Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/5632
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 30-Mar-2012
Authors: MELO, Ademar Soares
First Advisor: MAIA, Cristiane do Socorro Ferraz
First Co-Advisor: SOUSA, Pergentino José da Cunha
Title: Avaliação neurocomportamental, antinociceptiva e antioxidante do extrato hidroalcoólico de Eupatorium ayapana Vent (Asteraceae)
Citation: MELO, Ademar Soares. Avaliação neurocomportamental, antinociceptiva e antioxidante do extrato hidroalcoólico de Eupatorium ayapana Vent (Asteraceae). 2012. 108 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Saúde, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Resumo: O Eupatorium ayapana Vent., da família Asteraceae, conhecida popularmente como japana é utilizada em infusões, decocção, banhos e chá, com ação sedativa, febrífuga, estimulante e tônica, utilizada também no combate à insônia, dor de cabeça, dor de garganta, diarréia, etc., sendo muito utilizada pela população amazônica. Este estudo avaliou a ação de diferentes doses do extrato hidroalcoólico de Eupatorium ayapana Vent (EHAEA) sobre o comportamento de ratos Wistar, na faixa etária de 2 meses. Foram utilizados 8 grupos de ratos machos (n= 7-10), divididos em controle, droga padrão de ação ansiolítica (diazepam), droga padrão de ação antidepressiva (fluoxetina) e 5 doses do extrato (100, 200, 400, 600, 800 mg/Kg), que foram solubilizados com tween 80 a 1%. A administração do extrato foi realizada de forma aguda por gavagem. No teste de toxicidade oral realizado, verificou-se que o extrato não é tóxico. Os testes comportamentais utilizados foram: o campo aberto, o Labirinto em Cruz Elevado (LCE) e o nado forçado. Após os testes comportamentais foi realizada a coleta de sangue na região do plexo retroorbital dos ratos, para avaliação dos níveis de estresse oxidativo como: Capacidade Antioxidante Total, malondialdeído (MDA) e NO, e também a ação antioxidante total do EHAEA. Os resultados obtidos no teste do campo aberto demonstraram atividade do tipo ansiolítica, resultado confirmado com o teste do LCE. No teste do Nado Forçado, o EHAEA demonstrou ação do tipo antidepressiva. Nos testes de nocicepção, o qual se utilizou camundongos, ocorreu atividade antinociceptiva no teste de contorção abdominal induzido, nas doses de 200, 400, 600 e 800 mg/Kg. Na avaliação da bioquímica oxidativa, observou-se que não ocorreu dano oxidativo nos grupos tratados com o EHAEA, os níveis de NO permaneceram inalterados nas doses de 200, 400 e 600 mg, e a capacidade antioxidante total mostrou-se aumentada. Com estes resultados apresentados, o presente trabalho pretende contribuir com futuros trabalhos, haja vista, serem escassos os trabalhos na área comportamental, de nocicepção e estresse oxidativo com esta espécie vegetal, e que estudos posteriores possam reforçar o uso do extrato da japana na medicina popular.
Abstract: The Eupatorium ayapana Vent., Family Asteraceae, popularly known as japana is used in infusions, decoctions, baths and tea, with sedative, febrifuge, stimulant and tonic, also used to combat insomnia, headache, sore throat, diarrhea, etc.., commonly used by the Amazonian population. This study evaluated the effect of different doses of hydroalcoholic extract of Eupatorium ayapana Vent (EHAEA) on the behavior of Wistar rats, aged 2 months. We used eight groups of rats (n = 7-10) that were divided into control, standard drug action anxiolytic (diazepam), standard drug action antidepressant (fluoxetine) and five doses of the extract (100, 200, 400, 600, 800 mg/kg) which were solubilized with 1% tween 80. The administration of the extract was performed acutely by gavage. In oral toxicity test, it was found that the extract is not toxic. The behavioral tests were used: the open field, the elevated plus maze (EPM) and forced swimming. After the behavioral tests was performed to collect blood in the retro-orbital plexus of rats to assess the levels of oxidative stress such as Total Antioxidant Capacity, MDA and NO, and also the total antioxidant EHAEA. The results obtained in the open field test showed anxiolytic-like activity, a result confirmed in the LCE. In the forced swimming test, the EHAEA showed antidepressant action of any kind. In tests of nociception, which was used mice occurred in antinociceptive abdominal writhing test in doses of 200, 400, 600 and 800 mg/kg. In evaluating the biochemical oxidation, it was observed that there was no oxidative damage in the treated groups EHAEA, NO levels were unchanged at doses of 200, 400 and 600 mg total antioxidant capacity was shown to be increased. With these results, this paper aims to contribute to future work, have seen, are few studies in the behavioral area, in nociception and oxidative stress in this plant species, and that further studies may enhance the use of the extract in folk medicine japana.
Keywords: Eupatorium ayapana
Japana
Nociceptividade
Estresse oxidativo
Ansiedade
Depressão
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::ANALISE E CONTROLE E MEDICAMENTOS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Farmacêuticas (Mestrado) - PPGCF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoNeurocomportamentalAntinociceptiva.pdf1.46 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons