Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6613
metadata.dc.type: Artigo de Periódico
Issue Date: Nov-2012
metadata.dc.creator: PENA, Paulo Félix de Almeida
SILVA JÚNIOR, Aluísio Gomes da
OLIVEIRA, Paulo de Tarso Ribeiro de
MOREIRA, Gracyelle Alves Remigio
LIBÓRIO, Alexandre Braga
Title: Cuidado ao paciente com Doença Renal Crônica no nível primário: pensando a integralidade e o matriciamento
Other Titles: Care for patients with Chronic Kidney Disease at the primary healthcare level: considerations about comprehensiveness and establishing a matrix
Citation: PENA, Paulo Félix de Almeida et al. Cuidado ao paciente com Doença Renal Crônica no nível primário: pensando a integralidade e o matriciamento. Ciência & Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 17, n. 11, p. 3135-3144, nov. 2012. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/csc/v17n11/v17n11a28.pdf>. Acesso em: 04 maio 2015. <http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232012001100029>.
metadata.dc.description.resumo: A Doença Renal Crônica é um problema de saúde pública crescente no mundo. A detecção e o tratamento precoces reduziriam as altas taxas de morbimortalidade e os custos associados. Este trabalho buscou identificar o panorama do acesso ao cuidado a partir da conduta dos médicos da Atenção Primária à Saúde na linha de cuidado da doença. Aplicaram-se questionários para 62 médicos de família dos Centros de Saúde da Família do município de Fortaleza. Os achados apontam que a Taxa de Filtração Glomerular foi mensurada por apenas 8.1% dos médicos para pacientes diabéticos e 4.8% para pacientes hipertensos. Mais da metade dos médicos (51.2%) referenciariam o paciente apresentando redução leve/moderada da Taxa de Filtração Glomerular ao nível secundário. Por outro lado, 25.8% dos médicos não referenciariam o paciente com Doença Renal Crônica avançada ao especialista. A lacuna entre esses dois níveis da atenção implica em barreira de acesso ao usuário, podendo comprometer avanços no plano da integralidade. A criação de novos dispositivos no processo de trabalho torna-se urgente e o apoio matricial apresenta-se como proposta viável para a articulação das ações entre os níveis da atenção no cuidado do portador da Doença Renal Crônica ou seus fatores de risco.
Abstract: Chronic kidney disease is a public health problem throughout the world. Early detection and treatment can reduce morbidity, mortality and associated expenditures. The objective of this research is to examine primary healthcare from a physician´s perspective, evaluating the patient´s access to other levels of healthcare. Questionnaires were given to 62 family physicians working in primary healthcare units in the city of Fortaleza. Glomerular filtration rate was measured by only 8.1% of the physicians when evaluating patients with diabetes and 4.8% when evaluating hypertensive patients. The majority of physicians (51.2%) refer patients with slight/moderate Glomerular filtration rate reduction to a nephrologist. On the other hand, 25.8% do not refer patients with advanced chronic kidney disease reduction to a specialist. The gap between these levels of healthcare creates a barrier to user access, prejudicing comprehensive healthcare. The creation of new work processes is urgently required and the matrix process is a viable option to connect these healthcare levels for the care of patients with chronic kidney disease or its main risk factors (diabetes and arterial hypertension).
Keywords: Insuficiência renal crônica
Atenção primária à saúde
Apoio matricial
Acesso aos serviços de saúde
Assistência integral à saúde
Fortaleza - CE
ISSN: 1413-8123
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Artigos Científicos - IFCH

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_CuidadoPacienteDoenca.pdf167,13 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons