Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6663
Compartilhar:
Type: Artigo de Periódico
Issue Date: Sep-2008
Authors: CAVALCANTE, Inara Mariela da Silva
NOGUEIRA, Laura Maria Vidal
Title: Práticas sociais coletivas para a saúde no assentamento Mártires de Abril na Ilha de Mosqueiro - Belém, Pará
Other Titles: Health social collective for practices in the assentamento Mártires de Abril on island of the Mosqueiro Belém, Pará
Práctico sociales colectivos a la salud en el assentamento Mártires de Abril en la ilha Mosqueiro Belém, Pará
Citation: CAVALCANTE, Inara Mariela da Silva; NOGUEIRA, Laura Maria Vidal. Práticas sociais coletivas para a saúde no assentamento Mártires de Abril na Ilha de Mosqueiro - Belém, Pará. Escola Anna Nery, Rio de Janeiro, v. 12, n. 3, p. 492-499, set. 2008. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ean/v12n3/v12n3a15.pdf>. Acesso em: 11 maio 2015. <http://dx.doi.org/10.1590/S1414-81452008000300015>.
Resumo: Esta pesquisa tem como propósito geral compreender as práticas sociais coletivas à saúde no "Assentamento Mártires de Abril" (AMA). É um estudo do tipo qualitativo, com a compreensão dos dados à luz da hermenêutica-dialética, que teve como cenário a ilha de Mosqueiro, área metropolitana de Belém, Pará; os sujeitos sociais foram em número de cinco, que aderiram espontaneamente à pesquisa. As práticas sociais coletivas à saúde no AMA são construídas e dependentes de aspectos históricos de vida, da luta do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), da concepção de saúde-doença e da sua relação com a terra. Concluiu-se que suas ações expressam uma forma de cuidar essencialmente orientada pelas vias naturais, propondo à enfermagem um novo modelo de atenção à saúde. Com base nos estudos efetuados, sugere-se como prática pedagógica do Curso de Enfermagem da Universidade do Estado do Pará (UEPA) um estágio de vivência com e nos movimentos sociais.
Abstract: This research has a general intention of understanding the collective health social practices made in the "Assentamento Mártires De Abril" (AMA) settlement. It is a qualitative study, which comprehends the hermeneutics-dialectic data that was focused on Mosqueiro Island, metropolitan area of Belém Pará. Five social citizens had spontaneous participation in the research. The collective health social practices in AMA settlement are based and dependent on historical aspects of life, on the "Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra-MST" fight (a landless laborers movement), on the health/illness conception and its relation with the land. It was concluded that its action expresses a form of care, essentially influenced by the natural ways, proposing to the Nursing care a new model of attention to the health. According to the studies, a period of training, based on experience with and in the social movements, is suggested as pedagogical practice to the Nursing Course of the "Universidade do Estado do Pará" (UEPA) university.
Keywords: Saúde pública
Assentamento rural
Práticas sociais
Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra
Cuidados de enfermagem
Ilha de Mosqueiro - PA
Região Metropolitana de Belém
Pará - Estado
Amazônia Brasileira
ISSN: 1414-8145
Appears in Collections:Artigos Científicos - ICS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Artigo_PraticasSociaisColetivas.pdf53,22 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons