Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.ufpa.br/jspui/handle/2011/6779
metadata.dc.type: Dissertação
Issue Date: 10-May-2012
metadata.dc.creator: CAMPOS, Ana Carla Araújo
metadata.dc.contributor.advisor1: FUZII, Hellen Thais
Title: Aspectos clínicos e epidemiológicos da infecção genital pelo Papilomavírus humano (HPV) em adolescentes da região metropolitana de Belém
Citation: CAMPOS, Ana Carla Araújo. Aspectos clínicos e epidemiológicos da infecção genital pelo Papilomavírus humano (HPV) em adolescentes da região metropolitana de Belém. 2012. 83 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Federal do Pará, Núcleo de Medicina Tropical, Belém, 2012. Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais.
metadata.dc.description.resumo: A adolescência é um período de vida da mulher marcado por transformações biológicas e psicológicas que influenciam intensamente sua saúde futura. Essas mulheres são mais suscetíveis às DST. A infecção pelo HPV é uma das DST mais frequentes, sendo importante avaliar a sua prevalência, devido sua ligação com o câncer uterino. Este estudo avaliou a prevalência da infecção genital por HPV na população adolescente do sexo feminino em Belém. Estes dados foram correlacionados com fatores sócio demográficos, comportamentais e reprodutivos. Foi realizado um estudo transversal entre agosto de 2009 e agosto de 2011, com 134 mulheres entre 13 e 19 anos que procuraram a Unidade Materno-Infantil e Adolescente de Belém para exame de rastreamento do câncer do colo do útero. As pacientes selecionadas responderam a um questionário sobre os dados sócio demográficos, comportamentais e reprodutivos. Foi realizada coleta de material cervicovaginal para citologia convencional e escovado cervical para detecção de DNA-HPV por técnica da reação em cadeia de polimerase (PCR). A associação da infecção por HPV e fatores de risco selecionados foi avaliada por meio do teste do Qui-quadrado (χ2) e/ou exato de Fisher, todos com um nível alfa de significância de 0,05. A infecção genital pelo Papillomavirus humano apresentou a prevalência de 22%, sendo o HPV 58 o mais prevalente com 31% e o HPV 11 o menos comum com 3,4%. Entre as adolescentes 51,7% apresentaram infecção por outros tipos de HPV não incluídos na vacina quadrivalente (6, 11, 16 e 18), e 76,2% apresentavam infecção por pelo menos um tipo de HPV do grupo de alto risco. Foram encontradas alterações citológicas em 6,2% dos esfregaços cervicais. Os fatores de risco associados à infecção genital por HPV encontrados neste estudo foram escolaridade superior a oito anos, coitarca com idade maior que 14 anos, uso de anticoncepcional oral por mais de um ano, uso atual de anticoncepcional oral, gravidez com 14 anos ou menos e achado citológico anormal. Este estudo evidenciou o predomínio de HPV de alto risco não imunoprevenível nas amostras cervicais, demonstrando a necessidade de novas políticas de prevenção primária e secundária, que envolvam as adolescentes através de discussão e orientação motivando-as a participar ativamente na promoção da própria saúde.
Abstract: Adolescence is a period of a woman’s life marked by biological and psychological transformations that intensely influence future health. These women are more susceptible to STD. HPV infection is one of the most frequent STD, it is important to evaluate its prevalence because its link to uterine cancer. This study evaluated the prevalence of the HPV genital infection in the adolescent female population in Belém. These data were correlate to sociodemographic factors including social conduct, and reproductive behavior. A transversal study was conducted between August 2009 and August 2011 with 134 women between 13 and 19 years of age who visited the Maternal Unit for Children and Adolescents of Belém for Pap screening tests. The selected patients answered a questionnaire on sociodemographic data, behavioral and reproductive. Cervicovaginal material was collected for conventional cytology and for DNA HPV test by polymerase chain reaction (PCR) technique. The association of HPV infection and selected risk factors was assessed using the chi-square 2χ and/or the Fisher exact test, all with an alpha level of 0.05. The HPV genital infection had a prevalence of 22%, HPV 58 being the most prevalent with 31% and the least common HPV 11 with 3.4%. Among the HPV positive adolescents, there were 51% HPV infections that were not included in the quadrivalent vaccine (6, 11, 6, and 18). 72,2% had infection with at least one of the HPVs in the high risk group. There were cytological changes in 6.2% of pap smears. Risk factors associated with genital HPV infection in this study were schooled for more than eight years, with first sexual intercourse after 14 years, use of oral contraceptives for more than a year, and current use of oral contraceptives, pregnancy at 14 years or less, and abnormal cytological findings. The study results showed the prevalence of high risk HPV in non-immune-preventable cervical samples, demonstrates the need for new policies for primary and secondary prevention involving adolescents through instruction and guidance thus motivating them to actively participate in promoting their own health.
Keywords: Amazônia brasileira
Epidemiologia
Infecções por papillomavírus
Adolescentes
Prevalência
Belém - PA
Pará - Estado
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::SAUDE COLETIVA::EPIDEMIOLOGIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::GINECOLOGIA E OBSTETRICIA
CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::MEDICINA::CLINICA MEDICA::DOENCAS INFECCIOSAS E PARASITARIAS
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal do Pará
metadata.dc.publisher.initials: UFPA
metadata.dc.publisher.department: Núcleo de Medicina Tropical
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Doenças Tropicais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Appears in Collections:Dissertações em Doenças Tropicais (Mestrado) - PPGDT/NMT

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AspectosClinicosEpidemiologicos.pdf1,26 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons