Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6016
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 5-Aug-2011
Authors: GONÇALVES, Alany Pedrosa
First Advisor: NAHUM, Victoria Judith Isaac
Title: Ecologia e etnoecologia de Hypancistrus zebra (Siluriformes: Loricariidae) no rio Xingu, Amazônia brasileira
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
FAPESPA - Fundação Amazônia de Amparo a Estudos e Pesquisas
FADESP - Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa
CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior
Citation: GONÇALVES, Alany Pedrosa. Ecologia e etnoecologia de Hypancistrus zebra (Siluriformes: Loricariidae) no rio Xingu, Amazônia brasileira. 2011. 133 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências Biológicas, Belém, 2011. Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca.
Resumo: H. zebra é uma espécie de peixe da família Loricariidae, subfamília Ancistrinae, endêmica do rio Xingu, com distribuição desde Belo Monte até a confluência dos rios Xingu e Iriri. Por ser uma espécie com grande valor no mercado aquariofilista ornamental, sua captura tornou-se desenfreada, tornando-o uma espécie ameaçada de extinção. Apesar da forte pressão exercida sobre H. zebra, ainda são escassos os estudos sobre a espécie. Assim, perante a escassez de informações básicas e as constantes ameaças, conhecer aspectos da biologia e ecologia de H. zebra, agregando aos resultados das pesquisas científicas, também o conhecimento ecológico local dos pescadores ornamentais sobre esta espécie torna-se uma ferramenta fundamental para a conservação da espécie. A distribuição de H. zebra é restrita a um pequeno trecho do rio Xingu, entre Gorgulho da Rita e Itaubinha, e não ocorre de forma homogênea, dependendo da presença de blocos rochosos. Um total de 283 indivíduos de H. zebra foi visualizado nos afloramentos rochosos da área estudada, dos quais 232 foram capturados. A menor abundância média foi em Gorgulho da Rita, em oposição ao sitio Jericoá com a maior abundância. Entre os períodos, verificou-se uma maior abundância na seca do rio e menor valor para o período de enchente. Os fatores ambientais não apresentaram influências significativas sobre a abundância de H. zebra. H. zebra é uma espécie generalista, alimentando-se principalmente de algas perifíticas, detritos, restos vegetais e esponjas, enquanto que nematódeos e miriápodes foram considerados itens ocasionais. Não houve diferenças significativas na composição e abundância da dieta de H. zebra, quanto aos sítios de coleta, períodos do ano e ontogenia. Considerando a composição e abundância da dieta, H. zebra pode ser considerada uma espécie iliófaga-onívora, e com possibilidades de adaptação as mudanças na disponibilidade de alimento com a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte. Os pescadores ornamentais zebra evidenciam conhecimento especializado quanto à distribuição e abundância, hábitat, alimentação, predação e reprodução da espécie, o qual pode ser aproveitado para otimizar trabalhos futuros e para facilitar medidas de manejo.
Abstract: H. Zebra is a fish species of the Loricariidae family, Ancistrinae subfamily, endemic of the Xingu River, with distribution from Belo Monte to the confluence of the Xingu and Iriri rivers. Being a species with great market value aquarist ornamental his capture became rampant, making it an endangered species. Despite strong pressure on H. zebra, there are still few studies on the species. Thus, given the scarcity of basic information and the constant threats, knowing the biology and ecology of H. zebra, aggregating the results of scientific research, also the local ecological knowledge of fishermen ornamental trade about this species becomes an essential tool for the conservation of the species. The distribution of H. zebra is restricted to a small stretch of the Xingu River, between Gorgulho da Rita and Itaubinha, and does not occur evenly, it depends on the presence of boulders. A total of 283 individuals of H. zebra were visualized in the rocky outcrops of the study area, of which 232 were captured. The lowest average abundance was Gorgulho da Rita, as opposed to the site Jericoá with the greatest abundance. Between periods, there was a greater abundance in dry river and lowest value for the period of filling. Environmental factors had no significant influence on the abundance of H. zebra. H. zebra is a generalist species, feeding mainly of periphytic algae, debris, plant debris and sponges, while nematodes and millipedes were considered occasional items. Diet composition and abundance of H. zebra showed no significant differences for collection sites, periods of the year and ontogeny. Considering the composition and abundance of the diet, H. zebra can be considered an iliophagousomnivorous, and ability to adapt changes in food availability in the construction of the Hidroeletric Belo Monte. Ornamental trade fishermen demonstrate expert knowledge concerning the distribution and abundance, habitat, feeding, predation and reproduction of the H. zebra, which can be used to optimize work and to facilitate future management measures. The construction of the Hydroeltric Belo Monte Hydroelectric is a threat to the survival of H. zebra and future studies and monitoring of the species are needed, either as mitigation of impacts, either as to captive breeding as an alternative income coastal communities who depend on fishing on the Xingu river ornamental.
Keywords: Ethnoecologia
Ecologia aquática
Hypancistrus zebra
Peixe ornamental
Espécies em extinção
Rio Xingu (Bacia do Amazonas)
Amazônia Brasileira
CNPq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIA::ECOLOGIA DE ECOSSISTEMAS
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências Biológicas
Program: Programa de Pós-Graduação em Ecologia Aquática e Pesca
Appears in Collections:Dissertações em Ecologia Aquática e Pesca (Mestrado) - PPGEAP/ICB

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_EcologiaEtnoecologiaHypancistrus.pdf2.03 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons