Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/5925
Compartilhar:
Type: Tese
Issue Date: 10-Jun-2014
Authors: SILVA, Lindomar de Jesus de Sousa
First Advisor: MONTEIRO, Maurílio de Abreu
Title: Natureza capitalista versus natureza orgânica: o advento da ALCOA e a mobilização e organização das comunidades de Juruti no baixo-amazonas paraense
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: SILVA, Lindomar de Jesus de Sousa. Natureza capitalista versus natureza orgânica: o advento da ALCOA e a mobilização e organização das comunidades de Juruti no baixo-amazonas paraense. 2014. 278 f. Tese (Doutorado) – Universidade Federal do Pará, Núcleo de Altos Estudos Amazônicos, Belém, 2014. Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido.
Resumo: A tese teve como objetivo apresentar a leitura e a análise dos processos que levaram conquistas inéditas às comunidades em Juruti, no baixo amazonas, região localizada no estado do Pará. Juruti foi palco de conflitos, negociações, acordos e conquistas frente ao grande empreendimento de extração mineral desenvolvido pela ALCOA. Essas conquistas são resultados de fatores externos e internos. O externo foi marcado por um conjunto favorável, relacionado ao governo de esquerda no âmbito federal, estadual e municipal; e por um arcabouço institucional jurídico que reconhece os direitos coletivos e territoriais, a emergência da questão ambiental e a presença da Igreja Católica, por meio do trabalho pastoral das Irmãs Franciscanas de Maristella, orientadas pela teologia da libertação e a pedagogia do oprimido. No âmbito interno, prevaleceu o caráter tradicional, a vivência comunitária e as práticas coletivas, como o puxirum, que possibilitaram a constituição de um território organizado e capaz de desencadear processos de mobilização e resistência com a mínima fragmentação e cooptação. O apoio de diferentes contribuições teóricas da sociologia, da antropologia entre outras facilitaram a nossa leitura do processo vivido no território de Juruti, assim como as abordagens do pós-desenvolvimento. A metodologia da pesquisa é de natureza exploratória, descritiva e explicativa, articulada com técnicas de campo como: a coleta de informações e entrevistas com pessoas-chave, documentos de empresa, comunidades, Igreja Católica e outros. Tal procedimento buscou compreender os discursos empreendidos pelos autores presentes em Juruti. Identificamos a estreita relação da Igreja com movimentos e grupos que encamparam a luta na região de Juruti junto a ALCOA, por meio da Congregação das Irmãs Franciscana de Maristella, em virtude da sua história de inserção no local, e de sua opção em defesa da tradicionalidade das comunidades. Também percebemos um governo favorável, aberto ao diálogo, à existência de uma conjuntura política favorável; a preocupação da sociedade global com o meio ambiente; a existência de um arcabouço jurídico com o reconhecimento de direitos institucionalizados, como os direitos territoriais. Com tal abordagem, conclui-se que diante das múltiplas ações dos grandes projetos é preciso articular oportunidades e potencialidades de forma a buscar os caminhos de superação da invisibilidade atribuída às comunidades pelo Estado e grandes empreendimentos econômicos. Os aspectos organizativos em Juruti, assim como sua articulação, levaram à superação dos mecanismos de dominação, padronização e invisibilidade das comunidades tradicionais na Amazônia.
Abstract: The thesis aims to show the reading and analysis of the processes that led to unprecedented achievements involving communities in Juruti, low Amazon region located in the state of Pará Juruti was the scene of conflict, negotiations, agreements and achievements with the large enterprise mineral extraction developed by ALCOA. These achievements are the result of external and internal factors. External marked by a favorable set related to the leftist government in federal, state and municipal level, a legal institutional framework that recognizes the collective and territorial rights, emergence of environmental issues and the presence of the Catholic Church, through the pastoral work of the Franciscan Sisters Maristella, guided by liberation theology and pedagogy of the oppressed. Internally prevailed traditional character, community life and collective practices as puxirum, enabled the establishment of an organized and capable of triggering processes of mobilization and resistance with minimal fragmentation and cooptation territory. With support from various theoretical contributions of sociology, anthropology and others who facilitated our reading of the living process in the territory of Juruti, as well as the approaches of post - development. The methodology of the research is exploratory, descriptive and explanatory nature combined with field techniques such as collecting information and interviews with key personnel, company documents, communities, the Catholic Church and others. This procedure aimed to understand the speeches made by the present authors in Juruti. We identified the close relationship of the Church with movements and groups that have embraced the fight in the Juruti region along ALCOA, through the Congregation of the Franciscan Sisters of Maristella, by virtue of its history insertion site, and your choice in defense of traditionalism communities. Also realize an open government favorable to dialogue, there is a favorable political situation; the concern of global society with the environment; the existence of a legal framework to the recognition of institutionalized rights; such as territorial rights. This approach led to the conclusion that given the multiple actions of large projects is necessary to articulate opportunities and potentials in order to seek the ways of overcoming the invisibility given to communities by the state and big business enterprises. Organizational aspects in Juruti well as its articulation led to overcoming the mechanisms of domination, invisibility and standardization of traditional communities in the Amazon.
Keywords: Amazônia brasileira
Desenvolvimento sustentável
Alcoa (Brasil)
Participação social
Interesses coletivos
Juruti - PA
Pará - Estado
CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::SOCIOLOGIA::SOCIOLOGIA RURAL
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Núcleo de Altos Estudos Amazônicos
Program: Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Teses em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido (Doutorado) - PPGDSTU/NAEA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_NaturezaCapitalistaVersus.pdf3,75 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons