Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/5572
Tipo: Dissertação
Fecha de publicación : ago-2009
Autor(es): MAUÉS, Silvia de Nazaré da Costa
Primer Orientador: SOUZA, Carlos Barbosa Alves de
Título : Sucessivas reversões de discriminações simples e a formação de classes funcionais em bebês
Otros títulos : Sucessive reversions of simple discriminations and the formation of functional classes in infants
Citación : MAUÉS, Silvia de Nazaré da Costa. Sucessivas reversões de discriminações simples e a formação de classes funcionais em bebês. 2009. 50 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Belém, 2009. Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento.
Resumen: O presente estudo procurou investigar a formação de classes funcionais de estímulos em bebês (crianças com menos de 3 anos de idade) por meio do treino de sucessivas reversões de discriminação simples (SRDS). Foram utilizadas quatro caixas como estímulos discriminativos, divididas em dois subconjuntos: A1/B1 e A2/B2. O treino ocorreu em duas fases. Na Fase 1 o treino de SRDS envolveu a apresentação de duas caixas por sessão até que as quatro caixas funcionaram uma vez como estímulo positivo (S+) e outra como estímulo negativo (S-). Na Fase 2 as quatro caixas foram apresentadas simultaneamente na sessão, sendo que duas caixas funcionavam inicialmente como S+ e duas como S-. Respostas nas caixas designadas como S+ na sessão eram consequenciadas por encontrar brinquedos dentro delas. As reversões nas funções dos estímulos eram realizadas até que o participante respondesse corretamente a partir das primeiras tentativas de uma sessão. Os três participantes aprenderam a tarefa de SRDS com dois estímulos. O treino com as quatro caixas (Fase 2) ocorreu sem que nenhum dos três participantes atingisse o critério de aprendizagem para a realização do teste de formação de classes funcionais de estímulos. Discutem-se as variáveis que favorecem a manutenção de bebês no ambiente experimental e aquelas variáveis que podem facilitar e/ou dificultar a aprendizagem de uma tarefa.
Resumen : The present study aimed to investigate the formation of functional classes of stimuli in infants (children under 3 years old) by means of the training of repeated reversals of simple discrimination (RRDS). Four boxes with discriminative stimulus function were used, divided into two subgroups: A1/B1 and A2/B2. The trainings occurred in two phases. In Phase 1, the training of RRDS involved the presentation of two boxes in each session until the four boxes had functioned one time as positive stimulus (S+) and another one as negative stimulus (S-). Phase 2 simultaneously used the four boxes presented in the session: initially, two boxes had S+ function and another two Sfunction. Responses to the stimuli assigned as S+ were reinforced with toys available in the boxes. Reversals in stimuli’s function were carried out until that the infant’s response were correct from the first trials of a session. All participants learned the task of RRDS with two stimuli. As the training with the four boxes (Phase 2) took place, none of the three participants reached the learning criterion to carry out the test of functional class formation. It has been discussed variables that favor the maintenance of infants in the experimental environment and those variables that can facilitate and/or make it difficult the learning of a task.
Palabras clave : Estímulo/resposta
Crianças
Classe funcional
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA::PSICOLOGIA EXPERIMENTAL
País: Brasil
Editorial : Universidade Federal do Pará
Sigla da Instituição: UFPA
Instituto: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
Programa: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Aparece en las colecciones: Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción Tamaño Formato  
Dissertacao_SucessivasReversoesDiscriminacoes.pdf2,97 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este ítem está sujeto a una licencia Creative Commons Licencia Creative Commons Creative Commons