Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5575
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: Dec-2010
Authors: GOMES, Daniela Lopes
First Advisor: FERREIRA, Eleonora Arnaud Pereira
Title: Efeitos da automonitoração sobre o comportamento de adesão a dois tipos de regras nutricionais em adultos com diabetes tipo 2
Sponsor: FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
Citation: GOMES, Daniela Lopes. Efeitos da automonitoração sobre o comportamento de adesão a dois tipos de regras nutricionais em adultos com diabetes tipo 2. 2010. 125 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento, Belém, 2010. Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento.
Resumo: O diabetes mellitus é uma doença crônica de etiologia múltipla, cujo tratamento inclui mudanças no estilo de vida, onde a adoção de hábitos alimentares saudáveis é de suma importância para o controle da doença. No entanto, a adesão ao plano alimentar é um dos aspectos de maior desafio para o tratamento desta patologia. Esta pesquisa teve como objetivo comparar a eficácia do uso de procedimentos de automonitoração sobre o comportamento de adesão a dois tipos de regras nutricionais (Plano Alimentar – PA e Contagem Total de Carboidratos - CTC) em adultos com diabetes Tipo 2. Participaram quatro adultos inscritos no Programa HiperDia de uma Unidade Municipal de Saúde, na cidade de Belém, apresentando dificuldades de adesão à dieta. A coleta de dados aconteceu no laboratório de Patologia da Nutrição e em ambiente domiciliar dos participantes. O procedimento constou de: (1) Composição da amostra e entrevista para confirmação dos critérios de inclusão; (2) Caracterização da linha de base (LB) do comportamento alimentar; (3) Intervenção: Treino de Automonitoração (AM) com PA para dois participantes da Condição A (CTa) e com CTC para dois participantes da Condição B (CTb); (4) Reversão das condições de Treino; (5) Follow-up e (6) Entrevista Final. O Treino em AM incluiu a verificação da correspondência entre o registro do comportamento alimentar e as regras nutricionais; a análise dos custos e benefícios da emissão dos comportamentos de seguimento das regras estabelecidas; análises funcionais da emissão ou não do comportamento de seguir as regras e o planejamento das ações de adesão. O participante foi solicitado a registrar todas as refeições realizadas em intervalos de dois em dois dias a cada visita domiciliar da pesquisadora. Calculou-se o Índice de Adesão à Dieta (IAD) por dia de registro. Nos resultados, observou-se que, na linha de base os IADs de todos os participantes estavam abaixo de 50%. No entanto, após o Treino em AM, a média dos IADs obtidos pelos participantes quando submetidos ao PA foi igual a 62,49%, enquanto a obtida em CTC foi de 75,50%. Os valores absolutos dos IADs encontrados nos participantes da CTa foram maiores do que os IADs dos participantes da CTb. Todos os participantes, independente da condição, apresentaram aumento nos IADs ao serem comparados com a LB, com declínio após a suspensão da AM. Ao término da AM, dois participantes escolheram PA e dois a CTC para seguir o tratamento; entretanto, observou-se que todos mantiveram o seguimento do PA no follow-up. Inferiu-se que a CTC parece ser mais eficaz em instalar comportamentos alimentares adequados e o PA parece obter bons resultados na manutenção dos comportamentos instalados. Todos os participantes se encontravam com excesso de peso na LB, dois participantes reduziram o peso após a intervenção, mas todos mantiveram o diagnóstico nutricional da LB. Quanto à hemoglobina glicada, todos os participantes apresentavam valores acima de 6% durante a LB e, após a intervenção, três participantes reduziram esse valor. Discute-se a importância de nutricionistas auxiliarem o paciente a ficar sob o controle das mudanças observadas em seu repertório por meio da análise de contingências, prescrevendo um tratamento individualizado e para além do foco na doença.
Abstract: Diabetes mellitus is a chronic disease of multiple etiology, whose treatment includes changes in lifestyle, which adopting healthy eating habits is very important to control the disease. However, adherence to diet is one of the most challenging aspects for the treatment of this pathology. This study aimed to compare the efficacy of self-monitoring procedures on the behavior of the two types of membership rules Nutrition (Food Plan - BP and Total Carbohydrate Counting - CTC) in adults with Type 2 diabetes. Participated in four adults enrolled in the program HiperDia of a City Health Unit, in Bethlehem, presenting difficulties of adherence to the diet. Data collection took place at the Pathology Laboratory of Nutrition and the participants at their homes. The procedure consisted of: (1) Membership of the sample and interview for confirmation of inclusion criteria, (2) Characterization of baseline (BL) in eating behavior, (3) Intervention: Self-Monitoring Training (AM) with PA to two participants in Condition A (CTA) and CTC for two participants in Condition B (CTb), (4) Reversal of the conditions of training, (5) Follow-up and (6) Final interview. The AM Training includes verifying the correspondence between the record of eating behavior and nutritional rules and the analysis of costs and benefits of emission behaviors of following established rules, functional analysis of the issue or behavior does not follow the rules and planning the actions of membership. The participant was asked to record all meals at intervals of every two days at each home visit by the researcher. We calculated the index of Accession to the Diet (IAD) per day of registration. Results showed that, at baseline the IADs of all participants were below 50%. However, after training in the AM, the mean IADs obtained by participants when subjected to AP was equal to 62.49%, while the CTC was obtained in 75.50%. The absolute values of IADs found in the CTA participants were higher than those of participants from the IADs CTb. All participants, regardless of condition, showed an increase in IADs when compared with the LB, with a decline after discontinuation of AM. At the end of the MA, PA and two participants chose to follow two CTC treatment, however, showed that all retained the wake of BP at follow-up. Inferred that the CTC seems to be more effective in installing appropriate eating behaviors and the AP seems to get good results in terms of behavior installed. All participants were overweight at LB, two participants reduced the weight after the intervention, but all maintained the nutritional diagnosis of LB. As for glycated hemoglobin, all participants had levels above 6% during the LB and after the intervention, three participants reduced their value. It discusses the importance of nutritionists assist the patient to be under the control of the observed changes in its repertoire through the analysis of contingencies, prescribing an individualized treatment beyond the focus on disease.
Keywords: Diabetes Mellitus Tipo 2
Análise de contingências
Automonitoração da glicemia
Contagem global de carboidratos
Plano alimentar
Belém - PA
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento
Program: Programa de Pós-Graduação em Teoria e Pesquisa do Comportamento
Appears in Collections:Dissertações em Teoria e Pesquisa do Comportamento (Mestrado) - PPGTPC/NTPC

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EfeitosAutomonitoracaoComportamento.pdf1,72 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons