Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6115
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Dec-2003
metadata.dc.creator: CARNEIRO, Bruno Santana
ANGÉLICA, Rômulo Simões
SCHELLER, Thomas
CASTRO, Elton Anderson Santos de
NEVES, Roberto de Freitas
Title: Caracterização mineralógica e geoquímica e estudo das transformações de fase do caulim duro da região do Rio Capim, Pará
Other Titles: Mineralogical and geochemical characterization of the hard kaolin from the Capim region, Pará, northern Brazil
Citation: CARNEIRO, B. S. et al. Caracterização mineralógica e geoquímica e estudo das transformações de fase do caulim duro da região do Rio Capim, Pará. Cerâmica, São Paulo, v. 49, n. 312, p. 237-244, out./dez. 2003. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ce/v49n312/a0849312.pdf>. Acesso em: 04 ago. 2014. <http://dx.doi.org/10.1590/S0366-69132003000400008>.
metadata.dc.description.resumo: A região do Rio Capim (Nordeste do Estado do Pará), destaca-se nacionalmente por suas grandes reservas de caulim para cobertura de papel. O minério extraído está localizado, em média, a 20 m de profundidade, recoberto por sedimentos argilo-arenosos da Formação Barreiras, e de um nível de caulim duro, também conhecido como flint ou semi-flint, considerado como estéril em função do teor de ferro elevado que inviabiliza sua aplicação para cobertura. Este trabalho objetiva a caracterização mineralógica e geoquímica do caulim duro além de acompanhar as transformações mineralógicas sofridas em função da temperatura de queima, com vistas a sua possível utilização como matéria-prima cerâmica. Foram utilizados dois tipos de caulim duro como material de partida, em função dos teores de ferro: o Caulim Duro Branco (CDB) e o Caulim Duro Ferruginoso (CDF), este último com teor de Fe2O3 de 10,36%. Os resultados indicam composição mineralógica dominada por caulinita, além de anatásio como acessório. No CDF ocorrem ainda goethita e hematita. Os estudo das transformações térmicas indicam que o início de formação de mullita se dá em temperaturas diferentes para as amostras estudadas.
Abstract: The Capim region (Pará State, northern Brazil) is the most important kaolin district in the Amazon region, with the largest Brazilian reserves of high whiteness kaolin for the paper coating industry. The main ore (soft kaolin horizon) is located at a depth of about 20 m, being covered by a hard, iron-rich kaolin level, also called flint or semi-flint kaolin, besides a sandy-clay overburden. The beneficiation of this kaolin produces large volumes of wastes, composed mainly of coarse-grained kaolinite, deposited in basins that occupy extensive areas. The main objective of this work is to carry out mineralogical and geochemical studies of the hard kaolin, and to evaluate its thermal transformations through calcination up to 1500 oC. The results show a mineralogical composition dominated kaolinite. The evaluated thermal transformations allows us to describe a series of chemical reactions from kaolinite to metakaolinite and further development of spinel, cristobalite and mullite. For the two analyzed samples, such transformations can start at different temperatures as a result of the different chemical compositions, mainly the iron contents.
Keywords: Caracterização mineral
Mineralogia
Geoquímica
Caulim duro
Mullita
Rio Capim - PA
Pará - Estado
Amazônia brasileira
ISSN: 0366-6913
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_CaracterizacaoMineralogicaGeoquimica.pdf515,17 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons