Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6169
Compartilhar:
Type: Dissertação
Issue Date: 20-Dec-2012
Authors: OLIVEIRA, Fábio Rodrigues de
First Advisor: ANDRADE, Marcieni Ataíde de
First Co-Advisor: GONÇALVES, Ana Cristina Baetas
Title: Avaliação antifungica, farmacognóstica e toxicológica sazonal de Petiveria alliacea L. (Phytolaccaceae)
Other Titles: A seasonal antifungal, pharmacognostical and toxicological evaluation of Petiveria alliacea L. (Phytolaccaceae)
Sponsor: CNPq - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico
Citation: OLIVEIRA, Fábio Rodrigues de. Avaliação antifungica, farmacognóstica e toxicológica sazonal de Petiveria alliacea L. (Phytolaccaceae). 2012. 108 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Instituto de Ciências da Saúde, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Resumo: O estudo das plantas medicinais desperta grande interesse científico, principalmente devido às mesmas serem consideradas fontes potenciais de moléculas bioativas com estrutura diferenciada e mecanismo de ação inovador. A importância de pesquisas voltadas para a descoberta e produção de novos fitoterápicos deve-se a grande contribuição que estes vêm apresentando diante de diversas patologias. A espécie Petiveria alliacea é uma planta medicinal utilizada amplamente pela população da região amazônica e destaca-se por apresentar diversas alegações de uso e ainda algumas classes de metabólitos com comprovadas ações terapêuticas. O presente trabalho teve o objetivo de avaliar os parâmetros farmacognósticos sazonais da espécie, o potencial antifúngico dos extratos produzidos em diferentes períodos de coleta sobre espécies de Aspergillus e a toxicidade dos mesmos in vitro e in vivo. Na avaliação farmacognóstica sazonal de P. alliacea, utilizando métodos descritos na Farmacopéia Brasileira, os resultados demonstraram parâmetros reprodutíveis para o controle de qualidade da droga vegetal, não havendo diferença na presença dos constituintes químicos do pó e do extrato hidroalcoólico, sendo observada a presença de saponinas, acúcares e alcaloides em toda a planta e nos extratos da raiz apenas sesquiterpenolactonas e depsídeos/depsidonas. Os resultados do método da microdiluição realizadas com extratos das raízes de dois períodos, evidenciaram fraca atividade antifúngica in vitro, porém não foi observado nenhum efeito dos extratos das partes aéreas. A atividade citotóxica, avaliada pelo método colorimétrico MTT, demonstrou que o extrato hidroalcóolico da raiz dos dois períodos não reduz a viabilidade celular em nenhuma das concentrações testadas. Também não foram detectados sinais de toxicidade aguda do extrato na dose de 5000mg/kg em camundongos. Estes dados são considerados relevantes e o estudo em questão evidenciou que P. alliacea é uma espécie medicinal promissora, porém investigações mais detalhadas são necessárias para que sejam confirmadas suas várias alegações de uso e para que a planta seja utilizada no desenvolvimento de um novo agente fitoterápico.
Abstract: The study of medicinal plants raised great scientific interest, mainly due to them being considered as potential sources of bioactive molecules with differentiated structure and new mechanism of action. The importance of research focused on the discovery and production of new herbal medicines should be the great contribution they have presented before diverse pathologies. The species Petiveria alliacea is a medicinal plant widely used by the population of the Amazon region and stands out for presenting various claims and still use some classes of metabolites with proven therapeutic actions. This study aimed to evaluate seasonal pharmacognostical parameters, antifungal potential of the extracts produced at different sampling times on Aspergillus species and toxicity of these in vitro and in vivo. In the evaluation of seasonal Pharmacognostical, P. alliacea, using Brazilian Pharmacopeia methods the results demonstrated reproducible parameters for quality control of the plant drug, there was no difference in the presence of the chemical constituents of hydroalcoholic and dust, revealing the presence of saponins, alkaloids and sugars across the plant and root extracts and only sesquiterpenolactones depsides. The results of microdilution method performed with extracts from the roots of two periods, showed weak antifungal activity in vitro, but did not observe any effect of extracts of the aerial parts. The cytotoxicity was evaluated by MTT colorimetric method, showed that the hydroalcoholic extract of the root of the two periods did not reduce cell viability in any of the concentrations tested, and was any signs of acute toxicity of the extract at a dose of 5000 mg/kg in mice. These data are considered relevant and the current study showed that P. alliacea is a promising medicinal species, but further investigations are required for its various allegations are confirmed and usage for the plant to be used in developing a new phytotherapeutic agent.
Keywords: Plantas medicinais
Petiveria alliacea
Mucuracaá
Aspergillus
Farmacognosia
Antifúngicos
Toxicidade
CNPq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::ANALISE TOXICOLOGICA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FARMACIA::FARMACOGNOSIA
Country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
Institution Acronym: UFPA
Department: Instituto de Ciências da Saúde
Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Ciências Farmacêuticas (Mestrado) - PPGCF/ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoAntifungicaFarmacognostica.pdf2.76 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons