocuidado
Papillomavírus humano
Enfermagem
Prevenção de doenças transmissíveis
Saúde da mulher
Benevides - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::MEDICINA PREVENTIVA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Enfermagem
Appears in Collections:Dissertações em Enfermagem (Mestrado) - PPGENF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AutocuidadoMulheresResidentes.pdf2,4 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons