Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5776
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 25-Apr-1988
Authors: CARVALHO, João da Silva
First Advisor: SAUCK, William August
Title: Aplicação dos métodos gravimétrico e magnetométrico para a definição do comportamento estrutural da faixa de dobramentos Araguaia
Sponsor: CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
FINEP - Financiadora de Estudos e Projetos
UFPA - Universidade Federal do Pará
Citation: CARVALHO, João da Silva. Aplicação dos métodos gravimétrico e magnetométrico para a definição do comportamento estrutural da faixa de dobramentos Araguaia. 1988. 127 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Centro de Geociências, Belém, 1988. Curso de Pós-Graduação em Geofísica.
Resumo: O presente trabalho consiste na interpretação de informações gravimétricas e aeromagnetométricas (Projeto Geofísico Brasil-Canadá - PGBC) da região setentrional da Faixa de Dobramentos Araguaia, envolvendo uma área de aproximadamente 129.000km2, compreendida entre os meridianos 47°50’W e 50°30’W e paralelos 4°50'S e 9°00'S. Abrange porções sudeste do Estado do Pará, noroeste de Goiás e oeste do Maranhão. Os trabalhos de campo constaram de levantamentos gravimétrico e altimétrico, ao longo de rodovias que constituem a rede viária regional, e os resultados obtidos, após correções e reduções, foram então organizados de forma a constituírem um mapa de anomalias Bouguer, apresentado em escala 1:500.000. O padrão gravimétrico da faixa de dobramentos Araguaia se caracteriza por mostrar feições predominantemente longitudinais, com curvas isoanômalas de direções submeridianas, concordante com o comportamento litológico-estrutural conhecido para a área. Na porção centro-meridional desse mapa aparece uma zona de anomalia negativa, alongada e intensa (menos de -100mgal), a qual sofre duas importantes inflexões para NW, sendo uma correlacionável ao Lineamento Carajás, e a outra na altura do paralelo 5°30'S. Apresenta zonas de altos gravimétricos, notadamente na porção noroeste (domínio cratônico), relacionada à influência das metavulcânicas do Grupo Grão Pará, e na porção nordeste, devida a massas densas introduzidas na crosta. Destaca-se também o relativo alto gravimétrico acompanhando o flanco oriental do eixo de ocorrência das braquidobras, podendo ser devido a massas excedentes colocadas sob essa região, através de esforços tectônicos, produzindo elevações do nível de base da crosta e consequentemente do embasamento. De forma genérica o flanco oriental da faixa mostra um gradiente mais intenso que o ocidental, devido principalmente à configuração geométrica das estruturas nesse setor. Da mesma forma merece destaque o gradiente regional ascendente de sul para norte. A análise das cartas de intensidade magnética do PGBC fornecem condições à individualização de diversos domínios magnéticos, perfeitamente correlacionáveis litológico e estruturalmente com as unidades geotectônicas que compõem o arcabouço regional, assim como suas subunidades. A execução de modelamento simples, quer para as informações gravimétricas como magnetométricas, objetivaram fornecer subsídios semi-quantitativos à interpretação, de forma a auxiliar no estabelecimento do padrão geométrico do embasamento da faixa de dobramentos Araguaia, assim como das estruturas a ela impostas. Assim, por meio do processamento das informações gravimétricas, verificou-se um padrão geométrico na forma de fatias imbricadas, estabelecidas sobre o substrato. A grande anomalia negativa da porção centro-meridional da faixa pode estar relacionada a uma deficiência de massa profunda (depressão na base da crosta) ou ainda a uma associação entre contraste de densidade e espessamento do pacote de supracrustais, nessa porção. O baixo gravimétrico da porção sudeste da área, entre Guarai e Tupirama, é devido a uma depressão do embasamento, da mesma forma como a anomalia negativa associada ao Lineamento Carajás está relacionada a uma estrutura sinformal conhecida.
Abstract: Interpretation of gravimetric and aeromagnetometric informations of the northern region on the Araguaia Orogenic Belt covering an area of aproximately 129.000km2 is presented in this thesis. The area lies between is 47º50’W and 50º30’W longitudes and between 4º50’S and 9º00’S latitudes, over southeast Pará State, north-northwest of Goiás State and west of Maranhão State. The gravimetric and altimetric measurements were carried out along highways and roads in the region. The gravity data, after corrections and reductions are presented in the form of Bouguer anomalies map on scale 1:500.000. The gravimetric pattern of Araguaia Orogenic Belt shows features principally of longitudinal extension, with approximately meridional direction. These features are correlated with the known lithological and structural units in the area. In the central-meridional portion of the map, appears an extended zone of intensive negative anomaly (less than -100mgal). This zone suffers two inflexios, one in the northwest (NW) which correlates to Carajás Lineament, and the other along latitude 5°30’S. The higher gravimetric values, notably in the northwest portion (cratonic domain), are related to the influence of the metavulcanics Grão Pará Group, and those in the northeast portion are attribuited to the denser mass intruded in the crust. Notable, also a gravimetric peak on the eastern flank of the brachyanticlines. This peak could be linked to a denser mass placed under this region tectonially, creating elevations in crust base-level and consequently of the basement. Generally, the eastern flank of orogenic belt show a gradient more intensive than the western, due to principally the geometric configuration of structures. In the similar way there is a notable ascendent regional gradient from south to north. Through the analysis of magnetic intensity maps, of the Projeto Geofísico Brasil-Canadá (PGBC), diferent individual domains were identified. These domains correlate lithologically and structuraly with the geotectonics units that constitute the regional framework and their subunits. Analytical gravity and magnetic modelling were carried out for semi-quantitative interpretation with the objective to establish the basement geometric pattern of the Araguaia Orogenic Belt, and the vinculated structures. On the basis of gravimetric informations, we could verify a geometric higher pattern in the form of imbricated slices over the substratum. The higher negative anomaly in the center-meridional portion of the orogenic belt could be related with the deficiency of deeper mass (a depression in the crust bottom), or due to the presence of a low density mass in the supercrustal layers, in that zone. The gravity depression in the southwest of the area, between Guarai and Tupirama, could be attribuited to a depression in the basement, and in the similar way the negative anomaly associated with Carajás Lineament is related to a sinformal structure.
Keywords: Prospecção - Métodos geofísicos
Goiás - Estado
Pará - Estado
Maranhão - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIAS::GEOFISICA::GEOFISICA APLICADA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Geociências
Program: Programa de Pós-Graduação em Geofísica
Appears in Collections:Dissertações em Geofísica (Mestrado) - CPGF/IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AplicacaoMetodosGravimetrico.pdf41.47 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons