Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5449
Compartilhar:
Tipo: Dissertação
Data do documento: 2000
Autor(es): MENDES, Ronaldo Lopes Rodrigues
Primeiro Orientador: VERMA, Om Prakash
Título: Geofísica aplicada ao mapeamento de aquíferos da Região Metropolitana de Belém
Agência de fomento: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citação: MENDES, Ronaldo Lopes Rodrigues. Geofísica aplicada ao mapeamento de aquíferos da Região Metropolitana de Belém. 2000. 72 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Centro de Geociências, Belém, 2000. Curso de Pós-Graduação em Geofísica.
Resumo: Hoje, cerca de 46% da água potável consumida na região de Belém provém dos mananciais subterrâneos, o que mostra a grande importância desta fonte, mesmo em uma região rica em água superficial (rios, igarapés, furos e até mesmo uma baía). Isso decorre da falta de execução do planejamento previsto, além de que os custos de obras de captação de águas superficiais são muito elevados. A alternativa para Belém tem sido a água subterrânea, como um bom, saudável e econômico paliativo. A existência de uma enorme quantidade desses recursos nos sedimentos Barreiras e na Formação Pirabas contribui para esta alternativa. Os sedimentos Barreiras foram depositados em ambiente fluvial e estuarino, enquanto que a Formação Pirabas possui fácies de origem estearina, de mangue e marinha. No contexto apresentado, mostra-se então a necessidade de investigar tais recursos com o intuito de fazer ótimo proveito destes. Para tanto, foram usadas duas metodologias geofísicas de forma integrada: a Sondagem Elétrica Vertical (SEV) e a Perfilagem Geofísica de Poço, usando raios gama, potencial espontâneo e resistência elétrica. Pode-se discernir dois ambientes aquíferos. O primeiro até cerca de 160 m de profundidade, em que prevalecem corpos arenosos em formas de canal e lentes entrecortados ou não, imersos em uma matriz argilosa. O segundo é caracterizado por pacotes arenosos bastante extensos com lentes de argila, cuja profundidade é desde 160 m até 285 m, aproximadamente. O consumo de água da porção superior é adequado às residências e condomínios, visto o custo elevado de obras de captação a grandes profundidades. Já o abastecimento público deve utilizar a porção inferior, devido às vazões bastante elevadas (maiores que 100 m3/h) e devido à garantia de água de boa qualidade, protegida de ações antrópicas, como vem sendo feito.
Abstract: Today, about 46% of the drinkable water consumed in the city of Belém is underground water, showing the great importance of this source, even in an area that is rich in surface water as the amazon region. This importance is due to a failure in executing of an established planning. In addition, the costs of works of explotation of superficial waters are very high. Thus, the alternative for Belém has been the underground water, as a good, healthy and economic palliative. The existence of an enormous amount of water resources in the Barreiras sediments and the Pirabas formation contributes to this alternative. The former were deposited in fluvial and estuary environment, while the Pirabas formation possesses facies of estuary, mangrove and oceanic origin. In the presented context, it is necessary to investigate such resources to obtain an optimum benefit from them. For this end, two geophysical methodologies were integrated: the Vertical Electric Soundings (VES) and Geophysical Well Logging, using gamma rays, spontaneous potential and electric resistance. Two aquifer environments can be discerned. The first one extends to nearly 160 m of depth, and comprises sandy bodies in forms of channels and lenses, interrupted or not, imbedded in a shaly matrix. The second one is characterized by extensive sandy beds with lenses of clay, and its depth extends from 160 m up to 285 m, approximately. The consumption of water of the superior aquifer is adequate for residences and condominiums, because of the high cost of great depth wells. The public provisioning should use the inferior aquifer, due to its high discharges (larger than 100 m3/h) and its water of better quality, protected of anthropic actions, as it is being done.
Palavras-chave: Prospecção - Métodos geofísicos
Águas subterrâneas
Região Metropolitana de Belém
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::GEOFISICA APLICADA
País: Brasil
Instituição: Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Instituto de Geociências
Programa: Programa de Pós-Graduação em Geofísica
Aparece nas coleções:Dissertações em Geofísica (Mestrado) - CPGF/IG

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Dissertacao_GeofisicaAplicadaMapeamento.pdf32,5 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons