Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br:8080/jspui/handle/2011/6454
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCHAVES, César Lisboa-
dc.creatorGORAYEB, Paulo Sérgio de Sousa-
dc.creatorMOURA, Candido Augusto Veloso-
dc.date.accessioned2015-03-20T13:42:01Z-
dc.date.available2015-03-20T13:42:01Z-
dc.date.issued2008-06-
dc.identifier.citationCHAVES, César Lisboa; GORAYEB, Paulo Sergio de Sousa; MOURA, Candido Augusto Veloso. Geologia, geocronologia e litoquímica dos granitos paleoproterozóicos do tipo A no setor setentrional da Província Tocantins. Revista Brasileira de Geociências, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 366-378, jun. 2008. Disponível em: <http://ppegeo.igc.usp.br/pdf/rbg/v38n2/v38n2a12.pdf>. Acesso em: 19 mar. 2015.pt_BR
dc.identifier.issn0375-7536-
dc.identifier.urihttp://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6454-
dc.description.abstractThis work presents the geologic characterization of the Ipueiras Intrusive Suite, which comprises four granitic plutons, named do Carmo, Areias, Ipueiras and Itália, located in Goiás Massif, northern sector of the Tocantins Province. New petrographic, litogeochemical, geocronological and isotopic data had allowed to discriminate these plutons of other granites of the region. Lithochemical data showed that they are peraluminous subalkaline granites, with A-type affinity. Single zircon Pb-evaporation data indicate an age of 2,08 Ga for this magmatism. Sm-Nd (TDM) ages between 2,15 and 2,19 Ga, and positive εNd(2,08 Ga) values (+2,5 to +2,9) for the Areias and Ipueiras granites suggest an origin involving juvenile mantle components. This granitogenesis may be related to the last magmatic pulses of the Transamazonian thermotectonic event, well defined in the region.pt_BR
dc.language.isoporpt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.subjectGeocronologiapt_BR
dc.subjectPaleoproterozóicopt_BR
dc.subjectSuíte Intrusiva Ipueiraspt_BR
dc.subjectGranito Tipo Apt_BR
dc.subjectPorto Nacional - TOpt_BR
dc.subjectTocantins - Estadopt_BR
dc.subjectAmazônia brasileirapt_BR
dc.titleGeologia, geocronologia e litoquímica dos granitos paleoproterozóicos do tipo A no setor setentrional da Província Tocantinspt_BR
dc.title.alternativeGeology, geochronology and litochemistry of A-type paleoproterozoic granites in the northern sector of the Tocantins Provincept_BR
dc.typeArtigo de Periódicopt_BR
dc.description.resumoEste trabalho apresenta a caracterização geológica da Suíte Intrusiva Ipueiras em que reúne quatro plutons graníticos (Areias, Ipueiras, Itália, do Carmo) na região de Porto Nacional-Monte do Carmo-Ipueiras, estado do Tocantins, compreendendo a porção norte do Maciço de Goiás no setor setentrional da Província Tocantins. Novos dados petrográficos, litoquímicos, geocronológicos e isotópicos permitiram discriminá-los de outros eventos graníticos presentes na região, tratando-se de granitos subalcalinos de caráter peraluminoso, com assinaturas geoquímicas características de granitos do tipo A. Os estudos geocronológicos Pb-Pb em zircão revelaram que os plutons são cronocorrelatos com idades em torno de 2,08 Ga que são representativas da época de cristalização e colocação desses corpos graníticos nos terrenos gnáissicos e granulíticos. As idadesmodelo Sm-Nd, com valores de TDM entre 2,19 e 2,15 Ga e εNd(2,08 Ga) entre +2,5 e +2,9 indicam curto tempo de residência crustal para a rocha fonte da qual derivou este magmatismo granítico em sua evolução, e os valores de εNd indicam contribuição mantélica para a formação desses granitos, caracterizando um domínio juvenil nesta porção do Maciço de Goiás. Os dados revelam a existência de um importante evento de granitogênese de idade paleoproterozóica neste domínio do Maciço de Goiás no setor setentrional da Província Tocantins cujo alojamento dos plutons está relacionado a pulsos magmáticos finais da evolução tectonotermal do evento Transamazônico amplamente distribuído na região.pt_BR
Appears in Collections:Artigos Científicos - IG

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_GeologiaGeocronologiaLitoquimica.pdf1,16 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons